05 jul 2015

Na estreia de Euzébio, Fabrício usa a cabeça e leva Tupi à vitória e liderança



Com o pé direito. Na estreia de Leandro Euzébio com a camisa do Tupi, o Alvinegro bateu o Caxias em jogo válido pela sexta rodada da Série C 2015 no estádio Centenário por 1 a 0, gol de Fabrício Soares aos 36 minutos do primeiro tempo, manteve a invencibilidade no campeonato e assumiu a liderança do Grupo B com 14 pontos.

Em uma tarde gelada na serra gaúcha, o Carijó entrou em campo como vice-líder em sua chave. O time titular contou com duas alterações, já que Mailson e Rafael Jataí, suspensos, não poderiam atuar. Leandro Euzébio e Felipe Alves fizeram suas estreias com a camisa alvinegra e fortaleceram o sistema defensivo do Tupi.

Tupi supera Caxias e afunda o time gaúcho na crise (Toto: Roni Rigon/Agência RBS)

Tupi supera Caxias e afunda o time gaúcho na crise (Toto: Roni Rigon/Agência RBS)

 

 Carijó usa a cabeça

A primeira etapa no Estádio Centenário foi marcada pelas jogadas aéreas. As duas equipes tentaram muito os lances pela linha de fundo e cruzamentos. O Caxias chegou duas vezes com perigo. Douglas Packer arriscou um chute forte de fora da área e o goleiro Glaysson fez grande defesa. Em outra tentativa, Bebeto levou a bola até a linha de fundo, o atacante Negueba recebeu o cruzamento e cabeceou com muito perigo, mas o arqueiro carijó fez grande defesa.

O Tupi pouco assustou, até que aos 35 minutos, em uma jogada pela direita o lateral Osmar foi derrubado. Kaio Wilker cobrou a falta na primeira trave, o zagueiro Fabrício Soares se antecipou e, de peixinho, raspou a cabeça na bola, mandando para o fundo das redes e abrindo o placar: Tupi 1 a 0.

Fabrício Soares cumpriu bem seu papel na defesa e garantiu a vitória carijó.  (Foto:Roni Rigon/Agência RBS)

Fabrício Soares cumpriu bem seu papel na defesa e garantiu a vitória carijó. (Foto:Roni Rigon/Agência RBS)

Elogios a Kaio

No fim do primeiro tempo, o autor do gol, Fabrício Soares, revelou que esta jogada é ensaiada nos treinamentos: “Esta é uma jogada que estamos treinando muito. O Kaio cobrou muito bem, isso facilita porque já sabia onde a bola iria. Me antecipei aos zagueiros e consegui marcar”, declarou.

Na volta para o segundo tempo, o treinador Leston Junior disse o que era necessário para sair com a vitória: “Temos que continuar marcando forte. Não podemos deixar o Caxias crescer”, comentou.

 Tupi segura a pressão

O Caxias, que ainda não venceu na Série C, veio com tudo na segunda etapa. O Tupi se segurava como podia, o time da casa tentava as jogadas pelo alto, sempre com os laterais Laerte e Bebeto procurando o atacante Negueba na área. Antes dos 25 minutos da etapa complementar, Marcelo Vilar, treinador do Tricolor, sacou Diego Torres, Davi e Léo Carioca e lançou Jean Carlo, Vavá e Mateus Leoni para tentar empatar.

A equipe da casa pressionava, mas sem perigo. Glaysson, sempre seguro, fazia as defesas, e nas bolas aéreas Leandro Euzébio e Fabrício Soares também davam conta do recado. Leston Junior mandou a campo Carlos Renato e Gabriel Davis nas vagas de Felipe Augusto e Gabriel Davis e, no fim da partida, promoveu a estreia de Bruno Aquino no lugar de Daniel Morais, que levou amarelo por simulação.

Setor defensivo do Tupi foi muito exigido nas bolas aéreas. (Foto:  Roni Rigon/Agência RBS)

Leandro Euzébio (3) e Fabrício Soares (6): setor defensivo do Tupi foi muito exigido nas bolas aéreas. (Foto: Roni Rigon/Agência RBS)

Já nos acréscimos, o Caxias mandou todo mundo para dentro da área do Tupi e quase arrancou o empate. Em cruzamento de Douglas Packer, Vavá cabeceou e Leandro Euzébio fez o corte providencial, no rebote, Negueba tentou completar, mas Glaysson foi bem ao fazer a defesa e garantir o resultado que deu a vitória e a liderança para o Tupi. Fim de jogo: Tupi 1 a 0.

   Jogo difícil 

Após a partida, o zagueiro estreante, Leandro Euzébio enalteceu o grupo, após receber premiações pela imprensa local como destaque da partida: “Sabíamos que ia ser um jogo difícil. Nossa equipe veio focada e conseguimos o resultado que é muito importante. O time está com os pés no chão e a humildade vai prevalecendo nesse grupo que é merecedor das conquistas”.

Outro destaque, o goleiro Glaysson fez coro ao seu companheiro de defesa sobre a dificuldade da partida: “Sabíamos como é difícil jogar aqui, independente da situação da equipe deles, eles valorizaram muito a nossa vitória. Agora temos que manter o foco e descansar porque vem uma maratona de jogos importantes pela Série C e pela Copa do Brasil”, projeta.

O Caxias segue sem vencer na Série C e se mantém na vice-lanterna com apenas três pontos. O próximo compromisso da equipe gaúcha será contra o Londrina, dia 13, no Centenário.

O Tupi encara o Juventude, em casa, no domingo 12, no horário que vem sendo utilizado com sucesso de público na Série A – 11h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, com transmissão do Toque de Bola.

Ficha Técnica

Caxias 0 x 1 Tupi – 6ª rodada – Estádio Centenário

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF), Assistente 1: Ciro Chaban Junqueira (DF), Assistente 2:Jose Eduardo Calza (RS)

TUPI: 1-Glaysson, 2-Osmar, 3-Leandro Euzébio, 6-Fabrício Soares, 4-Bruno Ré, 5-Genalvo, 8-Felipe Alves, 7-Vincius Kiss, 10-Kaio Wilker (Gabriel Davis), 11-Felipe Augusto (Carlos Renato), 99-Daniel Morais (Bruno Aquino). Técnico: Leston Junior

CAXIAS:1-Thiago Rodrigues, 2-Bebeto, 3-André Ribeiro, 4-Léo Carioca (Jean Carlo), 6-Laerte, 5-Davi (Vavá), 7- Douglas Packer, 8-Leo 10-Diego Torres (Mateus Leoni), 9-Pedro Oldoni, 11-Negueba. Técnico: Marcelo Villar

Gols: Fabrício Soares, aos 35’ do 1º tempo.

Resultados 

Grupo A: Cuiabá 0 x 1 Salgueiro (gol de Kal), Fortaleza 1 x 0 América-RN (Lima marcou o gol no Castelão), Águia de Marabá 1 x 2 ASA (Didira e Alex Henrique balançaram a rede para o time alagoano, enquanto Flamel descontou para a equipe paraense), Botafogo-PB 2 x 0 Icasa (gols de Nata e André Cassaco).

Segunda-feira, 20h15: Confiança x Vila Nova-GO.

Grupo B: Juventude 3 x 2 Portuguesa (Vacaria, Duda e Wallacer fizeram os gols da equipe gaúcha, Hugo e Guilherme Queiroz do time paulista), Tombense 0 x 0 Brasil, Guarani 0 x 0 Madureira, Caxias -RS 0 x 1 Tupi, e Londrina 0 x 0 Guaratinguetá.

Classificação (se preferir, clique sobre a imagem para ampliar. Fonte: Portal Terra)

Sem título

Sem título

Regulamento

O regulamento da Série C determina que os quatro primeiros colocados de cada chave estarão classificados para a segunda fase. Na segunda fase, em confrontos de mata-mata e jogos de ida e volta, quem superar o primeiro adversário estará automaticamente classificado para a Série B de 2016.

Os dois últimos colocados de cada grupo serão rebaixados.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário, com informações das rádios Globo Juiz de Fora e CBN Juiz de Fora Supervisão: Ivan Elias

Informações complementares: site da CBF

Fotos: Roni Rigon/Agência RBS

Arte: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.