23 nov 2012

Superliga Feminina: atual campeão, Sollys/Nestlé estreia contra o Vôlei Amil



RIO DE JANEIRO, 22.11.2012 – A primeira rodada do turno da Superliga Feminina de vôlei 12/13 já promete fortes emoções. Entre os cinco jogos inaugurais, destaque para um confronto paulista que reunirá oito medalhistas olímpicas. De um lado, a recém- criada equipe do Vôlei Amil (SP), da levantadora Fernandinha (ouro em Londres/12), da central Walewska (ouro em Pequim/08) e da cubana Ramirez (bronze em Atenas/04), todas comandadas pelo tricampeão olímpico José Roberto Guimarães. Do outro, o atual campeão Sollys/Nestlé (SP), das bicampeãs olímpicas Jaqueline, Thaisa e Sheilla, da central Adenízia e da ponteira Fernanda Garay (ambas ouro em Londres/12). A partida será realizada às 21h desta SEXTA-FEIRA (23.11) no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). O SporTV transmitirá ao vivo.

Fernanda Garay e Walewska: duas campeãs olímpicas frente a frente

O confronto será ainda uma reedição da final do Campeonato Paulista deste ano. Na ocasião, o time de Osasco levou a melhor e venceu a série decisiva por dois jogos a zero. Nos quatro confrontos entre as equipes até agora foram quatro vitórias do Sollys/Nestlé. Mesmo com a vantagem no confronto direto, a central Walewska, do Vôlei Amil, acredita que o jogo tem tudo para ser equilibrado.

“O Sollys/Nestlé tem uma grande equipe. São jogadoras que jogam juntas há muito tempo na seleção. Temos que jogar muito bem taticamente para termos uma chance. É fundamental o nosso saque funcionar para tirarmos o passe da mão da Fabíola. Nossa equipe está crescendo a cada jogo e temos tudo para fazer uma boa Superliga”, disse a central.

O treinador José Roberto Guimarães, do Vôlei Amil, também espera dificuldades na estreia da equipe campineira na Superliga.

“O Sollys/Nestlé é uma equipe difícil de enfrentar. Elas formam um grupo que já tem uma base. Já o nosso time teve poucas opções de troca durante o Paulista, com as contusões da Soninha e da Vasileva. Depois do Paulista tivemos tempo para treinar e espero que possamos crescer durante a Superliga”, afirmou Zé Roberto.

Na estreia na Superliga, o treinador ainda não contará com a ponteira Soninha, que segue em recuperação de uma cirurgia de hérnia de disco. Já a atacante búlgara depende de documentação para poder estrear na competição.

 Ano histórico

Pelo lado do Sollys/Nestlé, a equipe ainda comemora um ano histórico. O atual campeão da Superliga venceu todas as competições que disputou nesta temporada. Além do título da edição 11/12, o Sollys/Nestlé venceu o Sul-Americano e o Mundial de Clubes, o Campeonato Paulista e os Jogos Abertos do Interior.

Para a ponteira Jaqueline, do Sollys/Nestlé, uma das razões do sucesso do grupo é o companheirismo entre as jogadoras.

“Tivemos uma grande temporada. Neste grupo todas as atletas se ajudam muito. Somos amigas também fora de quadra. Temos que ter continuidade durante a Superliga. Mudamos algumas peças, com a chegada da Sheilla e da Fernanda Garay, que fizeram muito bem ao grupo. A Superliga é o melhor campeonato do mundo e sempre espero jogos difíceis, independentemente do adversário”, analisou a ponteira.

Para a estreia na competição, o técnico Luizomar de Moura, do Sollys/Nestlé, pede atenção ao grupo.

“A Superliga é uma competição difícil e há algumas edições somos apontados como favoritos. O Vôlei Amil é uma equipe complicada e já jogamos algumas vezes durante o Paulista. Será uma estreia complicada. Infelizmente, não vamos poder contar com a Sheilla e a Adenízia”, disse o treinador, referindo-se às contusões das campeãs olímpicas.

Adenízia sofreu uma lesão na mão direita e passou por uma cirurgia na última quarta-feira. A previsão é a de que a jogadora volte às quadras em dois meses. Já Sheilla segue em recuperação de uma fratura num dos dedos do pé esquerdo.

Outros jogos

Outros quatro jogos agitarão a rodada inaugural da edição 12/13 da Superliga Feminina. O Sesi-SP receberá o Pinheiros (SP), às 18h, no ginásio Vila Leopoldina. Às 19h30, acontecerão dois jogos: o Banana Boat/Praia Clube (MG) jogará com o São Bernardo Vôlei (SP), no ginásio Praia Clube (MG), enquanto a Unilever (RJ) medirá forças com o São Cristovão Saúde/São Caetano (SP), no ginásio do Tijuca TC.

A rodada será finalizada às 11h de SÁBADO (24.11), com o confronto entre Usiminas/Minas (MG) e Rio do Sul (SC). O jogo será realizado na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG).

SUPERLIGA FEMININA 12/13

PRIMEIRA RODADA DO TURNO

23.11 (SEXTA-FEIRA) – Sesi-SP x Pinheiros, às 18h, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)

23.11 (SEXTA-FEIRA) – Banana Boat/Praia Clube x São Bernardo Vôlei, às 19h30, no Praia Clube, em Uberlândia (MG)

23.11 (SEXTA-FEIRA) – Unilever x São Cristovão Saúde/São Caetano, às 19h30, no Tijuca T.C., no Rio de Janeiro (RJ)

23.11 (SEXTA-FEIRA) – Sollys/Nestlé x Vôlei Amil, às 21h, no José Liberatti,em Osasco (SP) SPORTV

24.11 (SÁBADO) – Usiminas/Minas x Rio do Sul, às 11h, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG)

Texto, fotos e informações: website CBV


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.