18 nov 2014

Campeão, Tombense contesta fama de “clube de empresários”. Elvis: “Pedi para bater o último pênalti”



Após a conquista histórica da Série D do Campeonato Brasileiro no domingo, 16, após disputa nos pênaltis, o atual presidente do Tombense, Lane Gravolle, fez questão de desmentir a alcunha de “clube de empresário” atribuída à equipe. O dirigente e homem forte do futebol do time de Tombos concedeu entrevista ao portal R7 e creditou o título da Série D aos apoiadores e à gestão.

  “Tombense é um time de 100 anos. Sou presidente há 15, sou da cidade, um ex-atleta. Trabalhamos fortemente, temos boas parcerias, como é comum a qualquer equipe. Não existe clube de empresário, o que existe é clube bem administrado e de boas parcerias. Somos centenários, daqui saíram grande jogadores desde o amador. Saíram daqui Renê Simões, Léo Moura, Jônatas e Cícero. Agora no profissional fazemos boas campanhas, pois trabalhamos a base e estruturamos o clube. E vamos levar em conta que estar numa cidade de dez mil habitantes é difícil. Estamos com pessoas para ajudar e graças a Deus vem dando certo. Fomos campeões da Segundona de Minas, vencemos o título como melhor time do interior logo no primeiro ano na elite e na primeira vez que jogamos a Série D do Brasileiro, conseguimos vencer”, comentou o mandatário após a conquista.

O caneco veio em decisão dramática, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé. Após empate sem gols na primeira partida, o time mineiro repetiu placar com o Brasil de Pelotas na grande decisão e precisou das disputas de pênaltis para garantir o maior título da história do clube que comemora este ano o seu centenário. Nas cobranças, os gaúchos desperdiçaram duas vezes, e o time de Tombos saiu vitorioso por 4 a 2. Dois heróis da conquista, o goleiro Darley, com uma defesa, e o atacante Élvis, que converteu o último pênalti, ajudaram o Gavião Carcará a se sagrar campeão brasileiro.

Tombense comemora título da Série C do Brasileiro 2014. Foto: Site oficial do clube

Tombense comemora título da Série C do Brasileiro 2014

  Na decisão de pênaltis, o Tombense marcou com Francismar, Joilson, Mazinho e Elvis. Coutinho chutou para fora e o goleiro Darley defendeu chute de Léo Dias, do Brasil. O time do Sul também teve erro de Chicão. Os dois gols marcados foram de Nena e Fernando Cardoso. Darley, arqueiro do Gavião Carcará, em entrevista ao GloboEsporte.com, disse o segredo para brilhar nas penalidades, “Estou muito feliz por ter feito a defesa. Durante a semana a gente treina muito e quando chega na hora tem que ter sangue frio. Graças a Deus pude ajudar meus companheiros e conquistar este título”, destacou. 

  Outro jogador que foi decisivo na conquista da Série D, o atacante Élvis, autor de quatro gols nos últimos quatro jogos antes da grande decisão, revelou que pediu para bater a última cobrança: “Eu seria o quarto da lista, mas quando o professor me falou isso eu pedi para ser o último a bater. Eu estava muito confiante e tinha consciência que sobraria para eu decidir. Nosso grupo todo está de parabéns”, concluiu. 

O título da Série D representa a maior conquista da história da Tombense. O clube se tornou profissional em 1999 e faturou apenas taças da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, em 2002 e 2006. O time de Tombos repete o feito do Tupi, que foi campeão da Quarta Divisão Nacional na temporada 2011.

Texto: Guilherme Fernandes, com informações dos portais R7 e globoesporte.com

Foto: Divulgação/Site oficial do Tombense 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse