07 jul 2012

Tupi conhece a segunda derrota na Série C: Macaé 4 a 2



O Tupi conheceu a sua segunda derrota consecutiva na Série C do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, 7, o Carijó foi derrotado pelo Macaé por 4 a 2 no Estádio Cláudio Moacyr. William, Wallacer, Douglas e Zambi marcaram para o time da casa. Ademílson e Gedeil (contra) foram os autores dos gols do Carijó. O Alvinegro de Juiz de Fora volta a campo no próximo sábado, 14, quando enfrenta o Madureira, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, o Macaé recebe o Oeste (SP). Com o resultado, o Tupi ocupa a lanterna do Grupo B ao lado do Oeste. As duas equipes ainda não marcaram pontos. Por outro lado, o Macaé o líder com seis pontos em duas partidas, mesma pontuação do Madureira, que perde no saldo de gols.

O Tupi foi a campo com uma formação bem diferente daquela vista na derrota para o Duque de Caxias. O técnico Moacir Júnior surpreendeu ao fazer quatro mudanças. Magalhães entrou no lugar de Michel Loures, que sequer viajou para Macaé. No meio de campo, Assis ganhou a vaga de Caetano e Michel Cury substituiu Henrique. No ataque, Fabinho foi para o banco, com Allan formando dupla com Ademílson.

Com a bola rolando, não deu nem tempo de ver se as mudanças surtiriam efeito. Logo aos sete minutos de jogo, o Macaé abriu o placar. Wallacer cruzou para William, que cabeceou no contrapé de Rodrigo. O gol permitiu que o time da casa adotasse postura mais defensiva, para explorar os contra-ataques. O Tupi bem que tentou chegar à igualdade, mas foram poucas as chances criadas.

Na saída do intervalo, o atacante Ademílson, que não teve boa atuação na primeira etapa, comentou o resultado parcial. “Não era o que a gente esperava. Em uma falha de marcação acabou saindo o gol. Vamos tentar voltar melhor no segundo tempo”, afirmou atacante ao repórter Marco Aurélio, da Rádio Globo.

Segunda etapa de muitos gols

A conversa no vestiário foi positiva para a equipe juiz-forana, que apesar de não ter mudanças na escalação, mostrou um futebol diferente, o que mais tarde o técnico Moacir Júnior chamaria de “postura vitoriosa”. Aos quatro minutos, Alex Travassos cruzou da direita para Ademílson, que tocou de cabeça para deixar tudo igual: 1 a 1.

A alegria da torcida carijó durou pouco. Aos nove minutos, Wesley Ladeira colocou a mão na bola dentro da área para evitar o segundo gol do Alvianil Praiano: pênalti e expulsão. Wallacer cobrou e colocou o Macaé novamente em vantagem. O Tupi não desistiu do jogo e, mesmo com um a menos, pressionou os donos da casa. O gol de empate saiu aos 27 minutos. Alex Travassos cruzou para a área e Gedeil, de cabeça, marcou contra: 2 a 2.

O Tupi até tentou virar a partida, mas deu espaços para o Macaé. Aos 30 minutos, em cobrança de escanteio, o Carijó sofreria novo revés. Douglas aproveitou falha no posicionamento da defesa alvinegra e colocou o Macaé novamente em vantagem: 3 a 2. A equipe juiz-forana insistia em vender caro a derrota, mas o Macaé, aproveitando mais uma vez um contra-ataque, conseguiu ampliar aos 41. Jones cruzou para a área, Assis se enrolou para a bola, e Zambi marcou o quarto do Alvianil Praiano – o terceiro na Série C – dando números finais ao jogo.

Moacir destaca comprometimento da equipe

Após a partida, o técnico Moacir Júnior concedeu entrevista à Rádio Globo, quando analisou a derrota diante do Macaé: “A ligação que eu tenho com o Tupi é de time vencedor. Hoje, lutamos muito para resgatar isso. Na primeira etapa, a atitude não agradou. Reposicionamos a equipe para o segundo tempo e tomamos conta do jogo. Quando era para fazer a virada e conseguir a reabilitação, teve o pênalti, a expulsão… Mesmo assim a equipe foi lá e buscou, mas acabou levando um gol de cabeça. É um momento difícil. O comprometimento da equipe foi de reabilitação, mas isso não aconteceu”, relatou o treinador.

Ficha técnica
Macaé 4 X 2 Tupi
Data/Hora: 07/07/2012 – 16h
Local: Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo
Público: 262 pagantes (562 presentes)
Renda: R$ 3.620,00
Árbitro: Devarly Lira do Rosário (ES)
Auxiliares: Edson Glicério dos Santos (ES) e Fábio Faustino dosSantos (ES)
Cartão amarelo: Léo Salino (TUP)
Cartão vermelho: Wesley Ladeira (TUP), aos 7’2ºT
Gols: William, 7’1ºT (1 x 0); Ademilson,4’2ºT (1 x 1); Wallacer, 9’2ºT (2 x 1); Gedeil (contra), 27’2ºT (2 x 2);Douglas Assis, 30’2ºT (3 x 2) e Zambi, 42’2ºT (4 x 2)
Macaé: Luis Henrique; Edson, Ramon, Douglas Assis e Elton;Gedeil, Wagner, Norton (Marcus Vinicius, 37’2ºT) e Wallacer (Bruno Barra, 42’2ºT);Zambi e William. Técnico: Toninho Andrade.
Tupi: Rodrigo; Alex (Henrique, 32’2ºT), Wesley Ladeira,Silvio e Magalhães; Assis, Léo Salino, George e Michel Cury (Fabinho, 19’2ºT);Allan (Cassiano, 42’2ºT) e Ademilson. Técnico: Moacyr Júnior.

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 MACAÉ/RJ  MACAÉ/RJ 32 18 9 5 4 33 17 16
2 DUQUE DE CAXIAS/RJ  DUQUE DE CAXIAS/RJ 29 18 9 2 7 22 23 -1
3 CHAPECOENSE/SC  CHAPECOENSE/SC 29 18 8 5 5 24 12 12
4 OESTE/SP  OESTE/SP 29 18 8 5 5 22 19 3
5 CAXIAS/RS  CAXIAS/RS 27 18 8 3 7 23 26 -3
6 BRASILIENSE/DF  BRASILIENSE/DF 23 18 7 2 9 25 29 -4
7 VILA NOVA/GO  VILA NOVA/GO 23 18 6 5 7 27 26 1
8 MADUREIRA/RJ  MADUREIRA/RJ 23 18 6 5 7 17 21 -4
9 SANTO ANDRÉ/SP  SANTO ANDRÉ/SP 18 18 3 9 6 14 22 -8
10 TUPI/MG  TUPI/MG 14 18 3 5 10 13 25 -12

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

23 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 6

21 abr 2018
Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe

19 abr 2018
Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.