08 mar 2012

UFJF perde para Cimed e convoca torcida



Florianópolis (SC), 8 de março de 2012

Em jogo realizado na noite desta quarta-feira, 7, em Florianópolis, a UFJF foi derrotada pela Cimed por 3 sets a 0 (parciais de 25×15, 26×24 e 25×17). A partida só foi equilibrada no segundo set. Nos demais, o saque do adversário fez a diferença, com vários aces e bolas complicadas para defesa da Federal, principalmente quando Éder ia para o serviço. Na próxima rodada, no sábado (10), a UFJF enfrenta o Vivo/Minas, na sua despedida desta edição da Superliga, em grande festa marcada para a Arena “Eu sou UFJF”, no ginásio do Tupynambás.

No sábado, 10, o Toque de Bola vai transmitir UFJF x Vivo Minas a partir de 15h, em áudio. O Portal vai realizar, antes do jogo, no próprio ginásio do Tupynambás, a entrega de duas camisas, uma oficial, da equipe da UFJF, na cor branca, e uma camisa “Sou UFJF”, autografada pelos atletas. As camisas foram sorteadas em promoções do Portal, em parceria com a GSport e a ETC Comunicação.

  Veja, na barra de rolagem do canal de TV do Toque de Bola, no “Arquivo de Matérias”, entrevista exclusiva feita com Renan, ex-jogador da seleção brasileira e gestor do voleibol da Cimed (entrevista feita antes do jogo do turno entre as duas equipes, em JF)

O técnico Mauricio Bara avaliou que a equipe jogou muito abaixo do seu potencial e, por conta disso, o gosto da derrota acabou sendo ainda mais amargo. “Esperamos mudar completamente este panorama para nos despedirmos dignamente no sábado diante da nossa torcida, que merece todo o nosso empenho”, afirmou Bara.

O jogo

A Cimed começou o jogo forçando muito o saque, com grande passagem de João Paulo e aces de Éder. No primeiro tempo técnico, a vantagem já era de 8×4, que foi ampliada para 16×7 na segunda parada regulamentar. A Federal não mais se encontrou no set, que foi encerrado após erro de saque de Gelinski em 25×15.

No segundo set, a UFJF começou ligada e conseguiu fechar o primeiro tempo técnico em 8×4, com destaque para a atuação de Clinty. O bloqueio e o saque juiz-forano também entraram no jogo. Com ace de Baroni, no fundo da quadra, o time chegou ao segundo tempo técnico com 16×13. Porém, mais uma vez no saque de Éder, a Cimed virou em 19×18. As equipes se revezaram no placar até o placar de 24×24, quando o time catarinense se aproveitou de erro de saque não forçado de Diego e de bloqueio em bola de Hage para fechar em 26×24.

O equilíbrio do segundo set não se repetiu já no início do set final. A Cimed chegou ao primeiro tempo técnico com vantagem de 8×5. O saque da Federal não entrou e facilitou o passe adversário. Em bola de Gustavo no meio, a Cimed fechou o segundo tempo técnico com 16×11. A diferença chegou a 19×12, com o time local explorando erros da Federal. Em bola de Caio, o set foi encerrado em 25×17 e o jogo em 3 sets a 0.

A UFJF entrou em quadra com Danilo Gelinski, Clinty, Hage, Diego, Sequela, Baroni e Caporal (líbero). Na próxima rodada, a última da fase classificatória da Superliga, a equipe enfrenta o Vivo/Minas, às 15h30, na Arena “Eu sou UFJF”. Para este jogo, está sendo preparada uma grande festa em retribuição ao grande apoio da torcida na competição. A programação pré-jogo, com várias surpresas, começará às 14h30.

Os ingressos estão sendo vendidos nas lojas Vanille e na ETC Comunicação (Shopping Bom Pastor). Também haverá vendo no ginásio no dia da partida, a partir das 14h. Os preços são R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Veja a estatítica do jogo

Estatística Cimed x UFJF

Confira a classificação da Superliga 2011/2012

Classificação Superliga

CBV divulga os melhores da 10ª rodada

Na décima rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 11/12, o Sada Cruzeiro (MG) venceu o RJX (RJ) por 3 sets a 0, na quarta-feira, 7,  garantiu o primeiro lugar na fase classificatória e contou com noite inspirada do ponteiro Filipe. Além ser eleito o melhor jogador do confronto e maior pontuador, com 15 acertos, Filipe foi considerado, ainda, o melhor jogador da rodada. O atacante foi o primeiro no ataque, o segundo na recepção, o quarto no saque e o sétimo no bloqueio.

Já o oposto Lorena, do Vôlei Futuro (SP), foi o maior pontuador da rodada. Ele marcou 25 pontos, mas, mesmo assim, seu time foi derrotado pelo Sesi-SP, por 3 sets a 2. O ponteiro Bob, também do time de Araçatuba (SP), foi o melhor na defesa.

O time da Cimed/SKY (SC) teve dois jogadores entre os destaques da rodada. O central Éder foi o melhor no saque e o líbero Thales foi o mais eficiente na recepção e, ainda, o melhor entre os jogadores da sua posição.

O BMG/Montes Claros (MG) perdeu para o BMG/São Bernardo (SP), por 3 sets a 1, mas o central Silêncio teve o melhor bloqueio da rodada. E o levantador Rodriguinho, da Medley/Campinas (SP), foi o melhor jogador da sua posição após a vitória do time campineiro para o Londrina/Sercomtel (PR), por 3 sets a 1.

MELHOR JOGADOR: Filipe (Sada Cruzeiro) – primeiro no ataque, segundo na recepção, quarto no saque e sétimo no bloqueio

MAIOR PONTUADOR: Lorena (Vôlei Futuro), com 25 pontos

MELHORES

Ataque: Filipe (Sada Cruzeiro)
Bloqueio: Silêncio (BMG/Montes Claros)
Saque: Eder (Cimed/SKY)
Defesa: Bob (Vôlei Futuro)
Levantamento: Rodriguinho (Medley/Campinas)
Recepção: Thales (Cimed/SKY)
Líbero: Thales (Cimed/SKY)

 Texto e foto: ETC e CBV


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.