12 fev 2012

UFJF perde por 3 a 0 para o RJX pela Superliga no Maracanãzinho



Rio de Janeiro (RJ), 12 de fevereiro de 2012 

Em um jogo onde só houve equilíbrio no terceiro set, a UFJF perdeu para o RJX por 3×0 neste sábado (parciais de 25×17, 25×15 e 25×22), no Maracanãzinho, pela 6ª rodada do returno da Superliga. A Federal enfrentou dificuldades durante toda a partida, sobretudo na recepção do saque forte imposto pelo adversário e no trabalho eficiente do levantador Marlon, eleito o melhor do jogo. A equipe agora enfrentará o BMG São Bernardo na próxima quinta-feira, em São Bernardo do Campo.

Veja, abaixo, as estatísticas da partida (fonte: CBV)

RJX x UFJF – 11022012

Leia também:  UFJF perde por 3 sets a 2 para Volta Redonda, depois de virar para 2 a 1

Veja em nosso canal de TV matérias especiais, entrevistas exclusivas e ampla cobertura da Superliga. É só clicar em “Arquivos Toque TV” e “Veja todas as matérias”.

 

 Veja, abaixo, a classificação da Superliga, já considerando todos os resultados da rodada encerrada sábado:

Classificação Superliga – 12022012

De acordo com o técnico Maurício Bara, a pressão do RJX foi grande e isso dificultou: “O saque deles foi espetacular, aliado ao bom passe e à pressão, que dificultaram nossas viradas de bola”. O capitão Digão acredita que a UFJF demorou a entrar no ritmo: “Acho que eles entraram num ritmo forte, sacando bem e nós demoramos para entrar no ritmo deles. Só no terceiro set conseguimos equilibrar”.

O central Jardel também falou sobre o jogo. “Eu nunca entro em quadra para perder, mas foi uma festa bonita. O RJX está reencontrando o povo apaixonado pelo vôlei. Hoje, nosso time jogou muito mal, talvez a pior partida na Superliga, mas temos que manter a cabeça boa para tirar o time dessa posição que se encontra”, declarou Jardel.

O vôlei da UFJF tem patrocínio de Rodoviário Camilo dos Santos e apoio de Gsport, Ortra, Victory Suítes e Cesama.

O Jogo

UFJF começa o primeiro set dominando e abrindo três pontos de vantagem. Mas após essa boa fase inicial, a UFJF cometeu erros que fizeram com que o RJX fechasse o primeiro tempo técnico em 8X5, em ataque para fora de Pedrinho. O time local ganhou ritmo e, no segundo tempo técnico, ampliou a diferença para oito pontos. A UFJF ainda esboçou uma reação, mas a desvantagem já era grande. Com 24 minutos, o RJX venceu por 25X17.

No segundo set, mesmo com a boa atuação de Jardel no ataque, o RJX fechou o primeiro tempo técnico em 8X3. Pedrinho e Jardel foram protagonistas de pontos importantes para a Federal, mas – como no primeiro set – a equipe carioca logo abriu grande frente, principalmente após boa sequência de saque de Riad. O set terminou em 25×15, após saque de Ualas.

A UFJF entra no 3º set com gás redobrado. Rapidamente abriu vantagem de 4X0, após ace de Brasília. Pela primeira vez no jogo, a Federal fechou o primeiro tempo técnico na frente, 8X5. A partir daí o RJX conseguiu encostar. O placar permaneceu igual até 10×10. A experiência de Dante, da Seleção Brasileira, faz com que o time do Rio virasse e fechasse o segundo tempo técnico em 16X12. A UFJF continuou jogando forte, mas o RJX não abriu a guarda, administrando a vantagem até fechar em 25X22.

A UFJF iniciou em quadra com Danilo, Clinty, Pedrinho, Hage, Jardel, Diego e Baroni (líbero). Durante o jogo, entraram Brasília, Léo e Digão.

Passagem por Juiz de Fora

O elenco da UFJF volta para casa depois do jogo. Mas já na terça-feira embarca para São Bernardo (SP), onde enfrenta o time local na quinta-feira, 16, às 19h. A próxima partida da UFJF em Juiz de Fora será sábado, 25, contra o Londrina.

Leia também:  UFJF perde por 3 sets a 2 para Volta Redonda, depois de virar para 2 a 1

Veja em nosso canal de TV matérias especiais, entrevistas exclusivas e ampla cobertura da Superliga. É só clicar em “Arquivos Toque TV” e “Veja todas as matérias”.

 

Sesi leva susto mas reassume liderança

O Sesi-SP levou um susto, mas venceu o Londrina/Sercomtel (PR), neste SÁBADO (11.02), por 3 sets a 1 (25/21, 22/25, 25/19 e 28/26), em 1h54 de jogo pela quinta rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 11/12. A equipe da Vila Leopoldina jogou em casa e, com apoio da torcida, garantiu o resultado que a recolocou no topo da tabela, com 37 pontos.

O jovem ponteiro do Sesi-SP, Japa, foi um dos principais destaques da partida e saiu de quadra com o Troféu VivaVôlei. E, mesmo com a derrota do Londrina/Sercomtel, o oposto Caio foi o maior pontuador do confronto deste sábado, com 19 acertos.

Ao falar sobre o partida, o central do Sesi-SP e da seleção brasileira, Sidão, que marcou sete pontos nesta noite, afirmou que a dificuldade encontrada pela equipe paulista já era esperada.

“Sabíamos que seria um jogo difícil, pois o Londrina/Sercomtel é o último colocado e o time que está nessa situação normalmente joga sem grande responsabilidade. Isso sempre é muito perigoso. Acabamos surpreendidos, mas foi importante ter conseguido a vitória”, disse Sidão, que alertou em relação a alguns pontos que, segundo ele, precisam melhorar.

“Ainda não conseguimos jogar do jeito que gostaríamos. Hoje tivemos muitos momentos de oscilação e sabemos que isso tem que ser corrigido para as próximas partidas, já pensando no play-off”, afirmou Sidão.

Na próxima rodada, o Sesi-SP irá ao interior de São Paulo (SP) enfrentar a Medley/Campinas (SP), na QUARTA-FEIRA (15.02), às 18h45, no ginásio Taquaral. A partida, que terá transmissão ao vivo do canal Sportv, também preocupa o central do Sesi-SP.

“Já temos que pensar no jogo contra a Medley/Campinas, que vai ser mais um bem difícil. Eles estão em uma crescente e temos alguns dias para trabalhar e buscar os três pontos que são cada vez mais importantes”, explicou Sidão.

Já o Londrina/Sercomtel receberá o Volta Redonda (RJ) na QUINTA-FEIRA (16.02), às 20h, no ginásio Moringão, em Londrina (PR).

 Sada Cruzeiro e BMG/São Bernardo também vencem

O Sada Cruzeiro (MG) recebeu a Medley/Campinas (SP) e não teve dificuldades para vencer por 3 sets a 0 (25/23, 25/22 e 25/14), em 1h20 de jogo realizado no ginásio do Riacho, em Contagem (MG). O oposto do time mineiro, Wallace, foi o maior pontuador da partida, com 17 acertos. Seu companheiro de equipe, o central Rogério, foi um dos principais destaques e ficou com o Troféu VivaVôlei.

No encerramento da rodada, mesmo na casa do adversário, o BMG/São Bernardo derrotou o Volta Redonda por 3 sets a 2 (25/23, 25/20, 21/25, 17/25 e 15/10), em 2h32 de jogo. Destaque para Luizinho, do time vencedor, que recebeu o Troféu VivaVôlei. Pelo lado do Volta Redonda, bom desempenho de Jamelão, maior pontuador da partida, com 25 acertos.

 Primeiros resultados da rodada

A Cimed/SKY (SC) venceu o Vivo/Minas (MG) por 3 sets a 1 na SEXTA-FEIRA (10.02), na abertura da quinta rodada do returno. Já neste SÁBADO (11.02), o Vôlei Futuro (SP) derrotou o BMG/Montes Claros (MG) por 3 sets a 0.

 SUPERLIGA MASCULINA 11/12 – QUINTA RODADA DO RETURNO

10.02 (SEXTA-FEIRA) – Vivo/Minas 1 x 3 Cimed/SKY (23/25, 25/23, 22/25 e 22/25), em 2h04 de jogo, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG)

MAIOR PONTUADOR – Rivaldo (Cimed/SKY), com 19 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – João Paulo (Cimed/SKY)

 

11.02 (SÁBADO) – Vôlei Futuro x BMG/Montes Claros (25/19, 26/24 e 25/21), em 1xh31 de jogo, no Plácido Rocha, em Araçatuba (SP)

MAIOR PONTUADOR – Vini, Dentinho e Lorena (Vôlei Futuro), com 10 pontos cada

TROFÉU VIVAVÔLEI – Vini (Vôlei Futuro)

 

11.02 (SÁBADO) – Sesi-SP 3 x 1 Londrina/Sercomtel (25/21, 22/25, 25/19 e 28/26), em 1h54 de jogo, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)

MAIOR PONTUADOR – Caio (Londrina/Sercomtel), com 19 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Japa (Sesi-SP)

 

11.02 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro 3 x 0 Medley/Campinas (25/23, 25/22 e 25/14), em 1h30 de jogo, no Riacho, em Contagem (MG)

MAIOR PONTUADOR – Wallace (Sada Cruzeiro), com 17 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Rogério (Sada Cruzeiro)

 

11.02 (SÁBADO) – RJX 3 x 0 UFJF (25/17, 25/15 e 25/22), em 1h12 de jogo, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ)

MAIOR PONTUADOR – Lipe (RJX), com 14 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Marlon (RJX)

 

11.02 (SÁBADO) – Volta Redonda 2 x 3 BMG/São Bernardo (23/25, 20/25, 25/21, 25/17 e 10/15), em 2h32 de jogo, na Ilha São João, em Volta Redonda (RJ)

MAIOR PONTUADOR – Jamelão (Volta Redonda), com 25 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Luizinho (BMG/São Bernardo)

Cimed/Sky derrota Vivo/Minas na abertura da 5ª rodada do returno

Na abertura da quinta rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 11/12, encontro dos maiores vencedores da história da competição. E, no clássico mais tradicional, melhor para a Cimed/SKY (SC). Nesta sexta-feira, 10, o time catarinense derrotou o Vivo/Minas (MG) por 3 sets a 1 (25/23, 23/25, 25/22 e 25/22), em 2h04 de jogo, na Arena Vivo, em Belo Horizonte.

Com o resultado, a Cimed/SKY soma 35 pontos na classificação geral e ocupa, provisoriamente, a primeira colocação. Neste sábado, 11, o Sesi-SP, com 34 pontos, e o Vôlei Futuro (SP), com 33, entrarão em quadra e poderão ultrapassar o time catarinense.

Às 15h, o Vôlei Futuro receberá o BMG/Montes Claros (MG), no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP). O Sesi-SP jogará contra o Londrina/Sercomtel (PR), no ginásio do Sesi, na Vila Leopoldina, em São Paulo, a partir das 17h.

Saque decisivo

Nos momentos decisivos da partida, o ponteiro João Paulo, da Cimed/SKY, se destacou. No fim da partida, o atacante foi eleito o melhor jogador da partida e ganhou o Troféu VivaVôlei. Para o atacante, a grande quantidade de erros de saque das duas equipes foi o ponto negativo da partida.

“Essa Superliga está sendo assim. Ou temos muitos erros de saque ou muitos aces nos jogos. Não dá para não arriscar. È preciso forçar para facilitar os contra-ataques. Hoje, os dois times erraram muito no saque. Mas foi esse fundamento que decidiu a partida no quarto set, quando fomos melhores e fizemos estrago no saque. Isso facilitou os contra-ataques”, avaliou o atacante.

O maior pontuador da partida foi o oposto da Cimed/SKY, Rivaldo. O atacante assinalou 19 pontos. No Vivo/Minas, o oposto Filip e o ponteiro Lucarelli foram os destaques, com 14 acertos cada um.

Pelo Vivo/Minas, o campeão olímpico Anderson substituiu o tcheco Filip durante o jogo. No final do duelo, Anderson lamentou a falta de concentração da equipe no quarto set.

“Foi um bom jogo, principalmente nos dois primeiros sets. Mas, na quarta parcial, nosso time sentiu a derrota do set anterior e não manteve a concentração. Foi um balde de água fria na equipe”, avaliou o atacante.

As equipes voltarão à quadra na próxima quinta-fera, 16, quando jogarão em casa. O Vivo/Minas receberá o RJX (RJ), a partir das 20h, na Arena Vivo. Já a Cimed/SKY receberá o Vôlei Futuro (SP), a partir das 21h, no ginásio Capoeirão, em Florianópolis. O canal Sportv transmitirá ao vivo.

Textos: ETC e site CBV

Foto: ETC


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.