06 jul 2015

Juiz de Fora é escolhida para receber a Chama Olímpica em 2016



O principal símbolo dos Jogos Olímpicos 2016, a tocha com a Chama Olímpica, passará por Juiz de Fora. A informação foi anunciada pelo Comitê Organizador dos Jogos, em solenidade realizada em Brasília, na manhã desta sexta, 3. Por enquanto, a rota inclui 82 municípios brasileiros. Os detalhes do evento e a data da passagem ainda serão divulgados. Em Juiz de Fora, um comitê com representantes de diversas secretarias da Prefeitura já trabalha na definição da rota da tocha e na organização do evento.

“Juiz de Fora sempre foi uma cidade apaixonada por esportes e sempre teve atletas de destaque em diversas modalidades. É uma grande honra, para nós, recebermos aqui a Chama Olímpica, e poder fazer parte desta que é a maior festa do esporte mundial”, afirmou o prefeito Bruno Siqueira. “Essa será uma grande oportunidade de mostrarmos as belezas de nossa cidade para o Brasil e o mundo, e tenho certeza que o juiz-forano, nosso maior patrimônio, fará um show nas ruas”, completou o prefeito.

Na solenidade realizada em Brasília, Bruno Siqueira foi representado pelo secretário de Esporte e Lazer, Carlos Bonifácio. A jornada da Chama Olímpica no Brasil começará em data ainda a ser decidida, entre abril e maio de 2016, e será encerrada em 5 de agosto, quando o último condutor da tocha acenderá a “Pira Olímpica” durante a cerimônia de abertura dos Jogos, no Estádio do Maracanã, no Rio.

As 82 cidades anunciadas nesta sexta-feira serão os destinos finais da Chama Olímpica para cada dia do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. A lista completa das cidades que receberão a jornada será revelada no início do próximo ano.

Em Juiz de Fora, um comitê com representantes de diversas secretarias da Prefeitura já trabalha na definição da rota da tocha e na organização do evento. O traçado deverá ter cerca de dez quilômetros. Segundo o Comitê Organizador dos Jogos, nos próximos dois meses serão anunciadas as campanhas públicas para seleção, em todo o país, das pessoas que poderão conduzir a Chama Olímpica.

brasilia_tocha_lancamento_divulgação rio 2016

A Chama Olímpica

Os gregos da Antiguidade consideravam o fogo um elemento divino e mantinham chamas perpétuas acesas em frente a seus principais templos, como no santuário de Olímpia, onde aconteciam os Jogos Olímpicos. A chama era acesa usando os raios do sol, para assegurar sua pureza, e uma skaphia, espécie de espelho côncavo que converge os raios para um ponto específico. Na Era Moderna, essa mesma cerimônia é reproduzida em Olímpia, onde a chama é acesa em frente ao Templo de Hera, meses antes do início de cada edição dos Jogos Olímpicos de Verão ou de Inverno.

O Revezamento da Tocha Olímpica é inspirado em duas tradições da Grécia Antiga. Na primeira, corridas de revezamento da tocha eram organizadas em Atenas, como tributo a alguns deuses. O primeiro participante a chegar ao altar do deus da corrida ganhava a honra de acender o fogo em sua homenagem.

A segunda tradição envolvia mensageiros viajando por cidades da Grécia, para anunciarem a data exata dos Jogos. Eles convidavam os cidadãos a irem até Olímpia e proclamavam a trégua sagrada, que obrigava o cessar de todas as guerras, um mês antes do evento, e durante as competições, para que atletas e espectadores pudessem ir e voltar com segurança.

Nos Jogos Olímpicos da Era Moderna, o significado ancestral da chama foi resgatado pela primeira vez em Amsterdã 1928, mas o primeiro Revezamento da Tocha Olímpica aconteceu em Berlim 1936, com a chama sendo acesa em Olímpia e transportada para a capital alemã.

Atualmente, meses antes de cada edição dos Jogos Olímpicos de Verão ou de Inverno, a cerimônia de acendimento dá início ao Revezamento da Tocha Olímpica na Grécia. Após percorrer o território grego por alguns dias, a chama chega à capital, Atenas, onde é entregue aos organizadores dos Jogos Olímpicos. De lá, ela é transportada até o país-sede, onde embarca em uma jornada por dezenas de cidades, levando uma mensagem de paz e união. O seu destino final é o estádio da cerimônia de abertura, onde a chama acende a “Pira Olímpica” e marca o início oficial dos Jogos.

 

Texto com informações da Prefeitura de Juiz de Fora

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.