18 jan 2012

Superliga Feminina: Sesi quebra invencibilidade do Vôlei Futuro, Unilever (RJ) lidera



Rio de Janeiro (RJ), 18 de janeiro de 2012 

Grandes jogos estavam previstos para a oitava rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 11/12. Alteração na liderança e queda do último invicto confirmaram a expectativa e movimentaram a noite desta terça-feira (17.01). O Sesi-SP venceu o vôlei Futuro (SP) e foi responsável pelo fim da sequência de sete vitórias do time de Araçatuba. Em casa, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), a equipe comandada pelo técnico Talmo de Oliveira venceu por 3 sets a 2 (25/22, 16/25, 25/19, 19/25 e 15/09), em 2h25 de partida.

Apesar da derrota do seu time, a ponteira Paula Pequeno, do Vôlei Futuro, foi quem mais pontuou nesta partida, com 20 acertos. A levantadora do Sesi-SP, Dani Lins, foi eleita a melhor em quadra e recebeu o Troféu VivaVôlei.

“O jogo do nosso time sai quando funcionam o bloqueio e a defesa e hoje foi assim. Nos sets em que perdemos, não conseguimos jogar bem no ataque. Além disso, jogamos com alegria e uma ajudando a outra o tempo todo, recuperando bolas impossíveis”, declarou Dani Lins.

A vitória do Sesi-SP sobre o até então líder da Superliga beneficiou a Unilever (RJ), que fez a sua parte, venceu a Usiminas/Minas (MG) por 3 sets a 0, e assumiu a liderança do campeonato, com 21 pontos. Vôlei Futuro e Sollys/Nestlé (SP) também têm 21 pontos, mas a equipe carioca leva vantagem no critério de desempate, o saldo de sets.

O Sesi-SP volta à quadra na próxima sexta, 20, quando enfrentará o BMG/São Bernardo (SP) às 19h30, no ginásio do Baetão, na cidade do ABC Paulista. A partida terá transmissão ao vivo do canal Esporte Interativo. Já o Vôlei Futuro voltará a jogar em casa, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP), contra o Sollys/Nestlé. O confronto será neste mesmo dia, às 18h30, com transmissão do Sportv.

O JOGO

O Sesi-SP abriu o placar e, no primeiro tempo técnico, vencia por 8/5. Melhor em quadra e vencendo por 11/7, o time da Vila Leopoldina forçou o primeiro pedido de tempo do técnico do Vôlei Futuro, Paulo Coco. Na segunda parada técnica, vantagem de quatro pontos para as donas da casa: 16/12. O Sesi-SP se manteve no comando do placar e venceu o primeiro set por 25/22.

Utilizando as duas levantadoras, como tem acontecido regularmente, Paulo Coco começou o segundo set com Ana Cristina no lugar de Ana Tiemi. A equipe de Araçatuba abriu boa vantagem logo no início (5/1) e Talmo de Oliveira, técnico do Sesi-SP, também promoveu a troca de levantadoras, colocando Marcela no lugar de Dani Lins. Com outra postura em quadra, o Vôlei Futuro dominou o segundo set e venceu por 25/16.

A terceira parcial começou equilibrada. Logo as donas da casa assumiram o comando do marcador e se mantiveram à frente durante praticamente todo o set. Na reta final, a equipe do Vôlei Futuro se aproximou no placar, mas não impediu a vitória do time da capital paulista por 25/19.

Assim como o segundo set, o time de Araçatuba fez 4/1 logo no início da quarta parcial e Talmo de Oliveira pediu tempo. O Sesi-SP se aproximou no placar em 7/9, mas o Vôlei Futuro seguiu melhor e à frente no marcador. Quando a equipe do interior de São Paulo fez 21/16, Talmo novamente parou o jogo. Mas o Vôlei Futuro voltou a mostrar sua força e fechou em 25/19.

O Sesi-SP abriu o tie-break com ataque de Elisângela e, com bloqueio de Carol Gattaz, o Vôlei Futuro empatou. A parcial seguiu equilibrada até o time da casa fazer 6/3 e forçar o técnico Paulo Coco a pedir tempo. Com eficiente trabalho de defesa, a equipe da casa sobressaiu e, em ataque de Elisângela, fechou o set em 15/09 e o jogo em 3 a 2.

 Unilever vence mais uma e vira líder

Jogando em casa, no ginásio do Maracanãzinho, a Unilever (RJ) venceu a Usiminas/Minas (MG) por 3 sets a 0 (25/19, 25/12 e 25/17), em 1h08 de jogo. Com a vitória, a equipe carioca assumiu a liderança. O time de Bernardinho contou com bons desempenhos da central Juciely, maior pontuadora da partida, com 15 acertos, e da ponteira Régis, que ganhou o Troféu VivaVôlei, após ser eleita a melhor em quadra.

“Não comecei bem o ano de 2012 e estava precisando fazer uma boa partida. Hoje consegui com a ajuda de todo o time. Treinamos para isso, para cada uma buscar o seu melhor e deu certo”, comentou Régis, que ainda falou sobre a preocupação que havia com as cubanas Herrera e Daymi, duas maiores pontuadoras do campeonato.

“O segredo era marcar as duas, que são as principais jogadoras da Usiminas/Minas e conseguimos fazer isso no bloqueio”, explicou Régis, que marcou 14 pontos.

A levantadora da Usiminas/Minas, Claudinha, ficou insatisfeita com a performance do time. “O time da Unilever não fez nada além do que estudamos, mas o nosso time não conseguiu jogar hoje. Claro que elas têm muito mérito, mas o nosso time tinha que apresentar muito mais do que foi feito hoje”, disse Claudinha.

Essa foi a sétima vitória da Unilever, que sofreu apenas uma derrota na Superliga, na estreia, para o Sesi-SP. A Usiminas/Minas conheceu a segunda derrota na competição.

Na nona rodada, a Unilever vai a São Paulo enfrentar o Pinheiros (SP) no SÁBADO (21.01), às 12h, com transmissão ao vivo do canal Sportv. A Usiminas/Minas receberá o São Caetano na SEXTA-FEIRA (20.01), às 20h.

   Rio do Sul, São Caetano e Mackenzie/Cia do Terno vencem

O time de Rio do Sul derrotou o BMG/São Bernardo e conquistou a segunda vitória na Superliga. Atuando em casa, no ginásio Artenir Werner, o Rio do Sul precisou de 2h09 para vencer por 3 sets a 2 (25/20, 20/25, 19/25, 25/11 e 15/09). Aline e Mayara, ambas do time de Santa Catarina, tiveram boas atuações e ajudaram a equipe. Aline foi a maior pontuadora, com 22 acertos, e Mayara conquistou o Troféu VivaVôlei.

Em mais um jogo decidido no tie-break, o São Caetano levou a melhor sobre o Macaé Sports e também conseguiu o segundo resultado positivo na competição. Nesta terça-feira, a equipe paulista jogou em casa, no ginásio Lauro Gomes, e venceu com parciais de 24/26, 25/21, 25/20, 17/25 e 15/13, em 2h25. A levantadora Macris, da equipe da casa, foi eleita a melhor em quadra e ganhou o Troféu VivaVôlei. Mesmo com a derrota do seu time, Talita, do Macaé Sports, foi a maior pontuadora, com 28 acertos.

No duelo mineiro, melhor para o Mackenzie/Cia do Terno (MG), que venceu o Banana Boat/Praia Clube (MG) por 3 sets a 1 (25/22, 25/21, 23/25 e 25/14), em 1h52 de partida. A equipe vitoriosa, que jogou em casa, no ginásio do Mackenzie, em Belo Horizonte (MG), teve dois destaques: as ponteiras Ingrid, maior pontuadora, com 23 acertos, e Thaís, que garantiu o Troféu VivaVôlei.

Na próxima rodada, o Mackenzie/Cia do Terno jogará contra o Macaé Sports (RJ) na SEXTA-FEIRA (20.01), às 20h, no ginásio Juquinha, em Macaé (RS). O Banana Boat/Praia Clube receberá o Rio do Sul no mesmo dia e mesmo horário no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG).

EQUIPES:

SESI-SP – Dani Lins, Elisângela, Natália, Marina, Sassá e Soninha. Líbero: Michelle.  Técnico – Talmo de Oliveira. Entraram – Teny, Marcela e Gabi

VÔLEI FUTURO – Ana Timei, Joycinha, Carol Gattaz, Walewska, Paula Pequeno e Fernanda Garay. Líbero: Verê.  Técnico – Paulo Coco. Entraram – Ju Odilon, Ana Cristina, Fê Berti e Malu

 SUPERLIGA FEMININA 11/12 – OITAVA RODADA DO TURNO

17.01 (TERÇA-FEIRA) – SESI-SP 3 x 2 VÔLEI FUTURO (25/22, 16/25, 25/19, 19/25 e 15/09), em 2h25 de jogo, no ginásio da Vila Leopoldina, São Paulo (SP)

MAIOR PONTUADORA: Paula Pequeno (Vôlei Futuro), com 20 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI: Dani Lins (Sesi-SP)

17.01 (TERÇA-FEIRA) – UNILEVER 3 x 0 USIMINAS/MINAS (25/19, 25/12 e 25/17), em 1h08 de jogo, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ)

MAIOR PONTUADORA: Juciely (Unilever), com 15 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI: Régis (Unilever)

17.01 (TERÇA-FEIRA) – SÃO CAETANO 3 x 2 MACAÉ SPORTS (24/26, 25/21, 25/20, 17/25 e 15/13), em 2h25 de jogo, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP)

MAIOR PONTUADORA: Talita (Macaé Sports), com 28 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI: Macris (São Caetano)

17.01 (TERÇA-FEIRA) – MACKENZIE/CIA DO TERNO 3 x 1 BANANA BOAT/PRAIA CLUBE (25/22, 25/21, 23/25 e 25/14), em 1h52 de partida, no ginásio do Mackenzie, em Belo Horizonte (MG)

MAIOR PONTUADORA: Ingrid (Mackenzie/Cia do Terno), com 23 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI: Thaís (Mackenzie/Cia do Terno)

17.01 (TERÇA-FEIRA) – RIO DO SUL 3 x 2 BMG/SÃO BERNARDO (25/20, 20/25, 19/25, 25/11 e 15/09), em 2h09 de jogo, no ginásio Artenir Werner, em Rio do Sul (SC)

MAIOR PONTUADORA: Aline (Rio do Sul), com 22 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI: Mayara (Rio do Sul)

Texto e informações: site da CBV


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 maio 2018
Tupi tem barca, saída de preparador físico e contusão em dois dias

22 maio 2018
Panathlon Club JF comemora sucesso da 6ª Feijoada do Esporte

22 maio 2018
Perrout exalta “time” CRIA-UFJF em Recife: “Todos melhoraram marcas”

21 maio 2018
Após assinar com ArcelorMittal, JF Vôlei estuda parceria diferente com Sada

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.