04 out 2012

Ladeira completa 50 jogos pelo Tupi diante do Santo André



A partida contra o Santo André, neste sábado, 6, às 15h30, no ABC Paulista, será especial para o zagueiro Wesley Ladeira. Ele vai completar 50 jogos com a camisa carijó. Natural de Cataguases, mas criado em Piraúba, foi revelado nas divisões de base do Galo. Com 1,84m de altura, o jogador foi peça importante na conquista do título da Série D, em 2011, e virou titular absoluto da zaga. Com atuações firmes, coberturas precisas, poucos erros e poucas faltas, o defensor, de 26 anos, conquistou a confiança da torcida. Como se não bastasse, ainda costuma deixar sua marca nas redes adversárias.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no esporte de JF? Clique aqui e ouça a nossa rádio web

“Fico feliz de atingir esta marca com a camisa do Tupi podendo ajudar o clube a chegar a seus objetivos. A gente não esperava passar por essa situação. Tomara que a data fique marcada com a vitória, que é o mais importante”, afirma o zagueirão, destacando que o fato de o Tupi ter a terceira melhor defesa do Grupo B motiva e dá ainda mais confiança. “Converso com o Silvio bastante sobre isso. Fiquei analisando a tabela e vi que temos a terceira melhor defesa do grupo. Então, acho que o trabalho está sendo bem feito. A parte defensiva não está deixando a desejar. Vamos forte para esse jogo para não tomarmos gol e, se der, tentar ajudar o ataque”.

Perguntado sobre quais as partidas que lembra com mais carinho, destacou duas: o jogo de volta das oitavas de final da Série D, contra o Volta Redonda. Wesley marcou o segundo gol do Tupi, que perdia por 2 a 1, abrindo espaço para a virada carijó e a classificação. A outra lembrança é do segundo jogo da final contra o Santa Cruz, em Recife, vencido pelo Tupi por 2 a 0.

“Eu estava com 39 graus de febre. Antes da partida, o Ricardo Drubscky me perguntou se dava e eu disse que sim. Cheguei no intervalo debilitado, sentindo muita fraqueza. Mas consegui me recuperar naqueles 15 minutos. Voltei com muita força de vontade para ajudar o grupo e também para não colocar o Adalberto numa fria, entrar frio em um jogo daquele. Deu tudo certo e fomos abençoados com o título”, afirma o jogador.

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 MACAÉ/RJ  MACAÉ/RJ 32 18 9 5 4 33 17 16
2 DUQUE DE CAXIAS/RJ  DUQUE DE CAXIAS/RJ 29 18 9 2 7 22 23 -1
3 CHAPECOENSE/SC  CHAPECOENSE/SC 29 18 8 5 5 24 12 12
4 OESTE/SP  OESTE/SP 29 18 8 5 5 22 19 3
5 CAXIAS/RS  CAXIAS/RS 27 18 8 3 7 23 26 -3
6 BRASILIENSE/DF  BRASILIENSE/DF 23 18 7 2 9 25 29 -4
7 VILA NOVA/GO  VILA NOVA/GO 23 18 6 5 7 27 26 1
8 MADUREIRA/RJ  MADUREIRA/RJ 23 18 6 5 7 17 21 -4
9 SANTO ANDRÉ/SP  SANTO ANDRÉ/SP 18 18 3 9 6 14 22 -8
10 TUPI/MG  TUPI/MG 14 18 3 5 10 13 25 -12

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse