08 mar 2012

UFJF perde para Cimed e convoca torcida



Florianópolis (SC), 8 de março de 2012

Em jogo realizado na noite desta quarta-feira, 7, em Florianópolis, a UFJF foi derrotada pela Cimed por 3 sets a 0 (parciais de 25×15, 26×24 e 25×17). A partida só foi equilibrada no segundo set. Nos demais, o saque do adversário fez a diferença, com vários aces e bolas complicadas para defesa da Federal, principalmente quando Éder ia para o serviço. Na próxima rodada, no sábado (10), a UFJF enfrenta o Vivo/Minas, na sua despedida desta edição da Superliga, em grande festa marcada para a Arena “Eu sou UFJF”, no ginásio do Tupynambás.

No sábado, 10, o Toque de Bola vai transmitir UFJF x Vivo Minas a partir de 15h, em áudio. O Portal vai realizar, antes do jogo, no próprio ginásio do Tupynambás, a entrega de duas camisas, uma oficial, da equipe da UFJF, na cor branca, e uma camisa “Sou UFJF”, autografada pelos atletas. As camisas foram sorteadas em promoções do Portal, em parceria com a GSport e a ETC Comunicação.

  Veja, na barra de rolagem do canal de TV do Toque de Bola, no “Arquivo de Matérias”, entrevista exclusiva feita com Renan, ex-jogador da seleção brasileira e gestor do voleibol da Cimed (entrevista feita antes do jogo do turno entre as duas equipes, em JF)

O técnico Mauricio Bara avaliou que a equipe jogou muito abaixo do seu potencial e, por conta disso, o gosto da derrota acabou sendo ainda mais amargo. “Esperamos mudar completamente este panorama para nos despedirmos dignamente no sábado diante da nossa torcida, que merece todo o nosso empenho”, afirmou Bara.

O jogo

A Cimed começou o jogo forçando muito o saque, com grande passagem de João Paulo e aces de Éder. No primeiro tempo técnico, a vantagem já era de 8×4, que foi ampliada para 16×7 na segunda parada regulamentar. A Federal não mais se encontrou no set, que foi encerrado após erro de saque de Gelinski em 25×15.

No segundo set, a UFJF começou ligada e conseguiu fechar o primeiro tempo técnico em 8×4, com destaque para a atuação de Clinty. O bloqueio e o saque juiz-forano também entraram no jogo. Com ace de Baroni, no fundo da quadra, o time chegou ao segundo tempo técnico com 16×13. Porém, mais uma vez no saque de Éder, a Cimed virou em 19×18. As equipes se revezaram no placar até o placar de 24×24, quando o time catarinense se aproveitou de erro de saque não forçado de Diego e de bloqueio em bola de Hage para fechar em 26×24.

O equilíbrio do segundo set não se repetiu já no início do set final. A Cimed chegou ao primeiro tempo técnico com vantagem de 8×5. O saque da Federal não entrou e facilitou o passe adversário. Em bola de Gustavo no meio, a Cimed fechou o segundo tempo técnico com 16×11. A diferença chegou a 19×12, com o time local explorando erros da Federal. Em bola de Caio, o set foi encerrado em 25×17 e o jogo em 3 sets a 0.

A UFJF entrou em quadra com Danilo Gelinski, Clinty, Hage, Diego, Sequela, Baroni e Caporal (líbero). Na próxima rodada, a última da fase classificatória da Superliga, a equipe enfrenta o Vivo/Minas, às 15h30, na Arena “Eu sou UFJF”. Para este jogo, está sendo preparada uma grande festa em retribuição ao grande apoio da torcida na competição. A programação pré-jogo, com várias surpresas, começará às 14h30.

Os ingressos estão sendo vendidos nas lojas Vanille e na ETC Comunicação (Shopping Bom Pastor). Também haverá vendo no ginásio no dia da partida, a partir das 14h. Os preços são R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Veja a estatítica do jogo

Estatística Cimed x UFJF

Confira a classificação da Superliga 2011/2012

Classificação Superliga

CBV divulga os melhores da 10ª rodada

Na décima rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 11/12, o Sada Cruzeiro (MG) venceu o RJX (RJ) por 3 sets a 0, na quarta-feira, 7,  garantiu o primeiro lugar na fase classificatória e contou com noite inspirada do ponteiro Filipe. Além ser eleito o melhor jogador do confronto e maior pontuador, com 15 acertos, Filipe foi considerado, ainda, o melhor jogador da rodada. O atacante foi o primeiro no ataque, o segundo na recepção, o quarto no saque e o sétimo no bloqueio.

Já o oposto Lorena, do Vôlei Futuro (SP), foi o maior pontuador da rodada. Ele marcou 25 pontos, mas, mesmo assim, seu time foi derrotado pelo Sesi-SP, por 3 sets a 2. O ponteiro Bob, também do time de Araçatuba (SP), foi o melhor na defesa.

O time da Cimed/SKY (SC) teve dois jogadores entre os destaques da rodada. O central Éder foi o melhor no saque e o líbero Thales foi o mais eficiente na recepção e, ainda, o melhor entre os jogadores da sua posição.

O BMG/Montes Claros (MG) perdeu para o BMG/São Bernardo (SP), por 3 sets a 1, mas o central Silêncio teve o melhor bloqueio da rodada. E o levantador Rodriguinho, da Medley/Campinas (SP), foi o melhor jogador da sua posição após a vitória do time campineiro para o Londrina/Sercomtel (PR), por 3 sets a 1.

MELHOR JOGADOR: Filipe (Sada Cruzeiro) – primeiro no ataque, segundo na recepção, quarto no saque e sétimo no bloqueio

MAIOR PONTUADOR: Lorena (Vôlei Futuro), com 25 pontos

MELHORES

Ataque: Filipe (Sada Cruzeiro)
Bloqueio: Silêncio (BMG/Montes Claros)
Saque: Eder (Cimed/SKY)
Defesa: Bob (Vôlei Futuro)
Levantamento: Rodriguinho (Medley/Campinas)
Recepção: Thales (Cimed/SKY)
Líbero: Thales (Cimed/SKY)

 Texto e foto: ETC e CBV


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse