03 maio 2011

Ribeiro Junqueira protesta contra interdição das arquibancadas



Jogadores do Miraí comemoram a vitória conquistada fora de casa

Arquibancadas do tradicional estádio já foram desmontadas

 Leopoldina (MG), 3 de maio de 2011

  O Marketing do Esporte Clube Ribeiro Junqueira, cuja equipe disputa a Copa Panorama de Futebol Amador, divulgou uma nota, protestando contra a interdição das arquibancadas metálicas do Estádio Guanahyro Fraga Motta.

  Confira trechos da nota divulgada pelo Ribeiro Junqueira

  As arquibancadas metálicas instaladas em volta do Estádio Guanahyro Fraga Mota, emprestadas pela Prefeitura Municipal de Cataguases, foram interditadas pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Além disso, os bombeiros fizeram uma série de exigências de adequações do estádio para receber o público, sob a pena de interdição já para o jogo contra o Sport Club Miraí.

  Tomados de surpresa, os dirigentes do RJ e da LEL não mediram esforços para obedecer às exigências do Corpo de Bombeiros, mas também se demonstraram chateados pelo fato da diminuição da renda, acarretando na decisão de abrir mão de uma série de investimentos, entre esses a vinda de Sorato e Djalminha para a partida.

   A visita do Corpo de Bombeiros do Batalhão de Muriaé se deu na quinta-feira, dia 28, apenas dois dias antes da realização do jogo contra o Sport. A grande indagação dos indignados presidente do clube leopoldinense e dos diretores da LEL, foi com relação a data da visita e a sua razão. O Corpo de Bombeiros esteve no estádio por conta de uma denúncia anônima saída de Leopoldina, que questionava tecnicamente as arquibancadas móveis. O presidente Hudson Rodrigues de Jesus atentou para as evidências desta denúncia serem de cunho meramente revanchista ou político, conforme muitos torcedores acreditam.

   Segundo ele, o fato da denúncia ter conteúdo técnico mostra que o autor era bem esclarecido sobre normas para estádios e o fato de tal denuncia só ter sido feita as vésperas do segundo jogo em casa, três semanas após a abertura da Copa Panorama, prova que o autor estava mal intencionado. (…) “As arquibancadas eram seguras e o clube havia feito mais investimentos para aperfeiçoá-la após a primeira partida. Esse investimento agora é prejuízo”.  Mas acrescentou: “Não somos irresponsáveis e cumpriremos à risca todas as exigências do Corpo de Bombeiros. Teremos o estádio pronto para uma nova vistoria e a sua liberação para a ultima partida da fase classificatória, no dia 21 de maio.”

    Por fim o presidente voltou a dizer que seu desabafo nada tem a ver com o cumprimento das normas, mas sim com a forma como esta história aconteceu. O Estádio Guanahyro Fraga Mota, apesar de carecer de reformas é um dos mais estruturados estádios da região e já recebeu eventos de grande porte como o Campeonato Mineiro, bem diferente até da maioria dos estádios onde serão realizados jogos da Copa Panorama. Quem foi ao primeiro jogo percebeu um ambiente seguro, de harmonia, com várias famílias presentes, vários jovens trabalhando para que nenhum incidente fosse registrado. A diretoria da LEL ainda alertou aos organizadores para o fato do precedente aberto. Até agora, só o estádio de Leopoldina foi denunciado, e sendo este o melhor da competição, o que acontecerá se os demais forem também vistoriados e reprovados pelo Corpo de Bombeiros? Não teremos mais Copa Panorama? E todo o investimento feito pelos clubes? (…) Estamos caminhando para o fim do esporte na região? No final das contas, o ocorrido só serviu para trazer prejuízos ao futebol leopoldinense, sejam eles financeiros, morais e até esportivo, já que o clube perdeu a sua primeira partida nessa copa, bem na frente de sua torcida.”

NOTA DA REDAÇÃO: o blog não está publicando a nota do clube na íntegra por haver, na parte que suprimimos, questionamentos políticos. Selecionamos, assim, a parte específica relativa ao estádio.

Palavra oficial

  O coordenador da Copa Panorama de Futebol Amador, Douglas Fedóceo, disse ao blog no final da manhã desta terça-feira, 3, que a retirada das arquibancadas metálicas não vai impedir a continuidade dos jogos no estádio de Leopoldina. “As informações que podemos passar são as seguintes: já foi desmontada a parte das arquibancadas metálicas e já foram tomadas as outras providências solicitadas, como extintor de incêndio, colocação de um parapeito na arquibancada de concreto e facilitar o escoamento do público com a abertura dos portões”. Assim, segundo o dirigente, a interdição e desmontagem das arquibancadas metálicas não vai implicar em mudança no local dos próximos jogos do Ribeiro Junqueira.

Derrota em casa 

  O E.C Ribeiro Junqueira recebeu em seu estádio o time do Sport de Miraí pela terceira rodada da Copa Panorama de Futebol.  O jogo ocorreu no sábado(30) e o time da casa perdeu por 1 a 0, gol de Flecha, no primeiro tempo. 

   No segundo tempo a equipe do Ribeiro Junqueira tentou de todas as formas empatar a partida, mas perdeu diversas oportunidades. Quando o RJ conseguiu marcar um gol com o atacante Cosme, o auxiliar levantou a bandeira e marcou impedimento num lance polêmico que gerou muita reclamação por parte dos jogadores, comissão técnica e torcida. Desde o início da partida, os jogadores rubro-negros aparentavam grande nervosismo, por conta das incertezas sobre a realização da partida. Dentro de campo não foi diferente e o bom futebol do time não apareceu.

  A forte marcação do Sport tornou o jogo ainda mais tenso, porém sem expulsões. A torcida e comissão técnica leopoldinense se irritavam com o cai-cai generalizado da equipe de Mirai, mas segundo os próprios jogadores do RJ, isso não serve de desculpa para a derrota. Toda a diretoria da LEL e RJ interpretaram o desencontro em campo como consequência dos fatores extra-campo que tiveram que enfrentar. O público também foi menor que o previsto por conta das incertezas da realização da partida. O Ribeiro Junqueira agora não pode sofrer outra derrota, se quiser ter a sua classificação garantida. “Ainda é cedo para termos que fazer contas, não precisamos disso, mas essa derrota em casa nos deixa mais alertas para as próximas partidas e os jogadores vão dar tudo de si para garantirem a classificação”, sentenciou o técnico Iran.

O time de Leopoldina ainda terá mais três confrontos na primeira fase do torneio:

8/5 – 10h – E.C Ribeiro Junqueira x Sport Clube Miraí – Miraí

15/5 – 15h – Laranjal  – E.C Ribeiro Junqueira x XV Novembro

21/5 – 20h – E.C Ribeiro Junqueira x Operário FC

Textos, informações e fotos do clube de Leopoldina enviados pela Assessoria e MKT do Ribeiro Junqueira 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse