07 fev 2012

Roberta Stopa define até maio participação nos Jogos Olímpicos de Londres



Juiz de Fora (MG), 7 de fevereiro de 2012

Aos 32 anos, a biker juiz-forana Roberta Stopa está se preparando para viver um dos momentos mais importantes de sua carreira no Mountain Bike. Atualmente, o Brasil ocupa a 26ª posição no ranking por nações da União Ciclística Internacional (UCI). Apenas os 18 países melhores colocados em 23 de maio terão direito a uma vaga nos Jogos Olímpicos de Londres.

Apesar da distância no ranking, ela acredita que o Brasil tem chances reais se figurar entre os 18. Isso porque a diferença na pontuação é muito pequena. Por isso, o melhor a fazer e treinar e pedalar com muita vontade para garantir a classificação.

No ranking individual da UCI, Roberta ocupa a 62ª colocação: é a melhor brasileira e melhor latino-americana. Para conseguir a tão sonhada vaga, ela precisa contar, inicialmente, com a ajuda de outras brasileiras: Érica Gramiscelli (Belo Horizonte) e Juliana Machado (Brasília), que posteriormente serão adversárias na luta pela participação nos Jogos Olímpicos.

Isso porque o ranking por nações leva em consideração a pontuação das três melhores atletas de cada país. Assim, antes de serem concorrentes pela vaga em Londres, elas torcem por resultados expressivos das concorrentes para que o país suba no ranking. “Antes mesmo de sermos adversárias, temos que nos unir para conseguir essa vaga. Só uma vai para Londres. Depois de conseguirmos a classificação, será realizada uma seletiva para definir com quem fica a vaga”, explicou a biker.

A confiança de Roberta tem explicação. Até maio, serão disputadas cinco provas no Brasil valendo pontos para o ranking da UCI: duas etapas da Taça Brasil; duas etapas da Copa Internacional; e a Copa Paraná. Além disso, ela também disputará o Pan-Americano, realizado no México, em abril.

A vontade de representar o Brasil ficou ainda mais aguçada após a biker juiz-forana ter participado, em julho do ano passado, a convite do Comitê Olímpico Internacional, de uma prova teste em Londres. Agora, o que falta mesmo é garantir a classificação, desafio para o qual ela sente-se preparada.

“Eu e meu treinador dividimos o ano em dois picos. O primeiro, pensando na vaga olímpica, vai até maio. O segundo é para o Campeonato Brasileiro. Terminei a temporada 2011 mais cedo para focar o início de 2012. Estou me preparando para essas provas e para conquistar pontos”, finalizou Roberta.

Texto: Thiago Stephan

Foto: Divulgação


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse