05 fev 2015

Noite mágica na Federal: torcida abraça o time e UFJF supera o Taubaté/Funvic



Pela oitava rodada do returno da Superliga 2014/2015, a UFJF derrotou o vice-líder da competição, Taubaté/Funvic, na noite desta quarta-feira, 4, por 3 sets a 1 (21/25, 25/21, 30/28, 25/17), no Ginásio da Faefid. Com grande exibição coletiva e superação de Manius, a Federal derrotou o badalado time paulista que contou com o ponteiro campeão olímpico, Dante, o oposto Lorena e o central Sidão. A vitória levou os juizforanos à nona colocação com 20 pontos, cinco a menos do que o Canoas, oitavo lugar, que fecha a zona de classificação para os playoffs.

Com apoio da Farmácia de Manipulação Las Casas, a rádio web do Toque de Bola transmitiu a partida e teve espetacular audiência por todo o país, recebendo, inclusive, elogios do ponteiro taubateano e da seleção brasileira, Lipe, desfalque no jogo.

Público compareceu em peso no Ginásio da Faefid e empurrou a Federal para mais uma vitória na Superliga

Público compareceu em peso no Ginásio da Faefid e empurrou a Federal para mais uma vitória na Superliga

O jogo

A partida começou com o Taubaté/Funvic querendo abrir a vantagem cedo, pois precisavam dos pontos para se consolidar na segunda colocação e se distanciar de Sesi e Campinas na tabela. A UFJF entrou um pouco desligada e os paulistas conseguiram se distanciar no placar. No fim do set, os donos da casa ainda se esforçaram para diminuir a distância, mas com o passe na mão, o levantador Raphael distribuiu bem o jogo. Na última bola do set o central juiz forano Tarcísio errou o saque. Vitória dos visitantes no primeiro parcial: 25 a 21.

A virada da Federal começou no set seguinte. No início, os donos da casa conseguiram equilibrar o confronto. Bergamo e Sérgio começaram a virar as bolas, ganhando muita confiança do levantador Rodrigo. O torcedor sentiu o bom momento da UFJF, passou a incentivar mais e pegar no pé dos jogadores adversários, com foco no oposto Lorena. Com o andamento da partida, os paulistas passaram a cometer alguns erros. Raphael buscava Dante com frequência como em bola de segurança, mas os juizforanos conseguiram segurar o medalhista olímpico. Os centrais Victor Hugo e Ialisson apareceram nos bloqueios e ajudaram os mandantes a devolver o placar do primeiro parcial, dessa vez em favor dos mineiros: 25 a 21.

Federal iniciou perdendo, mas reagiu imediatamente com atuação de gala

Federal iniciou perdendo, mas reagiu imediatamente com atuação de gala

O terceiro set reservava para os presentes no ginásio e quem ouvia a partida nas ondas do Toque muita emoção. Taubaté conseguiu diminuir os erros cometidos e a UFJF, motivada pela torcida e pela boa atuação, demonstrava confiança em cada lance. O equilíbrio e a tensão tomaram conta do jogo. Nas arquibancadas ninguém ficou sentado nos pontos finais. Taubaté salvou três set points da Federal e conseguiu passar a frente com um bom saque de Rodrigo. Fadul pediu tempo para tentar desconcentrar o jogador taubateano e deu certo. O levantador juizforano acionou o oposto Bergamo, que converteu e empatou. Manius foi para o serviço e com dois excelentes saques colocou o time visitante em dificuldades, e com dois bloqueios os mineiros conseguiram a vitória por 30 a 28.

Embalados pelo torcedor, a UFJF começou com tudo no quarto parcial e deslanchou. Abriu vantagem e controlou o nervosismo. O Taubaté/Funvic mostrou sentir o cansaço da maratona de jogos. O atual campeão da Copa Brasil vinha de uma vitória por 3 sets a 2 contra São José e não conseguiu reagir. Vitória da Federal, 25 a 17, e um fôlego extra na luta pela vaga aos playoffs.

Confira, clicando sobre o link abaixo, as estatísticas da partida (CBV):

Estatísticas CBV UFJF x Taubaté Funvic

 

Dante vê queda de rendimento natural. Sidão lamenta desfalque e cansaço

Dante, em entrevista ao Toque de Bola: campeão olímpico pela seleção brasileira quer o título do Sul-Americano

Dante, em entrevista ao Toque de Bola: campeão olímpico pela seleção brasileira quer o título do Sul-Americano

Após a partida, as estrelas do Taubaté/Funvic, Dante e Sidão, atenderam aos fãs, tirando fotos e dando autógrafos. O ponta campeão olímpico em 2004, falou sobre a queda de rendimento e do Sul-Americano, que a equipe disputará entre os dias 11 a 15, na cidade de San Juan, na Argentina, que dará uma vaga no Mundial de Clubes realizado este ano no Brasil: “Nossa concentração toda está no Sul-Americano que dá uma vaga para o Mundial. Depois do título da Copa Brasil, que é uma competição muito puxada, é natural que o time dê uma caída, mas temos que recuperar nossa confiança, nos recuperarmos física e mentalmente para essa competição que será muito importante para nós”, declarou.

O central Sidão, que voltou a atuar depois de duas rodadas, elogiou a UFJF e declarou que o cansaço e a ausência de Lipe têm prejudicado o desempenho da equipe: “A UFJF está de parabéns, atuaram em um grande nível. A maratona de jogos com certeza tem prejudicado, são jogos difíceis que exigem muito. Além disso, o Lipe faz muita falta, é um cara incisivo no ataque. Temos que superar tudo isso, temos uma competição importante daqui a alguns dias, mas não podemos deixar a Superliga de lado porque poder atuar em casa nos playoffs será muito importante”, frisou.

Cézar Douglas, treinador do Taubaté/Funvic, explicou que a oscilação em fundamentos prejudicou a equipe e lamentou o pouco tempo de preparação para o Sul-Americano: “Nosso time oscilou muito no side out (virada de bola) e isso atrapalhou a nos mantermos na frente do placar. A UFJF atuou muito bem, com uma boa defesa e contra-ataque e isso também interferiu na formação do nosso bloqueio. Nossa preparação para o Sul-Americano começou logo após a Copa Brasil, sofremos coletivamente com as lesões do Sidão e do Lipe e isso prejudicou ainda mais o desenvolvimento do trabalho pelo pouco tempo disponível. Mas vamos em busca do título”, concluiu.

Fadul enaltece grupo e Sérgio é ovacionado pela torcida

O treinador da UFJF, Alessandro Fadul, elogiou o grupo pelo trabalho realizado desde janeiro quando assumiu o comando da equipe: “Estivemos muito bem hoje, nós viemos fazendo um bom returno, de janeiro para cá estamos jogando bem. Tropeçamos contra Montes Claros, mas passou. Continuamos trabalhando forte, independente de quem está do outro lado, de quantos pontos estamos do oitavo colocado. Fizemos um grande jogo, todos estão de parabéns, o nosso jogo encaixou, jogamos equilibrado o tempo todo. A vitória é a última parte do processo e ela foi muito importante para nossas pretensões no campeonato. Vamos em frente”, comentou.

O troféu Viva Vôlei de melhor em quadra foi para o ponteiro Manius que passou mal durante o dia da partida por conta de uma virose e saiu de quadra direto para o vestiário. O maior pontuador do jogo com 26 pontos foi Sérgio. O jogador da UFJF foi ovacionado pela torcida no fim do confronto e declarou que se sente um privilegiado por atuar pela Federal: “Isso é uma coisa inacreditável, foi uma das coisas mais bonitas da minha vida. O ginásio inteiro gritar o meu nome, isso motiva qualquer jogador. É um privilégio jogar aqui e espero contribuir ainda mais para a torcida”, destacou.

Confira a classificação atualizada

class pos jogo

 

OITAVA RODADA DO RETURNO

02.02 (SEGUNDA-FEIRA) – Vôlei Canoas (RS) 0 x 3 Sada Cruzeiro (MG) (23/25, 22/25 e 20/25)
LOCAL/HORÁRIO: Poliesportivo La Salle, em Canoas (RS), às 18h30
TEMPO DE JOGO: 1h35
TROFÉU VIVAVÔLEI: Filipe (Sada Cruzeiro)
MAIOR PONTUADOR: Dennis (Vôlei Canoas), com 15 pontos

03.02 (TERÇA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) 2 x 3 Sesi-SP (21/25, 19/25, 25/23, 36/34 e 9/15)
LOCAL/HORÁRIO: Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), às 19h
TEMPO DE JOGO: 2h42
TROFÉU VIVAVÔLEI: Serginho (Sesi-SP)
MAIOR PONTUADOR: Lucarelli (Sesi-SP), com 22 pontos

04.02 (QUARTA-FEIRA) – Brasil Kirin (SP) 3 x 1 São José Vôlei (SP) (25/19, 25/17, 23/25 e 25/15)
LOCAL/HORÁRIO: Taquaral, em Campinas (SP), às 20h
TEMPO DE JOGO: 1h53
TROFÉU VIVAVÔLEI: Ary (Brasil Kirin)
MAIOR PONTUADOR: Kaio (São José Vôlei), com 17 pontos

04.02 (QUARTA-FEIRA) – São Bernardo Vôlei (SP) 1 x 3 Montes Claros Vôlei (MG) (23/25, 25/18, 15/25 e 23/25)
LOCAL/HORÁRIO: Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP), às 19h
TEMPO DE JOGO: 1h54
TROFÉU VIVAVÔLEI: Ygor (Montes Claros Vôlei)
MAIOR PONTUADOR: Ygor (Montes Claros Vôlei) e Caio e Nicolas (São Bernardo Vôlei), com 13 pontos cada

04.02 (QUARTA-FEIRA) – Ziober Maringá (PR) 3 x 0 Voleisul/Paquetá Esportes (RS) (25/21, 25/23 e 25/23)
LOCAL/HORÁRIO: Chico Neto, em Maringá (PR), às 19h30
TEMPO DE JOGO: 1h44
TROFÉU VIVAVÔLEI: Renato (Ziober Maringá)
MAIOR PONTUADOR: Leandrão (Voleisul/Paquetá Esportes), com 20 pontos

04.02 (QUARTA-FEIRA) – UFJF (MG) 3 x 1 Taubaté/Funvic (SP) (21/25, 25/21, 30/28 e 25/17)
LOCAL/HORÁRIO: UFJF, em Juiz de Fora (MG), às 20h
TEMPO DE JOGO: 2h15
TROFÉU VIVAVÔLEI: Manius (UFJF)
MAIOR PONTUADOR: Sérgio (UFJF), com 26 pontos

 TRANSMISSÃO: RÁDIO WEB DO TOQUE DE BOLA – www.toquedebola.esp.br/radio

Texto: Guilherme Fernandes com informações da CBV

Fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

18 jan 2018
Próximo adversário do Tupi, Uberlândia perde em casa. Veja como começou o Estadual

18 jan 2018
Tem de 12 a 16 anos e quer jogar basquete? Sexta é dia de cesta! Olha esse convite da Faefid-UFJF

17 jan 2018
“Barraco” no Poço Rico! Eleições do Tupynambás viram caso de polícia

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse