27 dez 2011

Torcida juiz-forana: uma motivação a mais para os jogadores da UFJF



Juiz de Fora (MG), 27 de dezembro de 2011

Desde o dia 10 de dezembro – quando o time de Vôlei da UFJF estreou na Superliga Masculina 2011/2012 – a torcida juiz-forana tem sido destaque no incentivo e motivação da equipe. Nos jogos em casa até o momento, contra Vôlei Futuro, Sesi-SP e RJX, todos os 700 lugares do ginásio da Faculdade de Educação Física foram ocupados, com os ingressos se esgotando em poucas horas nas bilheterias. Nas quadras, arquibancadas e cadeiras, a animação nesta primeira experiência na elite do vôlei nacional é total.

Alessandro Nascimento, empresário de 35 anos, assistiu ao jogo da UFJF, no último dia 22, pela primeira vez e afirma que vai voltar outras vezes para acompanhar o time. “Já pratiquei esporte e ainda pratico nas horas vagas. Acredito que ter uma representação da cidade e da universidade no vôlei é, além de um entretenimento saudável, que pode ser compartilhado com toda a família, uma oportunidade de a cidade pensar em investir mais no esporte. A cidade está carente deste tipo de atividade”, afirma.

Para o arquiteto José Augusto Santos, de 63 anos, que compareceu ao jogo acompanhado da família, é uma vitória ter um time de vôlei na Superliga representando a cidade. “Juiz de Fora está dando um passo enorme para uma boa colocação do time na liga nacional. Mesmo que o time seja ainda estreante e esteja perdendo algumas partidas, ainda sim é motivo de muita alegria poder contar com uma equipe na competição”, reitera.

O aposentado Ubiracy Martins, de 50 anos, afirma que o vôlei tem sido um esporte muito bom para a cidade, que pode agora contar com um entretenimento a mais. Contudo, sugere que o ginásio seja maior para que mais torcedores possam comparecer aos jogos. “Apesar de o investimento ser da UFJF, acredito que os jogos deveriam acontecer em um ginásio maior” afirma.

A identificação entre time e torcida cresce tão rápido que já surgiram os primeiros pitacos técnicos. Para José Augusto, Alessandro e Ubiracy Martins, o jogador preferido da UFJF, destaque das partidas, é o ponteiro Clinty Riw, natural de Caxias do Sul e ex-jogador do Joinville e Volta Redonda. “Ele tem se apresentado muito bem e sabe se impor dentro de quadra”, opina José Augusto. Nas arquibancadas, os torcedores já arriscam gritar os nomes dos jogadores e não são poucos aqueles que já escalam o time.

Após a partida contra o RJX, o elenco ganhou folga. A reapresentação ocorre nesta terça-feira, 27, à tarde. A UFJF – 10ª colocada na tabela de classificação e a apenas dois pontos da zona de classificação para os play offs – volta a jogar no próximo dia 07 de janeiro contra o BMG/São Bernardo. O jogo será novamente em casa, promessa de novo capítulo nesta nova e intensa relação com a torcida da cidade e região.

Texto e foto: ETC Comunicação


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse