31 maio 2011

Exclusivo: Ricardo Drubscky é o novo técnico do Tupi



 

Juiz de Fora (MG), 31 de maio de 2011

 

Exclusivo: o blog apurou que Ricardo Drubscky veio a Juiz de Fora nesta terça-feira, 31, e já acertou com a diretoria do Tupi para ser o treinador da equipe na Série D. No início da tarde, após almoçar com os dirigentes na cidade, Ricardo teve seu nome confirmado. Ele começa a trabalhar com o elenco na próxima segunda-feira, dia 6.

 

Ricardo Drubscky, 51 anos, já comandou o departamento de futebol do Cruzeiro, Atlético-MG e Atlético-PR, além de ter sido treinador. O seu último clube nesta função foi o Monte Azul, na Série A2 do Campeonato Paulista, em 2010 e 2011. Recentemente, esteve cotado para ser gerente de futebol do Fluminense. Já atuou no Ipatinga, ao lado de Enderson Moreira, técnico interino do clube carioca.

 

Drubscky tem passagens como coordenador de categorias de base, treinador de times profissionais, e já foi gestor de futebol de clubes como Cruzeiro, Ipatinga, América-MG, Atlético Mineiro e Atlético Paranaense. Além destes times, o técnico já passou por Mamoré-MG, Democrata-MG, Vila Nova-MG, Ipiranga-MG, Araçatuba-SP, Valeriodoce-MG, Botafogo-PB e Caxias-RS.

 

No Campeonato Paulista da Série A2 de 2009, o Monte Azul obteve a melhor campanha da sua história na competição, sendo o campeão da divisão de acesso.

 

No ano seguinte, quando disputou o Paulistão, o Monte Azul ficou na 18ª colocação, com apenas 15 pontos ganhos. Em sua campanha, o time teve um aproveitamento de apenas 33,3% (três vitórias, seis empates e 10 derrotas na competição).

 

Este ano, Ricardo foi o treinador do Monte Azul no início da campanha da equipe na A2 do Paulistão. Depois, a equipe se classificou para a segunda fase da competição, terminando em quarto lugar no Grupo 1. Os clubes que chegaram à decisão,no entanto, foram XV de Novembro, de Piracicaba e Guarani, de Campinas.

 

Abaixo, texto publicado nesta segunda-feira, 30:

 

O Tupi corre contra o tempo para definir o treinador que irá comandar a equipe na Série D do Campeonato Brasileiro, com início previsto para 17 de julho. O nome de Moacyr Júnior, antes considerado certo, não foi confirmado pelos dirigentes. A estreia da equipe, pela tabela original (embora na CBF ainda conste o nome do América, de Teófilo Otoni como representante mineiro), seria diante do Crac, no dia 17 de julho, 16h, no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão (GO).

 

“Esperamos concluir nos próximos dias. Temos algumas opções mas primeiro precisamos conversar com os candidatos, definir um planejamento, naturalmente também os valores, e começar o trabalho”, define o vice-presidente do clube, José Roberto Maranhas.

 

Segundo o dirigente, há nomes com o perfil semelhante, inclusive, ao de Leonardo Condé, que na última semana trocou o Tupi pelo Villa Nova, de Nova Lima, outro representante mineiro na Série D.

 

Moacyr também estaria em negociações com o CRB, de Alagoas, que vai disputar a Série C do Campeonato Brasileiro. Mas até o momento também não teria ocorrido o acerto final ou assinatura de qualquer contrato entre Moacyr e CRB.

 

Com a confirmação da participação na competição nacional, no final da semana passada, o Tupi depende da contratação do técnico para definir também a formação do elenco. Segundo informações do clube, a grande maioria dos jogadores que defenderam o galo carijó no Campeonato Mineiro não fechou contrato com outros clubes e, portanto, serviria como opção para formar novamente a base do time na Série D.

 

O presidente do Tupi,  Áureo Fortuna, já manifestou interesse na volta do atacante Ademílson à Santa Terezinha, mas ressaltou que sua contratação dependeria de novas parcerias financeiras e até do aval do futuro técnico.

 

A chave inicial divulgada pela CBF coloca o Tupi no Grupo A5, na companhia de Gurupi, do estado do Tocantins, Gama, do Distrito Federal, Crac, de Goiás, e Anapolina, de Goiás. Depois do anúncio da tabela da CBF, no último dia 17, já houve desistências de algumas equipes. Entre elas, uma alteração seria no próprio grupo do clube juiz-forano. O Crac seria substituído pelo Itumbiara, também do estado de Goiás.

 

Definido grupo do Villa

 

Os jogadores do Villa Nova se reapresentam na próxima quarta, dia 1°, às 10h, no Estádio Municipal Castor Cifuentes, quando o técnico Leonardo Condé dá início às atividades com vistas à disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

 

Afastado das competições nacionais desde 2007, o Leão do Bonfim estréia na Série D no dia 24 de julho, no jogo contra o Volta Redonda-RJ, no Estádio Raulino de Oliveira, agora chamando de Estádio da Cidadania.

 

Com a definição do Campeonato Capixaba, em que o São Mateus se sagrou o vencedor, o Grupo A6 ficou finalmente definido. O Boavista-RJ havia desistido da disputa e o Volta Redonda entrou em seu lugar. Com isso, a chave do Leão do Bonfim ficou assim constituída: Villa Nova, Volta Redonda-RJ, Sendas-RJ, Formosa-DF e São Mateus-ES.

 

Curiosa é a situação do Formosa. Embora esteja sediado no município homônimo, que fica situado no Leste do Estado de Goiás, o clube é filiado à Federação Brasiliense de Futebol e disputa o Campeonato do Distrito Federal.

 

Informações do Villa Nova: Wagner Augusto – Assessor e historiador do clube

 

Informações Ricardo: pesquisa

 

Foto Ricardo: Arquivo

 


Voltar

Uma Resposta to “Exclusivo: Ricardo Drubscky é o novo técnico do Tupi”

  1. Wernher
    13/11/2011 às 14:37

    P Ra ens…..ape sar deu ser bá eta êh muito lê gal ver o tupi ganhando…..k

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse