25 abr 2015

Embalado Atlético e invicta Caldense fazem primeiro jogo da decisão do Mineiro



Neste domingo, 26, às 16h, o Mineirão será palco da primeira partida das finais do Campeonato Mineiro de 2015 entre Atlético e Caldense. O Galo passou pelo Cruzeiro nas semifinais, enquanto a Veterana bateu o Tombense. Líder na fase classificatória do Estadual, o time de Poços de Caldas tem a vantagem de dois empates para ser campeão. Invicta e com a melhor defesa do torneio, sem levar gols há sete jogos, a equipe do técnico Léo Condé e do goleiro Rodrigo, ambos ex-Tupi, aposta na consistência de sua marcação para surpreender novamente na competição, enquanto o time da capital mineira vem ainda de classificação na Copa Libertadores após vitória de 2 a 0 sobre o Colo Colo do Chile.

“Todo mundo marca, todo mundo ataca. Isso não pode mudar. A vantagem é nossa, então precisamos conseguir pelo menos um empate para levar a decisão à nossa casa, diante da nossa torcida”, projetou o dono da meta da Caldense ao site Superesportes. Curiosamente, o último gol que Rodrigo sofreu foi contra o Tupi, na quinta rodada da primeira fase do Mineiro. De pênalti, o atacante carijó, Daniel Morais, foi quem balançou pela última vez as redes do gol protegido pelo arqueiro da Veterana.

 

Final do Estadual marca confronto de 78 anos de história no futebol mineiro

Final do Estadual marca confronto de 78 anos de história no futebol mineiro

Prováveis escalações

O zagueiro Leonardo Silva, com problema muscular na coxa direita, e o lateral-direito Marcos Rocha, com entorse no tornozelo direito, continuam em tratamento e desfalcam o Galo de BH na primeira decisão. Desta forma, Levir Culpi deve colocar o Alvinegro em campo com Victor; Carlos Cesar (Patric), Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Guilherme e Dátolo; Lucas Pratto.

Léo Condé contará com a volta do zagueiro Plínio e ainda não sabe se terá o lateral-direito Jéferson Feijão à disposição, por conta de dores que o fizeram ser substituído ainda no segundo jogo contra o Tombense. A formação inicial da Caldense deve ser composta por Rodrigo; Jéferson Feijão (Andrezinho), Marcelinho, Plínio e Rafael Estevam; Serginho, Tiago Azulão, Yuri e Nadson; Zambi e Luiz Eduardo.

Jogo de volta em Varginha

A Federação Mineira de Futebol (FMF) confirmou a realização da partida de volta da final do Mineiro no Estádio Municipal Prefeito Dilzon Luiz de Melo (Melão), em Varginha, a 150 quilômetros de Poços de Caldas, no domingo, 3 de maio. O Corpo de Bombeiros não liberou o laudo para utilização das arquibancadas montadas atrás de um dos gols do Estádio Ronaldão, que teria a capacidade ampliada de 7.600 para 10.400 pessoas. O Estádio Melão comporta 15.481 torcedores.

Impedida pelo Corpo de Bombeiros de jogar em casa, a Caldense confirmou último jogo da decisão em Varginha

Impedida pelo Corpo de Bombeiros de jogar em casa, a Caldense confirmou último jogo da decisão em Varginha (Foto: Facebook Caldense)

Arbitragem

O confronto no Mineirão terá como árbitro principal Cleisson Veloso Pereira, de Minas Gerais. Confira os sete profissionais escalados pela FMF para conduzir a partida de ida da decisão do Estadual.

Atlético x Caldense
Domingo – 26/04
Mineirão – 16h
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)
Assistente 1: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG)
ASsistente 2: Márcio Eustáquio Souza Santiago (CBF Especial1)
Quarto Árbitro: Ronei Cândido Alves (Especial FMF)
Quinto Árbitro: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)
Assistente: Rogério Pereira da Costa
Delegado: Giullizano Bozzano

Primeira fase

Caldense e Atlético se enfrentaram na sétima rodada da fase classificatória do Campeonato Mineiro. A partida realizada em Poços de Caldas, no Estádio Municipal Dr. Ronaldo Junqueira (Ronaldão), terminou com triunfo da Veterana por 1 a 0, gol do atacante Cristiano, suplente da equipe do interior do estado. Na ocasião, os donos da casa tiveram a formação considerada titular em campo. Pelo Alvinegro, no entanto, a divisão de foco com a Libertadores fez com que Levir Culpi escalasse um time misto. Confira as escalações da partida realizada no dia 11 de março:

Caldense: Rodrigo; Jéferson Feijão, Marcelinho, Plínio e Rafael Estevam; Serginho, Tiago Azulão, Yuri e Nadson; Zambi e Luiz Eduardo.

Atlético: Victor; Patric, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Cesinha e André; Dodô.

Semifinais

Atlético e Caldense passaram por adversários complicados nas semifinais do Mineiro. O time da capital mineira passou pelo Cruzeiro após empate no primeiro duelo e virada heroica no Mineirão na segunda partida com dois gols do artilheiro Lucas Pratto. Já a equipe de Poços de Caldas empatou sem gols o primeiro confronto contra o Tombense, fora de casa, e garantiu vaga na decisão após vitória de 2 a 0 no Estádio Ronaldão. Veja as fichas técnicas das duas partidas que definiram os finalistas do torneio (FMF):

Lucas Pratto balançou a rede em duas oportunidades contra a Raposa e é a esperança de gols do Atlético contra a Veterana

Lucas Pratto balançou a rede em duas oportunidades contra a Raposa e é a esperança de gols do Atlético contra a Veterana (Foto: Flickr Atlético)

Cruzeiro 1×2 Atlético
Domingo – 19/04
Mineirão – 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA/SC)
Assistente 1: Kléber Lúcio Gil (FIFA/SC)
Assistente 2: Bruno Boschilia (FIFA/PR)
Quarto Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA/SP)
Assessor: Antônio Willian Gomes
Gols: De Arrascaeta aos 11‘1T (Cruzeiro); Lucas Pratto aos 10‘2T e 43‘2T (Atlético)
Público: 40.364
Renda: R$ 1.840.130,00
Cruzeiro: 1-Fábio, 23-Fabiano, 3-Léo, 426-Paulo André, 36-Fabrício, 5-Willians, 8-Henrique, 10-De Arrascaeta (22-Mayke aos 27’2T), 11-Alisson (30-Marquinhos no intervalo), 25-Willian (21-Mena aos 37’2T), 9-Leandro Damião. Técnico: Marcelo Oliveira
Atlético: 1-Victor, 2-Carlos César, 3-Edcarlos, 4-Jemerson, 5-Rafael Carioca, 6-Douglas Santos, 7-Luan, 8-Leandro Donizete (17-Guilherme no intervalo), 9-Lucas Pratto, 10-Dátolo (21-Eduardo aos 37’2T), 11-Carlos (25-Thiago Ribeiro aos 37’2T). Técnico: Levir Culpi
Cartões Amarelos
Cruzeiro: 10, 5
Atlético: 1, 6, 4
Cartão Vermelho
Cruzeiro: Fabiano aos 26’2T

 

Caldense 2×0 Tombense 
Domingo – 19/04
Ronaldão – 18h30
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (CBF/FMF)
Assistente 1: Celso Luiz da Silva (CBF/FMF)
Assistente 2: Felipe Alan Costa de Oliveira (CBF/FMF)
Quarto Árbitro: Marco  Aurélio A. Fazekas Ferreira (FMF)
Quinto Árbitro: Ricardo Junio de Souza (CBF/FMF)
Assessor: Rogério Pereira da Costa
Gols: Tiago Azulão aos 23’1T, Luiz Eduardo aos 14‘2T (Caldense)
Público: 4.534
Renda: R$152.320,00
Caldense: 1-Rodrigo, 2-Jeferson Feijão (14-Andrezinho aos 10’2T), 3-Marcelo, 4-Paulão, 5-Serginho, 6-Rafael Estevam, 7-Tiago Azulão, 8-Yuri, 90-Luiz Eduardo (18-Ewerton Maradona aos 38’2T), 10-Nadson, 11-Zambi (20-Cristiano aos 30’2T). Técnico: Leonardo Condé
Tombense: 1-Darley, 2-Gedeilson, 3-Heitor, 4-Gustavo, 5-Coutinho, 6-Anderson, 7-Betinho, 8-Joilson (13-Matheus aos 23’2T), 9-Daniel Amorim (20-Jean no intervalo), 10-Rafel Pernão (18-Luiz Fernando no intervalo), 11-Mateus. Técnico: Júnior Lopes
Cartões Amarelos
Tombense: 8, 11, 20
Texto: Bruno Kaehler com informações da FMF, site do Atlético e Superesportes
Fotos: Facebook da Caldense e Flickr Atlético
O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.