07 jul 2012

Tupi conhece a segunda derrota na Série C: Macaé 4 a 2



O Tupi conheceu a sua segunda derrota consecutiva na Série C do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, 7, o Carijó foi derrotado pelo Macaé por 4 a 2 no Estádio Cláudio Moacyr. William, Wallacer, Douglas e Zambi marcaram para o time da casa. Ademílson e Gedeil (contra) foram os autores dos gols do Carijó. O Alvinegro de Juiz de Fora volta a campo no próximo sábado, 14, quando enfrenta o Madureira, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, o Macaé recebe o Oeste (SP). Com o resultado, o Tupi ocupa a lanterna do Grupo B ao lado do Oeste. As duas equipes ainda não marcaram pontos. Por outro lado, o Macaé o líder com seis pontos em duas partidas, mesma pontuação do Madureira, que perde no saldo de gols.

O Tupi foi a campo com uma formação bem diferente daquela vista na derrota para o Duque de Caxias. O técnico Moacir Júnior surpreendeu ao fazer quatro mudanças. Magalhães entrou no lugar de Michel Loures, que sequer viajou para Macaé. No meio de campo, Assis ganhou a vaga de Caetano e Michel Cury substituiu Henrique. No ataque, Fabinho foi para o banco, com Allan formando dupla com Ademílson.

Com a bola rolando, não deu nem tempo de ver se as mudanças surtiriam efeito. Logo aos sete minutos de jogo, o Macaé abriu o placar. Wallacer cruzou para William, que cabeceou no contrapé de Rodrigo. O gol permitiu que o time da casa adotasse postura mais defensiva, para explorar os contra-ataques. O Tupi bem que tentou chegar à igualdade, mas foram poucas as chances criadas.

Na saída do intervalo, o atacante Ademílson, que não teve boa atuação na primeira etapa, comentou o resultado parcial. “Não era o que a gente esperava. Em uma falha de marcação acabou saindo o gol. Vamos tentar voltar melhor no segundo tempo”, afirmou atacante ao repórter Marco Aurélio, da Rádio Globo.

Segunda etapa de muitos gols

A conversa no vestiário foi positiva para a equipe juiz-forana, que apesar de não ter mudanças na escalação, mostrou um futebol diferente, o que mais tarde o técnico Moacir Júnior chamaria de “postura vitoriosa”. Aos quatro minutos, Alex Travassos cruzou da direita para Ademílson, que tocou de cabeça para deixar tudo igual: 1 a 1.

A alegria da torcida carijó durou pouco. Aos nove minutos, Wesley Ladeira colocou a mão na bola dentro da área para evitar o segundo gol do Alvianil Praiano: pênalti e expulsão. Wallacer cobrou e colocou o Macaé novamente em vantagem. O Tupi não desistiu do jogo e, mesmo com um a menos, pressionou os donos da casa. O gol de empate saiu aos 27 minutos. Alex Travassos cruzou para a área e Gedeil, de cabeça, marcou contra: 2 a 2.

O Tupi até tentou virar a partida, mas deu espaços para o Macaé. Aos 30 minutos, em cobrança de escanteio, o Carijó sofreria novo revés. Douglas aproveitou falha no posicionamento da defesa alvinegra e colocou o Macaé novamente em vantagem: 3 a 2. A equipe juiz-forana insistia em vender caro a derrota, mas o Macaé, aproveitando mais uma vez um contra-ataque, conseguiu ampliar aos 41. Jones cruzou para a área, Assis se enrolou para a bola, e Zambi marcou o quarto do Alvianil Praiano – o terceiro na Série C – dando números finais ao jogo.

Moacir destaca comprometimento da equipe

Após a partida, o técnico Moacir Júnior concedeu entrevista à Rádio Globo, quando analisou a derrota diante do Macaé: “A ligação que eu tenho com o Tupi é de time vencedor. Hoje, lutamos muito para resgatar isso. Na primeira etapa, a atitude não agradou. Reposicionamos a equipe para o segundo tempo e tomamos conta do jogo. Quando era para fazer a virada e conseguir a reabilitação, teve o pênalti, a expulsão… Mesmo assim a equipe foi lá e buscou, mas acabou levando um gol de cabeça. É um momento difícil. O comprometimento da equipe foi de reabilitação, mas isso não aconteceu”, relatou o treinador.

Ficha técnica
Macaé 4 X 2 Tupi
Data/Hora: 07/07/2012 – 16h
Local: Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo
Público: 262 pagantes (562 presentes)
Renda: R$ 3.620,00
Árbitro: Devarly Lira do Rosário (ES)
Auxiliares: Edson Glicério dos Santos (ES) e Fábio Faustino dosSantos (ES)
Cartão amarelo: Léo Salino (TUP)
Cartão vermelho: Wesley Ladeira (TUP), aos 7’2ºT
Gols: William, 7’1ºT (1 x 0); Ademilson,4’2ºT (1 x 1); Wallacer, 9’2ºT (2 x 1); Gedeil (contra), 27’2ºT (2 x 2);Douglas Assis, 30’2ºT (3 x 2) e Zambi, 42’2ºT (4 x 2)
Macaé: Luis Henrique; Edson, Ramon, Douglas Assis e Elton;Gedeil, Wagner, Norton (Marcus Vinicius, 37’2ºT) e Wallacer (Bruno Barra, 42’2ºT);Zambi e William. Técnico: Toninho Andrade.
Tupi: Rodrigo; Alex (Henrique, 32’2ºT), Wesley Ladeira,Silvio e Magalhães; Assis, Léo Salino, George e Michel Cury (Fabinho, 19’2ºT);Allan (Cassiano, 42’2ºT) e Ademilson. Técnico: Moacyr Júnior.

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 MACAÉ/RJ  MACAÉ/RJ 32 18 9 5 4 33 17 16
2 DUQUE DE CAXIAS/RJ  DUQUE DE CAXIAS/RJ 29 18 9 2 7 22 23 -1
3 CHAPECOENSE/SC  CHAPECOENSE/SC 29 18 8 5 5 24 12 12
4 OESTE/SP  OESTE/SP 29 18 8 5 5 22 19 3
5 CAXIAS/RS  CAXIAS/RS 27 18 8 3 7 23 26 -3
6 BRASILIENSE/DF  BRASILIENSE/DF 23 18 7 2 9 25 29 -4
7 VILA NOVA/GO  VILA NOVA/GO 23 18 6 5 7 27 26 1
8 MADUREIRA/RJ  MADUREIRA/RJ 23 18 6 5 7 17 21 -4
9 SANTO ANDRÉ/SP  SANTO ANDRÉ/SP 18 18 3 9 6 14 22 -8
10 TUPI/MG  TUPI/MG 14 18 3 5 10 13 25 -12

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

11 fev 2018
Tupi termina a rodada em nono. Leão e jogadores destacam entrega

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse