01 jun 2015

Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: Clube Bom Pastor brilha em rodada no Tupynambás



Goleiro-artilheiro, goleiro quebra-galho, muitos gols e confusão no fim. Assim foi a rodada da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal realizada no sábado, 30, no ginásio do Tupynambás. A competição é coordenada pela Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura, com o apoio do Bahamas.

O Toque de Bola foi conferir os quatro jogos, dois na categoria infanto-juvenil e dois na categoria juvenil, com 27 gols marcados e o Clube Bom Pastor levando a melhor em todos eles.

Quatro jogos com 27 gols agitaram a tarde de sábado, 30, no Tupynambás

Quatro jogos com 27 gols agitaram a tarde de sábado, 30, no Tupynambás

   Equilíbrio no primeiro jogo

A partida que abriu a rodada no ginásio do Baeta ocorreu na categoria infanto-juvenil. A Escola de Futsal Sérgio Moraes superou o Caçulinha por 3 a 2. O equilíbrio marcou o confronto e o placar apertado comprova isso.

Escola de Futsal Sérgio Moraes 3 x 2 Caçulinha 

Escola de Futsal Sérgio Moraes, categoria infanto juvenil

Escola de Futsal Sérgio Moraes, categoria infanto juvenil

E.F. Sérgio Moraes: 1- Caio Almeida. 10-Ricardo, 13-Marcelo, 3-Samuel, 5-Matheus; 8-Caio Nogueira e 7-Thiago.

 

Caçulinha categoria infanto-juvenil

Caçulinha categoria infanto-juvenil

Caçulinha: 1- Leonardo, 8-Lucas, 17-Vinicius, 4-Thales, 11-Iago; 7-Arthur, 15-Icaro, 5-Matheus e 12-Yan.

Gols E.F. Sérgio Moraes: Marcelo, Caio Nogueira, Thiago

Gols Caçulinha: Vinicius e Iago

“Quebra-galho” no gol

Na segunda partida da tarde, as equipes Uberabinha Superfreios e Bompas/Sérgio Moraes se enfrentaram na categoria juvenil. Ambas chegaram com apenas cinco atletas e nenhum goleiro. Como o jogo tinha que começar, os treinadores foram obrigados a colocar um de seus jogadores de linha no gol. No Uberabinha, o escolhido foi Lucas. No “Bompas”, Júlio.

Júlio, começou no gol do Bompas, mas durante o jogo foi para a linha e ainda marcou um gol

Júlio começou no gol do Bompas, mas durante o jogo foi para a linha e ainda marcou um gol

Se Júlio trabalhou pouco, Lucas sofreu na meta. Os “goleiros-goleiros” das duas equipes chegaram no decorrer do jogo. O primeiro foi Gustavo, do Bompas. Com isso, Júlio foi para a linha e ainda marcou um gol. No intervalo, Matheus, goleiro do Uberabinha, chegou, mas não conseguiu evitar a derrota. Quase no fim do confronto, Diego, autor de três gols dos comandados de Sérgio Moraes, recebeu o segundo amarelo e acabou expulso. Placar final: Uberabinha Superfreios 2  x 7 Bompas/Sérgio Moraes

Uberabinha/Superfreios categoria juvenil

Uberabinha/Superfreios categoria juvenil

Uberabinha Superfreios 2  x 7 Bompas/Sérgio Moraes

Uberabinha Superfreios: 5-Lucas, 8-Mateus, 7-Gabriel, 9-Ayrton, 10-João Marcos e 12-Matheus.

Bompas/Sérgio Moraes: 6-Júlio, 11-Leandro, 4-Vitor, 7-Diego, 2-Hyan e 1-Gustavo.

Gols Uberabinha: Ayrton e João Marcos

Gols Bompas: Diego (3), Júlio, Vitor, Hyan (2)

 

Goleiro abre a goleada

Gustavo abriu o placar na goleada de 9 a 0 do Bom Pastor sobre o CFZ

Gustavo abriu o placar na goleada de 9 a 0 do Bom Pastor sobre o CFZ

O terceiro jogo da tarde de sábado, 30, envolveu a categoria infanto-juvenil. O Bom Pastor aplicou 9 a 0 sobre o Centro de Futebol Zico. O CFZ foi com apenas um reserva, enquanto o Bom Pastor estava completo. Quem marcou o primeiro gol foi o goleiro Gustavo. O time do clube da zona sul de Juiz de Fora na etapa inicial jogou o tempo todo com ele atuando como goleiro-linha. Gustavo comentou que esta situação de jogo é treinada sempre: “A gente trabalha tanto o jogo de gol-linha quanto o jogo sem o goleiro-linha. O Sérgio sabe do meu potencial e o do grupo, da facilidade que temos pra jogar assim, treinamos muito isso e fui feliz de marcar um gol”, revela.

Bom Pastor jogou todo o primeiro tempo com goleiro-linha

Bom Pastor jogou todo o primeiro tempo com goleiro-linha

O goleiro também treina no campo e representará Juiz de Fora na Taça BH de Futebol, que terá a cidade como uma das sedes este ano. Ele conta como concilia os treinamentos entre quadra e campo: “Os treinos no campo são todos os dias à tarde, três vezes na semana no Tupynambás e duas vezes na UFJF. No Clube Bom Pastor, são às terças e quintas às 19h, então dá para conciliar tranquilo”, conta.

Bom Pastor infanto-juvenil

Bom Pastor infanto-juvenil

Clube Bom Pastor 9 x 0 Centro de Futebol Zico

Bom Pastor: 12-Gustavo, 5-Marcos, 7-Lucas, 10-Anderson, 11-Pedro; 1-Emanuel, 2-Matheus e 9-Pedro Neves

Centro de Futebol Zico categoria infanto-juvenil

Centro de Futebol Zico categoria infanto-juvenil

CFZ: 12-Marcos, 3-Waltencir, 9-Murilo, 5-Pedro, 10-Arthur e 17-João Pedro.

Gols Bom Pastor: Gustavo, Marcos (2), Lucas (2), Anderson, Pedro, Matheus, Pedro Neves

 

Último confronto termina em confusão

Torcedores juiz-foranos pressionam time de Goianá após a partida

Torcedores juiz-foranos pressionam time de Goianá após a partida

A partida que encerrou a rodada no ginásio do Tupynambás foi marcada pela confusão entre as equipes no fim. O confronto da categoria juvenil entre Bom Pastor e Prefeitura de Goianá era eliminatório e pegou fogo. Dentro de quadra os dois times jogaram com muita intensidade e equilíbrio. O jogo terminou 3 a 1 para os juiz-foranos, e logo após o apito final, houve um desentendimento entre Luiz Fernando, de Goianá, e Ramon, do Bom Pastor, seguido de muito empurra-empurra para separar os jogadores e cartão vermelho para Luiz Fernando. A torcida, formada pelos atletas do Bom Pastor que já tinham atuado um pouco antes, colocava pressão nos visitantes, que seguiram para o ônibus, bastante irritados.

Clube Bom Pastor 3 x 1 Prefeitura de Goianá

Bom Pastor categoria juvenil

Bom Pastor categoria juvenil

Bom Pastor: 1-Pietro, 2-Pedro, 8-Léo, 9-Lucão, 14-Ramon; 5-Erick, 15-João Pedro e 11-Felipe

Prefeitura de Goianá juvenil

Prefeitura de Goianá juvenil

Prefeitura de Goianá: 1-Kaio, 8-Leonardo, 9-Luiz Fernando, 10-Felipe, 20-Caio; 5-Eber, 19-Paulo Cesar, 18-João Paulo, 15-William, 13-Johnatan e 12-André.

Gols Bom Pastor: Felipe, Pedro, Lucão

Gol Goianá: Leonardo

Sérgio Moraes comanda as equipes do Clube Bom Pastor

Sérgio Moraes comanda as equipes do Clube Bom Pastor

Moraes: “Preparação para Estadual”

O treinador das equipes do Bom Pastor, Sérgio Moraes, destacou a importância dos jogos da Copa Prefeitura Bahamas como preparação dos seus times para o Campeonato Mineiro: “Fiz uma solicitação junto à Prefeitura para atuar no Tupynambás neste sábado, 30, porque no próximo fim de semana atuaremos pelo Mineiro. Essas partidas da Copa (Prefeitura Bahamas) servem de preparação para os jogos no Estadual, por isso cobro boas atuações dos meus atletas para que possamos ter um ritmo de jogo forte. Os atletas que atuaram aqui fazem parte do meu sub-17 e do adulto que disputam o Mineiro, e montei ambas as equipes para fazer um grande campeonato e bater de frente com Minas, Praia Clube e Olympico no Estadual”, conclui.

 

Árbitro-psicológo no campo e na quadra

Fábio Silva e Igor Chagas apitaram a rodada no Tupynambás

Fábio Silva e Igor Chagas apitaram a rodada no Tupynambás

A dupla de árbitros na tarde de jogos de futsal foi formada por Fábio Silva e Igor Chagas, que atuam tanto na Copa Prefeitura Bahamas de Futsal como na Copa Prefeitura Juiz de Fora de Futebol (futebol amador). Fábio é estudante do quinto período de Psicologia e crê que isso o ajuda na hora de apitar as partidas: “Com a psicologia. me sinto mais tranquilo mesmo com pressão de atletas e torcedores, fatores que interferem no trabalho desenvolvido pelo árbitro. Tenho facilidade em mediar conflitos e atos de indisciplina dos atletas, consigo observar melhor o comportamento deles e tenho que passar calma para os jogadores, pois se os mesmos perceberem que você está nervoso, eles se aproveitam de sua fraqueza e tomam conta da partida. Também utilizo a percepção mais apurada para analisar e validar ou não uma jogada e o comportamento dos atletas”, explica.

Fábio exerce um pouco da psicologia quando atua como árbitro

Fábio aplica um pouco do que aprende na sala de aula dentro de quadra

Nem Freud

Sobre a confusão que ocorreu após o último jogo, em tom de brincadeira depois de tudo estar moralizado, Fábio comentou: “Briga sem sentido, eu estudo psicologia mas tem coisas que nem Freud explica”, brincou.

 

Texto: Guilherme Fernandes, estagiário, com supervisão e edição de Ivan Elias – Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 out 2017
Primeiro árbitro de vídeo da Libertadores será brasileiro. Vangasse explica as 4 situações em que ele pode atuar

23 out 2017
Leozinho reaparece na seleção da rodada. Próximo adversário do JF Vôlei tem pedido de desculpas ao torcedor

23 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.