14 dez 2011

UFJF mostra evolução, mas não consegue segurar o Sada Cruzeiro e perde por 3 a 0



Contagem (MG), 14 de dezembro de 2011

A equipe de vôlei da UFJF conheceu a segunda derrota na Superliga. Na noite desta quarta, 14, o time do técnico Maurício Bara caiu diante do Sada Cruzeiro, atual vice-campeão do torneio, por 3 a 0, parciais de 25 x 21, 25 x 21 e 25 x 20. A partida teve que ser interrompida no final do segundo set, quando a equipe da casa vencia por 22 x 20, em razão da forte chuva que caía na região de Contagem. Goteiras tomaram conta do Ginásio Poliesportivo do Riacho.

Ainda pela 2ª rodada, na terça-feira o Vivo Minas venceu o Londrina/Sercomtel por 3 a 0. Na quarta, mais três partidas foram realizadas. O Vôlei Futuro derrotou o BMG/São Bernardo, em Araçatuba, (SP), por 3 a 1. Em Volta Redonda, a equipe da casa foi derrotada pelo Sesi (SP) por 3 a 0. O outro jogo da noite, entre Cimed/Sky e Medley/Campinas, realizado em Florianópolis, terminou em 3 a 2 para o Cimed.

A equipe juiz-forana não terá muito tempo para descansar ou mesmo para corrigir alguns erros. Nesta sexta, às 20h, a UFJF recebe o Sesi (SP), atual campeão da Superliga, no Ginásio da Faculdade de Educação Física e Desportos. Será o reencontro com um velho conhecido: o juiz-forano Giovane Gávio é o treinador da equipe adversária.

Evolução

O técnico Maurício Bara considerou que a equipe evoluiu consideravelmente em relação à estreia e destacou os placares sempre altos dos sets. “O problema foi que erramos em momentos decisivos. Por estarmos em formação, ainda vamos sofrer com isso. Hoje poderíamos ir além no jogo e virar o momento psicológico, mas eles acabaram sendo um pouco melhores”, avaliou.

O ponteiro Rafael Baroni entrou no final do primeiro set para não mais sair do time. Ele ressaltou o alto nível do jogo e creditou a vitória do Sada aos erros da UFJF nos finais de sets. “Sempre tivemos dois ou três erros neste final e buscar contra a equipe deles é difícil”, afirmou. A derrota, no entanto, já ficou para trás. Nesta quinta, a equipe já treina para enfrentar o Sesi-SP. “Superliga é assim. Não dá tempo de respirar”, completou Baroni.

A UFJF repetiu a formação da estreia e entrou em quadra com Daniel Brasília, Pedrinho, Gustavo Folle, Jardel, Digão e Clinty (Juliano foi o líbero).

 Ingressos para a partida de sexta se esgotaram em 8 horas

Na próxima rodada, já nesta sexta-feira (16), a equipe juiz-forana enfrenta o todo-poderoso Sesi-SP, atual campeão da Superliga e que nesta quarta venceu a segunda partida consecutiva, desta vez sobre o Volta Redonda, por 3 a 0, jogando na cidade fluminense.

Como na primeira rodada, novamente o ginásio estará lotado. Os ingressos para esta partida se esgotaram em pouco mais 8h de vendas desde as 13h dessa quarta-feira. O jogo está marcado para as 20h. Os portões do ginásio da Faculdade de Educação Física serão abertos às 19h. Não haverá venda de ingressos no local.

Patrocinadores: Camilo dos Santos

Apoios: Ortra, Pré-universitário, Cesama, Gsport e Victory Suites

 Com informações da CBV e da assessoria do vôlei da UFJF


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 out 2017
Primeiro árbitro de vídeo da Libertadores será brasileiro. Vangasse explica as 4 situações em que ele pode atuar

23 out 2017
Leozinho reaparece na seleção da rodada. Próximo adversário do JF Vôlei tem pedido de desculpas ao torcedor

23 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.