03 maio 2011

Veja aqui tudo sobre as seletivas. Tupi, Sport e Juizforano seguem. Baeta fora



Juiz de Fora (MG), 3 de maio de 2011

O time júnior do Tupi derrotou o Tupynambás, na manhã deste sábado, 30, por 3 a 1, em Santa Terezinha. Com o resultado, o Alvinegro chegou aos 12 pontos e garantiu, matematicamente, a classificação para a fase final do Campeonato Mineiro da categoria. O resultado também garantiu o Sport entre os finalistas. O Verdão é o líder da Chave C, também com 12 pontos, mas melhor saldo de gols que o Carijó. No próximo sábado, 7, às 15h, Sport e Tupi se enfrentam no Estádio Procópio Teixeira. Em jogo, a liderança do grupo. No mesmo dia, o Baeta vai até Ervália enfrentar o 1º de Maio. Após a derrota do Tu-Tu, as chances de classificação do Leão ficaram remotas.

Tupi e Tupynambás fizeram um bom primeiro tempo. Essa foi a opinião da maioria dos torcedores que compararem à partida. Renan abriu o placar para o Alvinegro aos 20 minutos. Em desvantagem no placar, o Alvirrubro saiu para o jogo, pressionando o adversário. Aos 35, o zagueiro Thiago foi ao ataque e acertou belo chute da meia-lua para deixar tudo igual: 1 a 1. A alegria dos baetas durou pouco. No final do primeiro tempo, Luís Gustavo, em cobrança de falta, cruzou para a área. O atacante Thiago Patrocínio, do Baeta, tentou tirar e acabou desviando para o próprio gol: 2 a 1. Antes do árbitro decretar o intervalo ainda houve tempo para a expulsão do técnico do Baeta, Nando Ozório.

Insatisfeito com o desempenho do meio-campo, o técnico Jésus Vieira, o “Fia”, sacou o volante Santiago, colocando Dionísio em campo logo na volta para a segunda etapa. A mudança surtiu efeito e o Galo passou a dominar as ações, perdendo várias oportunidades de ampliar, o que ocorreu somente aos 40 minutos. O lateral-esquerdo Thiago roubou bola na intermediária, avançou e, já dentro da área, centrou para Michel decretar a vitória do Tupi: 3 a 1.

Após a partida, “Fia” comemorou a vitória sobre o rival. “Nós agora estamos classificados e na liderança da chave ao lado do Sport. Nossa preocupação já passa a ser o clássico contra o Sport, no Procópio Teixeira, que vai definir o campeão do grupo”, comentou.

Do lado Baeta, mesmo ainda tendo chances matemáticas de classificação, Nando Ozório “jogou a toalha”. “Acho que não dá mais para classificar. Essa era nossa última chance. Temos que ser realistas”, comentou, para em seguida explicar que assumiu o comando do time júnior na véspera da partida ao substituir Claudinei Clementino. Foi a terceira mudança no comando da equipe ao longo da seletiva do Mineiro.

Tupi: Victor Hugo; Thiago Fabri, Claudio Cézar, Douglas Costa e Thiago Espínola; Fellipe Santiago (Dionízio), Rodolfo Silva (Michel), Maguinho e Renan (Tadeu); Luiz Gustavo e Carioca (Arilson). Técnico: Jésus Vieira “Fia”.

Tupynambás: Artur Ferreira; Lucas Araújo (Everton), Thiago Nascimento, Gilcimar e Danilo Gomes; Douglas Santos, Dálgan Soares, Pedro Henrique Braga e Daniel Soares; Rafael da Silva e Thiago Patrocínio. Técnico: Nando Ozório.

Gols:
Tupi: Renan, Luiz Gustavo e Michel.
Tupynambás: Thiago Nascimento.

Cartões amarelos:
Tupi: Maguinho, Rodolfo e Cláudio.
Tupynambás: Douglas e Thiago Nascimento.

Expulsões: Nando Ozório.

Veja como está a classificação

Além da vitória do Tupi sobre o Tupynambás na categoria júnior, a rodada de sábado, 30, das equipes locais nas seletivas da Federação Mineira confirmou a boa fase do Sport, tanto no Júnior como no Infantil, o brilho do Instituto Juizforano no Infantil e a decepcionante campanha do Tupynambás nas três faixas de idade – Infantil, Juvenil e Júnior.

Seletiva Júnior

De acordo com o site da Federação Mineira, a seletiva do Estadual Júnior, que reúne os clubes da cidade no mesmo grupo ( C ), a classificação é a seguinte: Sport em primeiro, com 12 pontos em cinco jogos, saldo de 6 gols, Tupi em segundo, com 12 pontos em cinco jogos e saldo de 4, Progresso, nove pontos em cinco jogos, Tupynambás três pontos em seis partidas, e 1° de Maio, três pontos em cinco jogos.

Seletiva Infantil

O Sport bateu o Valério de virada (3 a 2) e, além de garantir a vaga, disparou na liderança da Chave C da seletiva infantil com 12 pontos, seguido de Guarani e Ipatinga, sete pontos, e Valério, dois.

Também no Infantil, quem está disparado em seu grupo é o time do Instituto Juizforano, que venceu o Aymorés, de Ubá, por 3 a 1, no campo do Esporte Clube Benfica, com destaque para Yuri Reinck, autor de dois gols.

O Juizforano tem 13 pontos, classificado, contra 10 do Ubaense, quatro do Aymorés e um do Baeta, já eliminado.

Sport 3×2. De virada! 

Guerreiro! Não há adjetivo melhor para qualificar uma equipe que, perdendo uma partida de virada, com um jogador a menos, tire forças do nada e vença a partida. Esse foi o raçudo Sport Club Juiz de Fora que venceu o Valério por 3 a 2, com gols de Rodrigo (contra) Túlio e Diogo. Com a vitória épica e a derrota do Ipatinga por 2 a 1 para o Guarani, o Verdão garantiu a primeira posição do grupo e a classificação antecipada para a próxima fase do Mineiro Infantil.

A partida foi muito equilibrada desde o apito inicial. O primeiro tempo teve domínio territorial do Sport, que tocava bem a bola e abusava das jogadas aéreas. No entanto, faltava o último passe para que a equipe do técnico Luiz Fernando Silva abrisse a contagem. E o primeiro gol só saiu no final do primeiro tempo. Depois de cobrança de falta que veio da esquerda, o zagueiro Rodrigo cabeceou contra o patrimônio, marcando o primeiro do Verdão, aos 32 do primeiro tempo. No entanto, aos 35 veio o empate do Valério, através de um pênalti. William Ander cobrou bem e igualou tudo no Procopão.

Jogando por um empate simples para garantir presença na próxima fase, o Sport passou a jogar nos contra ataques, com inteligência. Entretanto, o Periquito foi castigado aos 17 minutos, quando uma bola foi cruzada da direita e William Ander, ele de novo, fez o segundo da equipe de Itabira. Como se isso não bastasse, a arbitragem resolveu complicar ainda mais a situação. Depois de falta normal no meio campo, o zagueiro Lucas José foi expulso.

Esse foi o início da epopéia desta tarde no Procopão. Time com um a menos, fragilizado em campo e sem perspectivas de um bom resultado, contra um adversário que, nitidamente, fazia cera e esfriava o jogo. No entanto, quem estava do outro lado era o Verdão. Em busca do gol de empate, o Sport foi para cima. Depois de cobrança de escanteio, Túlio subiu mais que todo mundo e empatou, levando o torcedor ao delírio, aos 32. O resultado era suficiente para garantir o Verdão na próxima fase. Mas o Periquito decidiu voar mais alto. Aos 35, depois de grande jogada e cruzamento que veio da direita, Diogo escorou para o fundo do gol, explodindo o Procopão de alegria e virando a partida para 3 a 2.

“O time mostrou perseverança e muito superação em campo. Mais que a classificação, temos que agradecer à diretoria que nos dá suporte para trabalharmos bem e fazermos esta grande campanha”, comentou o treinador Luiz Fernando Silva, que disse que a raça é um elemento que o Sport vai levar até o fim do campeonato.

Quem também estava radiante com a vitória era o garoto Diogo. Autor do gol da vitória, ele agradeceu ao grupo pelo resultado. “Isso aqui é muito união. Agradeço pela oportunidade de ter entrado e fazer um gol tão importante”, completou.

Ficha técnica

Sport Club Juiz de Fora 3 x 2 Valério

Estádio Procópio Teixeira

30 – 04 – 10 – 14h

Juiz de Fora

Sport Club JF: 1 – Fernando; 2 – João Victor (15 – Saulo), 3 – Lucas José, 4 – José Victor e 6 – Vinícius Rodrigues (18 – Diogo); 7 – Buiú (17 – Kaio Testoni), 5 – Lucas Wendel, 8 – Rômulo (16 – Anselmo) e 10 – Júlio; 9 – Túlio e 11 – Gustavo (14 – Vítor Machado)

Técnico: Luiz Fernando Silva

Gols: Rodrigo (contra) 32/1°T (1-0) William Ander (pen) 35/1°T (1-1) William Ander 17/2°T (1-2) Túlio 32/2°T (2-2) Diogo 35/2°T (3-2)

Seletiva Juvenil

Na Seletiva  Juvenil, o Juizforano vencia, em casa, o Aymorés, mas ao sofrer o empate nos instantes finais (1 a 1) deixou escapar a chance de seguir no páreo por uma vaga na próxima fase. O gol juizforano foi marcado por Matheus Aguiar, mas o empate deixou a equipe local a quatro pontos dos líderes da Chave A, Ubaense e Aymorés, o que impede matematicamente as chances de classificação. Na mesma chave, o Tupinambás, com apenas um ponto, só cumpre tabela.

Informações sobre classificação: site da Federação Mineira de Futebol

Texto Sport Infantil: site do Sport Club Juiz de Fora

Texto Tupi x Tupynambás: Thiago Stephan


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse