03 jun 2015

“Quase” no estadual e na Copa do Brasil, Madureira ainda não venceu na Série C. Toque transmite



Para conquistar a primeira vitória na Série C 2015, o Madureira visita o Tupi em Juiz de Fora neste sábado, 6, às 16h45, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. O Tricolor Suburbano, que este ano foi a grande surpresa do Campeonato Carioca, quer se livrar da sina de ficar no “quase” que acompanha o time desde o ano passado e garantir o acesso na competição nacional.

  Com o apoio de Plasc, Centro de Futebol Zico e Hiperroll Embalagens, a web rádio doToque de Bola transmite o jogo a partir de 16h15.

Link da web rádio do Toque de Bola www.toquedebola.esp.br/radio

 Em busca da vitória

O Madureira está na sétima posição com dois pontos conquistados. Nas três partidas já realizadas na competição nacional, foram dois empates em 1 a 1, diante de Caxias e Tombense, e uma derrota para a Portuguesa (2 a 1).

Na estreia da Série C, o único representante do estado do Rio de Janeiro foi até o estádio Centenário enfrentar o Caxias. Aos 29 minutos da primeira etapa, o goleiro da equipe gaúcha deu bobeira e o atacante João Carlos aproveitou e abriu o placar. Mesmo com o domínio dos visitantes, os donos da casa conseguiram empatar com Pedro Oldoni em uma cabeçada, logo após cobrança de escanteio: 1 a 1.

No primeiro jogo como visitante na serra gaúcha, Madureira empatou em 1 a 1 com Caxias (FOto:Site oficial do S.E.R Caxias)

No primeiro jogo como visitante na serra gaúcha, Madureira empatou em 1 a 1 com Caxias (Foto:Site oficial do Caxias)

 

No primeiro jogo em Conselheiro Galvão, o Madureira recebeu o Tombense, que havia perdido para o Tupi na estreia. João Carlos marcou o primeiro gol da partida aos 28 minutos da etapa inicial, mas Betinho empatou em cobrança de pênalti, aos 26 da fase complementar, e deu números finais ao confronto.

Na terceira rodada, novamente jogando em casa, o Tricolor Suburbano recebeu a Portuguesa e sofreu o primeiro revés na competição. O atacante Guilherme marcou duas vezes para a Lusa e Daniel descontou para o Madureira: 2 a 1.

   Os dois no “quase” 

Quartas de final. Para Tupi e Madureira, esta fase da competição nacional não traz boas recordações. As equipes, que estavam no mesmo grupo ano passado, chegaram ao mata-mata graças ao retrospecto na classificação. Os mineiros terminaram em primeiro e os cariocas, em terceiro. O Alvinegro acabou eliminado pelo Paysandu, o Tricolor perdeu para o CRB. Ambos, portanto, ficaram a um degrau do acesso.

Eliminação para o CRB nas quartas de final em 2014 frustou o sonho do acesso a Série B (Foto: Esporte Interativo)

Eliminação para o CRB nas quartas de final em 2014 frustou o sonho do acesso a Série B (Foto: Esporte Interativo)

 

   Drama no Carioca

O Madureira foi a sensação na fase de classificação da Taça Guanabara 2015. O time fez uma campanha com nove vitórias, três empates e três derrotas, figurando entre os quatro primeiros que garantiam vaga para as semifinais até a última rodada. Justamente na partida final, porém, contra o Fluminense, mesmo em casa o time acabou derrotado de forma dramática com um gol contra, aos 44 minutos do segundo tempo, e caiu para a quinta posição. Como consolo pela eliminação, o Tricolor Suburbano ficou com o título da Taça Rio, troféu que este ano foi dado à equipe de melhor campanha dentre os considerados pequenos.

Madureira conquistou a Taça Rio 2015 (Foto: Assessoria Madureira)

Madureira conquistou a Taça Rio 2015 (Foto: Assessoria Madureira)

 

  Gol qualificado decide

A primeira fase da Copa do Brasil foi outro balde de água fria no torcedor do clube da zona norte do Rio de Janeiro. O Madureira encarou o Londrina, equipe que também está na Série C do Brasileiro, e no primeiro jogo, como visitante, perdeu por 2 a 0. Na partida de volta, em Conselheiro Galvão, o Tricolor Suburbano marcou três gols em 20 minutos de partida e, com este resultado, a classificação estava garantida. Contudo, aos 37 da segunda etapa, os paranaenses descontaram o placar e, pelo critério do gol fora de casa, avançaram de fase, deixando mais uma vez o time carioca com o gostinho amargo na boca.

 

Toninho Dutra, técnico do Madureira, remonta a equipe para a Série C (Foto:  FutRio)

Toninho Dutra, técnico do Madureira, remonta a equipe para a Série C (Foto: FutRio)

Desmanche 

O principal jogador do time sensação do Carioca não está mais no elenco do Madureira. O atacante Rodrigo Pinho, vice-artilheiro da competição, se transferiu para o Braga, de Portugal. Outros que se destacaram no Estadual também não fazem mais parte do elenco. O meia Thiago Galhardo foi contratado pelo Coritiba. O zagueiro Thiago Cardoso teve como destino o Macaé. O lateral Moisés, autor do gol contra que tirou a vaga nas semifinais, acertou com o Corinthians até 2017, mas foi repassado por empréstimo ao Bragantino. O outro lateral, Luiz Paulo, tem um pré-contrato assinado com o Atlético Paranaense e as informações dão conta que fará sua última partida pelo tricolor diante do Tupi.

 

O atacante João Carlos marcou para o Macaé no empate em 1 a 1 sobre o Tupi no Mário Helênio na Série C 2014 (Foto: FutRio)

O atacante João Carlos marcou para o Macaé no empate em 1 a 1 sobre o Tupi no Mário Helênio na Série C 2014 (Foto: FutRio)

  “Novo” Madureira

O principal reforço do Madureira para a Série C é o ex-Macaé, João Carlos, um dos destaques da equipe campeã da Série C 2014. O centroavante já fez dois gols na competição nacional. Além dele, foram contratados para trabalhar com o técnico Toninho Dutra o zagueiro Admilton e o atacante Geovane Maranhão, ex-Resende, o meia Arthur Faria, ex-Cabofriense, o lateral Boiadeiro, ex-Ceará, os zagueiros Luiz Felipe, ex-Bangu, e Gustavo Rambo, ex-Cruzeiro e dois jogadores que já atuaram pelo Vasco da Gama, o volante Yves e o lateral Yago.

Os 11 titulares no último confronto pela Série C foram: Jonathan, Formiga, Daniel, Admilton e Luiz Paulo; Gilson, Magno, Rodrigo Lindoso e Raphael; João Carlos e Arthur Faria.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário do Toque de Bola, com informações das agências e supervisão de Ivan Elias

Fotos: FutRio, Divulgação Madureira e Caxias e Esporte Interativo

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.