05 dez 2013

Canoas, do central Gustavo, busca mais uma vitória em JF



Próximo adversário da Federal na Superliga 2013/2014, o Kappesberg/Canoas busca repetir o resultado da temporada passada e sair de Juiz de Fora com mais uma vitória. O time do central campeão olímpico em Atenas, Gustavo, vem de uma sequência de duas vitórias e ocupa a sétima colocação no campeonato nacional com 11 pontos conquistados, três a mais que o time juiz-forano.

A rádio web do Toque de Bola transmite ao vivo UFJF x Kappesberg/Canoas neste sábado, a partir de 17h. Segue link da rádio web: 

http://www.toquedebola.esp.br/wp-content/themes/portal-toque/nas-ondas-do-toque.html

A equipe gaúcha possui ainda um jogo a menos que a UFJF, tendo vencido quatro partidas, o mesmo número de derrotas. As vitórias foram sobre o Voltaço, na primeira rodada, por 3 sets a 1, contra o Vôlei Brasil Kirin, na terceira rodada, por 3 sets a 2 e nos dois últimos jogos diante de Montes Claros Vôlei e Funvic/Taubaté, ambos por 3 sets a 1. Destes resultados positivos, apenas um foi conquistado fora de seus domínios, justamente contra a equipe mineira de Montes Claros. Os gaúchos perderam para Moda/Maringá, Vivo/Minas, Sesi-SP e Sada Cruzeiro Vôlei, todos por 3 sets a 0.

Elenco 2013/2014

Em sua segunda participação na Superliga, a equipe do Kappesberg/Canoas se reforçou bastante para a temporada, mesmo tendo realizado uma campanha surpreendente na edição anterior da competição, com o sexto lugar conquistado.

O time conta com o campeão olímpico em Barcelona/92, Paulão, que saiu da função de treinador, deixando em seu lugar o assistente Marcelinho Ramos, para se tornar diretor executivo do projeto, em agosto deste ano. Em sua nova função, o ex jogador tem como principais missões a captação de recursos para a manutenção do projeto e a comunicação direta com a Prefeitura de Canoas, uma das apoiadoras da equipe.

Paulão treinou o Canoas quando a equipe iniciou sua história com o título da Superliga B, no começo de 2012, e conquistou a vaga para a principal competição do vôlei brasileiro.

O diretor executivo Paulão e o prefeito de Canoas, Jairo Jorge na apresentação do ponteiro cubano Angel Dennis. (Foto: Fernando Potrick/ Kappesberg Canoas)

O diretor executivo Paulão e o prefeito de Canoas, Jairo Jorge na apresentação do ponteiro cubano Angel Dennis. (Foto: Fernando Potrick/ Kappesberg Canoas)

Dentro de quadra, o time gaúcho tem a liderança de outro campeão olímpico: o central Gustavo Endres, medalha de ouro em Atenas, 2004. Para a atual temporada, a equipe gaúcha se reforçou com as contratações de jogadores como o levantador Murilo Radke, o central Giovanni, o oposto Luan Weber, o ponteiro Bruno Temponi e o cubano Angel Dennis, campeão da Liga Mundial e do Campeonato Mundial em 1998, pela Seleção de Cuba. Nomes importantes da temporada passada, como o ponteiro Roberto Minuzzi, o levantador Rafa e o líbero Jeffe, foram mantidos no elenco.

Rápida ascensão

Campeão da Superliga B em 2012, o time do Rio Grande do Sul vem surpreendendo com seus resultados em quadra. A contratações de ícones no cenário internacional do vôlei, como os campeões olímpicos pela Seleção Brasileira, Paulão e Gustavo, junto a atletas com experiência em competições como a Superliga, obteve consequências rápidas e positivas.

Após subir para a primeira divisão do campeonato nacional, a equipe se classificou, no ano de estreia, para os playoffs do torneio, conquistando a sexta colocação na Superliga 2012/2013. O Kappesberg Canoas também foi bicampeão gaúcho, com o último título conquistado recentemente, em novembro deste ano, ao vencer as duas partidas da final contra o time do Bento Vôlei.

Canoas quase rebaixou UFJF

O time do Rio Grande do Sul veio a Juiz de Fora na temporada 2012/2013 em partida válida pela última rodada da primeira fase da Superliga. Enquanto o time gaúcho buscava a classificação para os playoffs em seu primeiro ano na elite da competição nacional, a Federal lutava pela manutenção da equipe para o próximo campeonato. A partida, realizada no dia 2 de março de 2013, no Ginásio da Faefid, terminou com vitória dos visitantes por 3 sets a 2, parciais de 25/20, 23/25, 27/25, 18/25 e 12/15.

Mesmo com a derrota, no entanto, a UFJF não foi rebaixada. O ponto conquistado pela Federal com a derrota no tie break foi fundamental, deixando a equipe juiz-forana na 11ª posição com oito pontos, um a mais que o lanterna da competição, Funvic.

Texto: Bruno Kaehler


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 fev 2018
JF Vôlei tem semana de desafios seguidos em busca da reação na Superliga

17 fev 2018
Baeta perde na estreia do Módulo 2

17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse