20 jul 2015

Taça BH: eficiente nos cruzamentos, Coritiba elimina o Botafogo na UFJF



No primeiro jogo da rodada dupla das oitavas de final da Taça BH sub-17 no campo do Complexo Esportivo da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o Botafogo perdeu para o Coritiba por 2 a 1, sendo eliminado da competição. O time alvinegro, vice-campeão da Copa do Brasil sub-17, foi o líder do Grupo 5, que contava com o representante juizforano, Tupynambás, e atuou em toda primeira fase na cidade. O Coxa, segundo colocado do Grupo 7, terá como adversário das quartas de final o Avaí, em Sete Lagoas.

Na partida seguinte, o Flamengo passou pelo Grêmio e também avançou às quartas.

Comemoração dos jogadores da equipe paranaense no campo do Complexo Esportivo da UFJF (Foto: Léo Comello)

Comemoração dos jogadores da equipe paranaense no campo do Complexo Esportivo da UFJF (Foto: Léo Comello)

Cruzamentos são decisivos

O jogo foi equilibrado, com muita movimentação das duas equipes e contato físico. O goleiro do Coxa, Bruno, que já serviu a Seleção Brasileira sub-17, foi pouco exigido na primeira etapa. Os paranaenses abriram o placar aos 36 minutos com Pablo, de cabeça. Após cruzamento da esquerda, o camisa nove apareceu livre na segunda trave e só escorou para as redes.

No segundo tempo, o Coritiba iniciou disposto a ampliar o placar e conseguiu logo aos 12 minutos, em mais uma bola aérea. Escanteio cobrado da esquerda por Cristoffer, a bola passou por toda a área, o camisa 6, Leonardo, apareceu sozinho na segunda trave e, de perna direita, fez o segundo. Imediatamente após sofrer o gol, o técnico do Botafogo mudou a equipe duas vezes. Mandou Jorge e Ezequiel ao campo e sacou Jordan e Rickson. O time passou a ter mais a bola e buscar os lances pelas pontas. O Coxa se fechou em busca de contra-ataques.

A Taça BH permite cinco alterações por jogo e as duas equipes utilizaram todas elas. Os cariocas optaram por jogadores de frente; já os paranaenses povoaram o meio de campo e colocaram um jogador mais veloz no ataque.

Bolas alçadas na área foram as principais jogadas de perigo da partida (Foto: Léo Comello)

Bolas alçadas na área foram as principais jogadas de perigo da partida (Foto: Léo Comello)

Esperança no fim

O Coritiba neutralizou bem as ações ofensivas do Botafogo, mas faltando 10 minutos para o fim do jogo, a jogada que resultou nos dois gols se repetiu a favor dos cariocas. Cruzamento da direita passou por toda a área paranaense e Jorge entrou livre na segunda trave de carrinho para diminuir: 2 a 1.

Apesar do gol sofrido e dos gritos vindo das arquibancadas do pequeno público que compareceu, o Coritiba não se abateu e manteve a solidez defensiva. O Botafogo não conseguiu pressionar a defesa adversária e a partida terminou com a vitória e a classificação dos paranaenses.

Goleiro do Coxa, Bruno, tem passagens pela seleção nacional de base (Foto: Léo Comello)

Goleiro do Coxa, Bruno, tem passagens pela seleção nacional de base (Foto: Léo Comello)

“Vai ser pauleira”

O técnico paranaense, Anderson Gongora, enalteceu a vitória sobre o Botafogo e projetou obstáculos mais árduos na sequência da competição: “Passamos um pouco de dificuldade na primeira fase, mas a cada jogo fomos superando limites. A gente sabia que tinha que ter cuidado contra o Botafogo, que é uma grande escola, mas conquistamos a classificação para as quartas que era o nosso objetivo. Temos a melhor possibilidade daqui para frente porque nossa equipe vem crescendo muito no ano. Nós sabemos que no mata-mata não tem adversário fácil, que não temos como escolher, vai ser pauleira e temos que focar muito para conseguir os nossos objetivos”, avaliou.

Jogadores do Coritiba comemoram a vaga nas quartas de final da Taça BH (Foto: Léo Comello)

Jogadores do Coritiba comemoram a vaga nas quartas de final da Taça BH (Foto: Léo Comello)

 Ficha técnica – Botafogo 1 x 2 Coritiba

Local: Campo da UFJF

Arbitragem: Milton Alves, Warllen Breno, Anderson Licas

Botafogo: 1-Diego, 3-Zyan, 4-Lucas, 5-Fernandes (14-Marlon), 6-Jordan (7-Jorge), 8-Rickson (17-Ezequiel), 9-Igor, 10-Wenderson (21-Matteus), 11-Amilcar, 13-Marco, 16-Ion (2-Luis). Técnico: Felipe Conceição.

Coritiba: 1-Bruno, 2-Domilson (14-Maycon), 3-Thalysson, 4-Igor, 5-Romeu, 6-Leonardo, 7-Cleison (17-Yuri), 8-Luizinho, 9-Pablo (16-Matheus), 10-Cristoffer (13-Henrique), 11-Talysson (18-Alan).  Técnico: Anderson Gongora.

Gols Coritiba: Pablo e Leonardo

Gol Botafogo: Jorge

 

Confira mais fotos da partida:

coxa x bota leo comello6

(Foto: Léo Comello)

coxa x bota leo comello4

(Foto: Léo Comello)

coxa x bota leo comello2

(Foto: Léo Comello)

coxa x bota leo comello

(Foto: Léo Comello)

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola sob supervisão de Bruno Kaehler

Fotos: Léo Comello

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.