08 jun 2015

Bruno Ré, sobre gols sofridos em jogadas aéreas: “Não é um jogo que vai tirar nosso foco”



Tupi e Madureira protagonizaram jogo aberto na tarde do sábado, 6, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. O empate em 3 a 3 com o Tricolor Suburbano deixou dois pontos da atuação alvinegra em evidência durante entrevistas: as bolas aéreas defensivas e o espírito persistente do Galo Carijó. Os quatro gols sofridos pelo time juizforano na Série C surgiram em cruzamentos do adversário. Por outro lado, tanto no embate contra o Guarani, em Campinas, quanto no enfrentamento ao Madureira, o time de Santa Terezinha saiu atrás na contagem e conseguiu reagir.

O lateral-direito e capitão da equipe, Osmar, assumiu ao Toque de Bola o erro de posicionamento nos lances, após comemorar o ponto conquistado após sair com 2 a 0 contra no placar: “Estão todos de parabéns. Eu falhei em alguns gols, mas o grupo teve poder de recuperação”, afirmou.

Pela esquerda, o outro lateral titular carijó, Bruno Ré, lembrou que a equipe se comportou bem defensivamente nas partidas anteriores, mas também revelou que houve um vacilo nos lances em que a bola acabou no fundo das redes alvinegras.

“São seis jogos desse novo grupo e a gente vinha muito bem, tanto na bola aérea, quanto por baixo. Hoje (sábado) tomamos três gols de bolas aéreas, então com certeza teremos que trabalhar mais para não acontecer novamente. Sabemos onde foram os erros, em dois gols eu também estava na jogada, mas é parabenizar o grupo, precisamos do apoio de todos e temos mais 14 rodadas em busca do objetivo. Não é um jogo que vai tirar nosso foco”.

Bruno Ré (com a bola), viu erros como destoantes do início da campanha carijó na Série C

Bruno Ré (com a bola) viu erros como destoantes do início da campanha carijó na Série C

O técnico juizforano, Leston Júnior, também foi questionado pelo Toque de Bola sobre o assunto em entrevista coletiva após o jogo (clique aqui para conferir a resposta do treinador). A defesa carijó havia tomado apenas um gol em três jogos pela Série C. Com os três tentos do Madureira, o sistema defensivo do Tupi passou para média de um gol sofrido por jogo na competição nacional.

 

Texto: Bruno Kaehler – Toque de Bola

Foto: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Baeta perde na estreia do Módulo 2

17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse