05 nov 2012

Fred, Atlético e árbitro absolvidos em julgamento. Vasco sem treinador



Fred, atacante do Fluminense, o Atlético Mineiro, por protestos da torcida, e o árbitro Jailson Macedo Freitas, todos envolvidos em Atlético 3×2 Fluminense, foram absolvidos em julgamento realizado na noite desta segunda-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro.

Por maioria de votos, absolvido o Atlético/MG, incurso no Art. 191, incisos I e III do CBJD; absolvido o árbitro Jailson Macedo Freitas, incurso no Art. 260 do CBJD, absolvido o atleta Fred, do Fluminense, incurso no Art. 250§1º inciso II do CBJD.

Veja informações postadas no site do STJD, em ordem cronológica:

 19h05

Com a palavra o relator Washington Oliveira, que vota no sentido de absolver o Atlético/MG, denunciado no artigo 191, incisos I e III do CBJD; absolver o árbitro Jailson Macedo Freitas, denunciado no artigo 260 do CBJD; e absolver o atleta Fred, do Fluminense, denunciado no artigo 250 §1º inciso II do CBJD.

 19h16

O auditor Felipe Bevilacqua vota por absolver Fred, do Fluminense, e o árbitro Jailson Macedo Freitas das denúncias, por entender que o lance foi normal e a atitude do árbitro correta, e diverge apenas com relação ao Atlético/MG, votando por multar em R$ 20 mil o clube mineiro, por infração ao artigo 191, incisos I e III do CBJD. De acordo com o auditor, “deixar de punir este fato pode abrir precedentes para outros casos”.

 19h20

O presidente Paulo Valed explica que cabe ao tribunal votar o limite dessas manifestações, como a feita pela torcida do Atlético/MG.

“Ao meu entender, não houve nenhuma intenção de ofender. Foi de mal gosto, mas foi um protesto e não ofensivo. Por este motivo, vou acompanhar o voto do relator e absolver o Atlético/MG. Infração disciplinar não marcada ou não observada pelo árbitro é passível de ser denunciada pela Justiça Desportiva. Agora fiquei sabendo que o jogador do Atlético provocou possivelmente o cartão amarelo, também provocou o atleta Fred. A intenção foi empurrar, claramente foi. Houve o ato, mas não foi violento. A atitude do Fred merecia o cartão amarelo, só que esse ato daria a expulsão do Fred e o árbitro deixou de aplicar. Considero ambos culpados, mas não houve gravidade. Ao atleta Fred aplico a pena de advertência. A mesma coisa para o árbitro, considero a infração e aplico a pena de advertência”.

Mão na taça

O Fluminense ficou ainda mais perto do título brasileiro. Neste domingo, 4, no complemento da 34ª rodada, o Flu empatou com o São Paulo em 1 a 1 no Morumbi, gols de Luís Fabiano e Fred, ambos na etapa final, e foi beneficiado pela derrota do Atlético Mineiro para o Coritiba por 1 a 0, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense, gol de Deivid, cobrando pênalti, na etapa inicial. O Flu abriu nove pontos a quatro rodadas do final. Basta ao time carioca conquistar quatro em 12 pontos para assegurar o tetracampeonato nacional.

Outros jogos   importantes para Libertadores, Sul-Americana e luta contra o rebaixamento foram: Vasco 0x3 Sport, Palmeiras 2×2 Botafogo, Portuguesa 0x1 Bahia e Náutico 3×0 Internacional. Já Atlético-GO 0x2 Corinthians, no Estádio Boca do Jacaré, no Distrito Federal, decretou matematicamente a queda do Atlético-GO à Série B de 2013.

  Vasco sem comando

Após uma série de seis derrotas consecutivas e um pífio aproveitamento de 26,6% em dez jogos, o técnico Marcelo Oliveira pediu demissão do Vasco na manhã desta segunda-feira. Com a saída do treinador, o auxiliar Gaúcho comandará o time de maneira interina até o final do Campeonato Brasileiro.

A decisão já era esperada e aconteceu em comum acordo durante encontro nesta manhã. O profissional deixa o Cruzmaltino sem receber salários após menos de dois meses de trabalho. Marcelo Oliveira venceu apenas Figueirense e Atlético-GO em sua passagem pela Colina histórica.

O destino do treinador pode ser o Cruzeiro na próxima temporada, já que seu nome foi especulado no clube mineiro durante a semana passada. Os profissionais trazidos por Marcelo Oliveira também o acompanham na sequência da carreira.

O nome do técnico Ricardo Gomes, que se recupera de um AVC sofrido em agosto do ano passado, agrada a diretoria para comandar o time em 2013. Inclusive, os primeiros contatos já foram iniciados. As partes estudam a viabilidade do projeto, que contará com um novo diretor de futebol, além de um vice-presidente para a pasta, acumulada no momento pelo mandatário Roberto Dinamite.

 Sábado de Neymar

O show de Neymar no Estádio Independência, em Belo Horizonte, foi o destaque na abertura da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com três gols e o passe para o gol de Felipe Anderson, o craque teve até seu nome gritado pela torcida adversária, que estava irritadíssima com o futebol da Raposa e preferiu render homenagens ao ídolo do Peixe e do futebol brasileiro. O Santos venceu por 4 a 0, diante de uma das piores formações da história recente do Cruzeiro, que abusou de erros individuais grosseiros e falhas coletivas incompatíveis com a gloriosa tradição do clube mineiro.

A partida marcou, por infeliz coincidência para os torcedores anfitriões, a volta do Cruzeiro a BH, depois de cumprir suspensão e mandar suas partidas em Varginha, por infrações cometidas por “torcedores” no clássico diante do Atlético, na última partida do turno. Neymar disse, após o “show”, que ficou muito emocionado com o reconhecimento dos torcedores do Cruzeiro, e destacou que, antes do jogo, deu autógrafo a um dos meninos na entrada do campo, e o garoto tinha a camisa do Cruzeiro por cima e a do Santos por baixo.

“Hoje é um dia histórico, estou muito emocionado e dá vontade de chorar. O que a torcida do Cruzeiro fez hoje vou levar para toda a minha vida. Hoje, vejo o Cruzeiro como minha segunda casa. Estou muito emocionado, a sensação é maravilhosa, é de onde eu trago essa alegria de jogar. Isso é o gosto do futebol, a torcida do Cruzeiro demonstrou o respeito que tem com os outros jogadores”, disse Neymar na saída do gramado em Belo Horizonte.

Os lances: no primeiro tempo, Neymar fez um gol batendo de primeira após cruzamento rasteiro e outro em que dominou e tocou no canto de Fábio; no segundo, arrancou para servir Felipe Anderson e depois completou cruzamento de Miralles. Nas outras partidas da noite, os atacantes também foram decisivos.

No Estádio Olímpico, em Porto Alegre, o Grêmio enfrentou muitas dificuldades e só superou a Ponte Preta por 1 a 0, gol de André Lima, aos 45 minutos do segundo tempo, depois de escanteio cobrado da direita. O time gaúcho atuava com 10 jogadores – o lateral-esquerdo Júlio César, que entrou no final do primeiro tempo para substituir Anderson Pico, lesionado, foi expulso no início da etapa final. A equipe de Campinas não mostrou ousadia para aproveitar a vantagem e preferiu tentar administrar o empate que garantia pelo menos um ponto. No final, prevaleceram a tradição e a camisa do clube gaúcho, que venceu na raça.

No Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, Flamengo e Figueirense fizeram una partida muito fraca tecnicamente. No primeiro tempo, o atacante do Figueira, Júlio César, ainda criou algumas oportunidades, barradas por impedimentos duvidosos – em ambas, ele chegou a balançar as redes, mas houve a marcação da arbitragem. No segundo tempo, Dorival Júnior, aos 10, lançou Adryan e Hernane nas vagas de Welinton Bruno e Liedson, e as modificações acabaram surtindo efeito. Aos 26, depois de escanteio cobrado por Renato Abreu da direita, a zaga aliviou no primeiro momento e Hernane acertou um chutaço no ângulo superior direito do goleiro Wilson, que só olhou. Flamengo 1 a 0, placar que não se alterou até o final.

Na pressão em busca do empate, o meia juiz-forano Botti quase empatou a partida. Ele recebeu passe da direita e emendou de primeira, numa meia bicicleta. O goleiro Paulo Victor praticou a defesa mais bonita do jogo, e mandou a escanteio. Virtualmente rebaixado, o time de Florianópolis lançou jogadores ainda com idade da categoria juvenil no segundo tempo, já antecipando mudanças para a próxima temporada. No contra-ataque, o Flamengo quase ampliou com Vágner Love, que fez excelente jogada, ganhou em velocidade do zagueiro que o assediava, e diante do goleiro isolou por cima. “Se houvesse o empate, eu assumiria a culpa, felizmente agora, com o resultado, podemos jogar as rodadas finais mais tranquilos, sem o fantasma da zona do rebaixamento”, declarou Love ao SporTV.

Foto: reprodução site ESPN Brasil

Informações: sites (globoesporte.com, Espn Brasil, Uol) e SporTV

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 FLUMINENSE/RJ  FLUMINENSE/RJ 77 38 22 11 5 61 33 28
2 ATLÉTICO/MG  ATLÉTICO/MG 72 38 20 12 6 64 37 27
3 GRÊMIO/RS  GRÊMIO/RS 71 38 20 11 7 56 33 23
4 SÃO PAULO/SP  SÃO PAULO/SP 66 38 20 6 12 59 37 22
5 VASCO/RJ  VASCO/RJ 58 38 16 10 12 45 44 1
6 CORINTHIANS/SP  CORINTHIANS/SP 57 38 15 12 11 51 39 12
7 BOTAFOGO/RJ  BOTAFOGO/RJ 55 38 15 10 13 60 50 10
8 SANTOS/SP  SANTOS/SP 53 38 13 14 11 50 44 6
9 CRUZEIRO/MG  CRUZEIRO/MG 52 38 15 7 16 47 51 -4
10 INTERNACIONAL/RS  INTERNACIONAL/RS 52 38 13 13 12 44 40 4
11 FLAMENGO/RJ  FLAMENGO/RJ 50 38 12 14 12 39 46 -7
12 NÁUTICO/PE  NÁUTICO/PE 49 38 14 7 17 44 50 -6
13 CORITIBA/PR  CORITIBA/PR 48 38 14 6 18 53 60 -7
14 PONTE PRETA/SP  PONTE PRETA/SP 48 38 12 12 14 37 44 -7
15 BAHIA/BA  BAHIA/BA 47 38 11 14 13 37 41 -4
16 PORTUGUESA/SP  PORTUGUESA/SP 45 38 10 15 13 38 41 -3
17 SPORT/PE  SPORT/PE 41 38 10 11 17 39 56 -17
18 PALMEIRAS/SP  PALMEIRAS/SP 34 38 9 7 22 39 54 -15
19 ATLÉTICO/GO  ATLÉTICO/GO 30 38 7 9 22 37 67 -30
20 FIGUEIRENSE/SC  FIGUEIRENSE/SC 30 38 7 9 22 39 72 -33

Voltar

Uma Resposta to “Fred, Atlético e árbitro absolvidos em julgamento. Vasco sem treinador”

Deixe uma resposta

Notícias


21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

18 jan 2018
Próximo adversário do Tupi, Uberlândia perde em casa. Veja como começou o Estadual

18 jan 2018
Tem de 12 a 16 anos e quer jogar basquete? Sexta é dia de cesta! Olha esse convite da Faefid-UFJF

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse