14 maio 2012

Flu conquista 31º título carioca. Em SP, Santos é tri. Confira todos os campeões estaduais



O Fluminense conquistou o seu 31º título carioca ao derrotar, neste domingo, 13 de maio, o Botafogo, por1 a0. O time das Laranjeiras até poderia perder para ficar com o caneco, já que havia vencido o primeiro duelo por4 a1. Mas, não quis saber de jogar pelo empate e conquistou o título com nova vitória.Rafael Mouramarcou o único gol do jogo.

Com a vantagem obtida na primeira partida, o técnico Abel Braga definiu a tática do contra-ataque para conseguir conquistar o tão esperado título do Campeonato Carioca de 2012. Nem mesmo a ausência de Fred e a saída de Deco desanimaram a equipe, que se mantiveram obedientes taticamente e lutaram pelo objetivo maior. Com a defesa sólida, o meio de campo compacto e utilizando a velocidade de seus atacantes, o Tricolor conseguiu segurar a pressão inicial e foi para o vestiário empatando em0 a0.

Durante o intervalo, Abelão conversou com os jogadores e ajustou pequenos detalhes. Os ajustes de Abel surtiram efeito logo aos 17 minutos, quandoRafael Mouraaproveitou uma boa jogada de Carlinhos e fez a torcida explodir em alegria ao abrir o placar da grande decisão.

Com o gol de He-Man e com os gritos de “É Campeão” já vindo das arquibancadas, os jogadores sabiam em campo que precisavam apenas manter a calma e trocar passes para esperar o tempo passar e poder dar a tão esperada volta olímpica. No apito final do juiz, o Fluminense enfim pôde desfrutar de todos os bons frutos colhidos após meses de muita dedicação e trabalho.

O 31º título do Campeonato Carioca motivou ainda mais a equipe para seguir firme na busca da conquista inédita da Libertadores. O próximo desafio dos campeões do Rio será na próxima quinta-feira (17/05), em La Bombonera, diante do Boca Juniors, pelas quartas de final da competição.

  Veja fotos da festa tricolor (Fotos: Wilson de Carvalho)

Em São Paulo, quem dá bola é o Santos

Quem hoje ouve dos pais e avós relatos sobre o Santos de Pelé terá a obrigação de, no futuro, contar aos filhos e netos histórias do Santos de Neymar. História que ganhou novo capítulo neste 13 de maio de 2012, quando o Peixe venceu por 4 a 2 o Guarani e conquistou o tricampeonato paulista consecutivo. Feito que ninguém havia sido capaz de alcançar desde o Santos de Pelé, em 1967, 68 e 69.

A equipe pisou o gramado do Morumbi já “campeã”. Só uma catastrófica derrota por três gols de diferença levaria a decisão para os pênaltis. As pouco mais de 53 mil pessoas na arquibancada já comemoravam.

Início com um gol a cada quatro minutos: Alan Kardec, Fabinho, Neymar e Bruno Mendes. No primeiro quarto do jogo, o placar já mostrava 2 a 2. Outras tantas chances foram desperdiçadas.

Segundo tempo com mais cara de final. Equipes desgastadas, precavidas e chances de gol raras. A cada minuto no relógio, o torcedor alargava o sorriso e ensaiava as dancinhas para acompanhar Neymar e companhia na celebração do título. E o Guarani, apesar das ordens de Vadão para avançar, substituia o ímpeto de tentar o milagre de três gols pelo orgulho de voltar a figurar numa final de Campeonato Paulista.

O ritmo de jogo era ditado pelos santistas e a ordem de Muricy Ramalho muito clara: manter a posse de bola, que até então ficara mais com o adversário. Parecia atormentar a cabeça dos bugrinos a impressão de que o último fio de esperança ficou nas chances perdidas dentro da grande área, no primeiro tempo.

Quem queria ver o duelo entre Neymar e Domingos foi atendido. E ambos foram fiéis ao que esperavam deles. Primeiro o zagueiro, malandro, deixou sua mão acertar o rosto do atacante. Depois deu o famoso chega pra lá na costela do rival. Por fim, não aliviou no embate corporal e deixou Neymar no chão.

É preciso fazer justiça a Domingos. Não foi maldoso, não foi desleal. Fez um belo campeonato. E é preciso fazer justiça a Neymar, que também respondeu da forma que melhor lhe cabe. Iniciando a jogada, posicionando-se na área enquanto Juan driblava e rolava para trás, recebendo e batendo com força, convicção e talento: o gol número 108 com a camisa do Santos. O vigésimo no Paulistão: artilheiro da competição. O 27º gol em 24 jogos em 2012. Alan Kardec, nos acréscimos, ainda pedalou antes de driblar Emerson, fazer o chamado “gol do título” e levou ao delírio a maior parte dos 53.749 pagantes no Morumbi.

Campeões pelo Brasil

Campeonato Paulista 2012: (Final – jogo de volta)

Santos 4 x 2 Guarani

– Santos é tricampeão paulista.

Campeonato Paulista Série A3 2012: (Final – jogo de ida)

Grêmio Osasco 0 x 0 Rio Branco-SP

Campeonato Paulista Segunda Divisão 2012: (Primeira fase – 2ª rodada)

Grêmio Prudente 2 x 3 Tanabi

Araçatuba 2 x 0 Fernandópolis

Votuporanguense 2 x 1 Tupã

Matonense 0 x 1 José Bonifácio

Novorizontino 2 x 0 Olímpia-SP

Taquaritinga 0 x 1 Jaboticabal

Pirassununguense 0 x 1 Guariba

Radium 1 x 1 Américo

Elosport 1 x 1 Primavera

Desportivo Brasil 2 x 1 Sumaré

SC Barueri 4 x 2 Osasco

Manthiqueira 0 x 0 Joseense

Jabaquara 2 x 1 São Vicente

Campeonato Carioca 2012: (Final – jogo de volta)

Botafogo 0 x 1 Fluminense

– Fluminense é o campeão carioca de 2012.

Campeonato Carioca Série B 2012: (Segunda fase – 2ª rodada)

Artsul 0 x 2 Sampaio Corrêa-RJ

Tigres 1 x 2 São João da Barra

Campeonato Mineiro 2012: (Final – jogo de volta)

Atlético-MG 3 x 0 América-MG

– Atlético-MG é o campeão mineiro de 2012.

Campeonato Gaúcho 2012: (Final – jogo de volta)

Internacional 2 x 1 Caxias

– Internacional é bicampeão gaúcho.

Campeonato Paranaense 2012: (Final – jogo de volta)

Coritiba 0 (5) x 0(4) Atlético-PR – decisão nos pênaltis

– Coritiba é tricampeão paranaense.

Campeonato Paranaense Série B 2012: (Primeiro turno – 3ª rodada)

Serrano-PR 1 x 0 Nacional-PR

Cascavel 2 x 2 Junior Team

Foz do Iguaçu 6 x 1 Grecal

Campeonato Catarinense 2012: (Final – jogo de volta)

Figueirense 1 x 2 Avaí

– Avaí é o campeão catarinense de 2012.

Campeonato Baiano 2012: (Final – jogo de volta)

Bahia 3 x 3 Vitória

– Bahia é o campeão baiano de 2012.

Campeonato Pernambucano 2012: (Final – jogo de volta)

Sport 2 x 3 Santa Cruz

– Santa Cruz é bicampeão pernambucano.

Campeonato Cearense 2012: (Final – jogo de volta)

Ceará 1 x 1 Fortaleza

– Ceará é bicampeão cearense.

Campeonato Goiano 2012: (Final – jogo de volta)

Goiás 1 x 1 Atlético-GO

– Goiás é o campeão goiano de 2012.

Campeonato Brasiliense 2012: (Final – jogo de ida)

Luziânia 0 x 1 Ceilândia

Campeonato Capixaba Série B 2012: (Primeira fase – 9ª rodada)

Tupy-ES 1 x 1 Castelo

Vilavelhense 4 x 1 ES de Marilândia

Campeonato Paraense 2012: (Final – jogo de volta)

Remo 2 x 2 Cametá

– Cametá é o campeão paraense de 2012.

Campeonato Paraibano 2012: (Final – jogo de volta)

Campinense 4 x 0 Sousa

– Campinense é o campeão paraibano de 2012.

Campeonato Sergipano 2012: (Taça Estado de Sergipe – Final – jogo de volta)

Confiança 3 (3) x 3(1) São Domingos – decisão nos pênaltis

– Confiança é campeão do segundo turno e enfrenta o Itabaiana, campeão do primeiro turno, na grande final.

Campeonato Rondoniense 2012: (Primeira fase – 11ª rodada)

Rolim de Moura 1 x 2 Ji-Paraná

Ariquemes 0 x 0 Vilhena

Espigão 2 x 1 Moto

Campeonato Acreano 2012: (Primeira fase – 20ª rodada)

Alto Acre 0 x 2 Independência

Andirá 1 x 3 Atlético-AC

Plácido de Castro 1 x 6 Rio Branco-AC

– Rio Branco, Independência, Atlético-AC e Plácido de Castro são semifinalistas.

Campeonato Amapaense 2012: (Primeiro turno – 3ª rodada)

São José-AP 0 x 0 Ypiranga-AP

Textos com informações do site oficial do Fluminense e do site www.globoesporte.com


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.