05 jan 2013

Inspiração em Leonardo Condé e Ricardo Drubscky



Nesta sexta-feira, 4, após a apresentação do elenco carijó, Felipe Surian concedeu a primeira entrevista coletiva como treinador efetivo do Tupi. Na conversa com os jornalistas, ele falou de suas expectativas para o Campeonato Mineiro, do grupo que está sendo formado, sobre a importância que a experiência como técnico durante a Série C teve para o seu amadurecimento profissional e também a respeito dos treinadores que mais o influenciaram quando ainda era auxiliar técnico. Confira, abaixo, a transcrição da coletiva.

Queria perguntar, Felipe, sobre esse desafio de ser técnico a partir do início da temporada e também do perfil deste elenco que você está montando. (Bruno Ribeiro – Rádio Globo)

Felipe Surian: O desafio é grande, mas venho a longa data me preparando para isso. Por isso acho que me encontro totalmente preparado para encontrar as soluções diante das dificuldades. Será uma equipe jovem, mas com alguns atletas mais experientes, uns já conhecidos e outros que ainda vão chegar. Esperamos em duas semanas finalizar o elenco para ter um grupo forte para essas duas competições no primeiro semestre.

Quais são os principais desafios para esta temporada? (Letícia Duarte – TV Integração)

F.S.: Iniciamos em 2 de fevereiro, fora de casa, contra o Villa Nova. Já estamos traçando como objetivo buscar pontos fora de casa. Queremos fazer um bom jogo em Nova Lima, já que após esta partida teremos mais duas semanas para consertar e preparar o time para o primeiro jogo diante da nossa torcida.

A experiência na Série C, Felipe, serviu para o seu amadurecimento como treinador? (Thiago Stephan – Toque de Bola)

F.S.: Com certeza. Em tudo que fazemos na vida temos que agregar o que é bom. Fui muito feliz durante aquele período. As mudanças que fiz ocorreram devido aquilo que eu pensava e deram certo. A gente fica feliz porque vê que está no caminho certo. Venho traçando objetivos maiores e o maior deles era me tornar técnico do Tupi. Estou feliz com a oportunidade e buscando a cada dia melhorar para fazer com que a equipe honre a camisa e a cidade de Juiz de Fora.

Com relação a essa equipe que está chegando, são muitos jogadores jovens e que saíram de boas bases, como Fluminense e Atlético, e mesclando com jogadores que já estavam aqui, como Allan, Ademílson e Fabrício Soares. Essa mescla é importante para você? (Márcio Santos – Rádio Itatiaia)

F.S.: Com certeza. Quando você tem essa mescla de bons atletas já rodados com excelentes jogadores jovens, é possível conseguir, a partir de treinamentos específicos, montar uma equipe aguerrida e compacta. Jogadores jovens são excelentes pelo vigor físico, conseguem recompor a parte tática rapidamente e isso nos permite várias opções de montagem de equipe para o jogo. Podemos fazer variações táticas dentro da partida com esses jogadores mais jovens e também com os mais experientes, que acabam dando um suporte com palavras e gestos, permitindo que os mais jovens possam praticar o seu melhor futebol.

Qual o peso da manutenção da comissão técnica para um bom início de trabalho? (Bruno Ribeiro – Rádio Globo)

F. S.: É o conhecimento de um ao outro. Já estamos juntos há cinco anos, com o desenvolvimento de excelentes trabalhos… Isso nos agrega valor e esse conhecimento de longa data faz com que tenhamos afinidade, o que nos facilita traçar os objetivos e as estratégias para esses dois grandes campeonatos que iremos disputar.

Felipe, você trabalhou, como auxiliar, com os últimos seis técnicos que o Tupi teve. Quais foram os principais na sua formação, aquele que mais te inspirou e que você acredita que seja mais parecido (Thiago Stephan – Toque de Bola)

Procurei absorver aquilo que é de bom de cada um deles. O que não agrega valor ao lado pessoal e profissional a gente deixa passar. Busquei de todos uma orientação melhor, uma visão tática diferente… Mas não posso esquecer do Léo Condé, que me convidou para ser auxiliar dele. Foi ele quem me trouxe para o futebol novamente quando ainda estava me formando na faculdade. É um cara inteligente demais, estuda futebol como ninguém, e os aspectos que ele usa são os que venho buscando a cada dia. Também o Ricardo Drubscky, que hoje é um mestre do futebol brasileiro. Me ensinou bastante aquilo que o futebol mundial está jogando. Me mostrou aquilo que o Barcelona estava fazendo naquela época. Pude aprender muito com esses profissionais, sou grato a todos.

Sobre o elenco, a base está aí. O que você acha que pode chegar agora? Qual o perfil do jogadores que vão chegar a partir de agora? (Wallace Mattos – Tribuna de Minas)

F.S.: Ainda não podemos dizer que a base está formada porque faltam algumas peças. Acredito que ao final de semana que vem vão estar todos. Para mim todos são peças fundamentais, desde o mais novo até o Ademílson, que hoje é o mais velho. Aqueles que buscarem, dentro dos treinamentos, a titularidade terão suas oportunidades. Quem estiver em melhor condição vai jogar.

Perfil de quem vem, mais novo ou mais experiente? (Wallace Mattos – Tribuna de Minas)

F.S.: A mescla vai continuar. Se o Atlético quiser emprestar o Bernard, a gente pega [risos]. Estamos buscando vários nomes. Se vier jogador jovem será para agregar e se vier mais experiente será com o mesmo intuito, que é fazer um grande Campeonato Mineiro e Copa do Brasil.


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.