24 mar 2011

Time de guerreiros ressurge e Flu respira na Libertadores



Rio de Janeiro (RJ), 24 de março de 2011

O Fluminense esteve por um fio na Libertadores até os 42 minutos do segundo tempo. A torcida no Engenhão sofreu, pensou que o sonho do título inédito havia terminado. Mas graças a gols de Araújo e Deco, nos minutos finais, o clube venceu o América-MEX por 3 a 2, nesta quarta, 23, mantendo a esperança de ir às oitavas de final da competição.

Com a vitória heroica, o Fluminense chegou a cinco pontos no Grupo 3, pulando da lanterna para a terceira colocação. O América se manteve em segundo, com seis, a apenas um do líder Argentinos Jrs. O Nacional é o último, com quatro pontos, ainda com chances de avançar.

Na próxima rodada, o Fluminense jogará no Uruguai, contra o Nacional, daqui a duas semanas. No mesmo dia, o América vai receber o Argentinos Juniors na Cidade do México na disputa pela liderança do grupo.

O jogo – A partida começou com a torcida do Fluminense levando um susto no primeiro minuto quando o goleiro Ricardo Berna e o zagueiro Digão se chocaram quando foram em uma bola, que quase sobrou para o ataque do América. No entanto, antes que os mexicanos achassem que os tricolores estavam nervosos, Souza cobrou falta no segundo minuto que passou perto do gol adversário.

Mesmo sofrendo com a forte marcação do América, o Fluminense tentava atacar. No entanto, os tricolores só conseguiram assustar o goleiro Navarrete aos nove minutos, quando Valencia arriscou de fora da área. A bola passou raspando o travessão mexicano. Só que quem abriu o placar foram os visitantes em um lance parecido daquele do começo.

Após chutão para o ataque, o goleiro Ricardo Berna foi defender, mas esbarrou em Digão. Quando o arqueiro caiu, soltou a bola e o atacante Sanchez foi mais rápido que o zagueiro tricolor para colocar para a rede. Os jogadores do Fluminense reclamaram muito de uma possível falta, mas o árbitro confirmou o gol.

O revés fez com que o Fluminense se voltasse para o ataque de forma mais enfática. Para a alegria dos torcedores no Engenhão, o empate não demorou para sair. Aos 20 minutos, Conca levantou bola na área e o zagueiro Gum cabeceou para a rede antes da chegada do goleiro Navarrete.

O gol inflou os donos da casa, que passaram a pressionar de vez o América em seu campo. Os mexicanos recuaram e tentavam avançar nos contra-ataques. Os cariocas buscavam os cruzamentos na área na cabeça de Fred, mas que paravam na zaga visitante. Com isso, a partida ficou sem ter lances de real perigo.

Nos minutos finais, o Fluminense intensificou a pressão e quase virou aos 42 minutos. Souza acertou belo chute de fora da área, mas Navarrete se esticou todo para espalmar e tirar o perigo. Antes do intervalo, porém, o América perdeu grande chance. Depois de cruzamento na área, Montenegro recebeu a bola livre e finalizou para grande defesa de Ricardo Berna.

O segundo tempo começou com o Fluminense criando boa chance logo com um minuto. Fred recebeu na área, quase na linha de fundo pela esquerda, driblou o zagueiro e cruzou. O goleiro Navarrete estava atento e tirou o perigo. Os donos da casa seguiram melhores e o atacante Emerson acertou bom chute de fora da área, mas a bola passou a direita do gol mexicano.

Após o bom início, a marcação do América melhorou e passou a impedir a criação de lances de perigo. Com isso, o jogo ficou sendo disputado com o Fluminense com o domínio da posse de bola, mas tocando muito na intermediária de ataque, sem objetividade. Os mexicanos seguiam tentando encaixar contra-ataques, mas praticamente não passavam do meio-de-campo.

Em um dos poucos ataques do América, os visitantes novamente ficaram a frente no placar. Aos 26 minutos, Sánchez recebeu a bola dentro da área, no lado esquerdo, perto da linha de fundo. Ao tentar cruzar, a bola encobriu Ricardo Berna e entrou no gol tricolor. O zagueiro Digão ainda tentou tirar, mas o jogador colocou para dentro da rede.

O revés foi sentido pelos donos da casa, que pareciam não ter força para buscar o resultado no Engenhão. No entanto, em um dos poucos bons lances, Deco cruzou na área, na cabeça de Araújo, que havia acabado de entrar. O atacante colocou no canto esquerdo de Navarrete.

A nova igualdade animou a torcida, que voltou a apoiar a equipe. Os cariocas passaram a buscar, na base da raça, a virada. O Fluminense quase fez o terceiro aos 37 minutos, quando Fred recebeu na entrada da área e chutou colocado. A bola perto do ângulo esquerdo de Navarrete, que só ficou olhando.

De tanto insistir, o Fluminense conseguiu chegar a virada aos 41 minutos. O meia Deco se antecipou a zaga após a bola passar na cabeça de dois jogadores e encobriu Navarrete para a explosão de alegria da torcida presente no Engenhão. Com o resultado conquistado, os donos da casa passaram a administrar a posse de bola até o apito final do árbitro.

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA,  23 DE MARÇO

Taça Libertadores da América: (Fase de grupos – 4ª rodada)

Godoy Cruz-ARG 1 x 1 Independiente-ARG
Fluminense 3 x 2 América-MEX

Campeonato Paulista: (15ª rodada)

São Caetano 2 x 0 Bragantino
Mirassol 2 x 0 Americana
Santos 3 x 1 Mogi Mirim
Palmeiras 3 x 0 Linense
Portuguesa 0 x 0 Santo André
Noroeste 2 x 2 Prudente
Paulista 3 x 2 São Paulo
Corinthians 3 x 0 Oeste

Campeonato Mineiro: (8ª rodada)

Atlético-MG 1 x 1 Uberaba

Campeonato Gaúcho: (Taça Farroupilha – 4ª rodada)

Cruzeiro-RS 3 x 1 Juventude
Novo Hamburgo 1 x 0 Ypiranga-RS
Santa Cruz-RS 2 x 1 Veranópolis
São Luiz 3 x 2 Lajeadense
São José-RS 0 x 1 Internacional
Caxias 4 x 3 Canoas

Campeonato Paranaense: (Segundo turno – 5ª rodada)

Corinthians-PR 2 x 2 Paranavaí
Iraty 2 x 1 Cascavel

Coritiba 2 x 0 Arapongas
Operário-PR 0 x 0 Rio Branco-PR
Roma 2 x 3 Atlético-PR

Campeonato Catarinense: (Segundo turno – 5ª rodada)

Avaí 3 x 1 Metropolitano
Criciúma 2 x 2 Imbituba
Brusque 1 x 0 Marcílio Dias
Chapecoense 1 x 0 Joinville
Concórdia 2 x 1 Figueirense

Campeonato Baiano: (Segunda fase – 2ª rodada)

Colo Colo 2 x 0 Juazeiro – Torneio da Morte
Vitória 2 x 1 Serrano
Bahia de Feira 4 x 1 Vitória da Conquista

Campeonato Pernambucano: (18ª rodada)

Náutico 5 x 1 Salgueiro
Porto 2 x 0 Vitória-PE
Petrolina 2 x 1 Central
Araripina 0 x 0 Ypiranga-PE
América-PE 1 x 2 Santa Cruz

Campeonato Cearense: (Segundo turno – 4ª rodada)

Tiradentes 2 x 0 Ferroviário
Itapipoca 5 x 2 Guarany de Sobral
Quixadá 1 x 2 Ceará

Campeonato Goiano: (14ª rodada)

CRAC-GO 3 x 0 Anapolina
Goianésia 5 x 2 Morrinhos
Trindade 1 x 3 Atlético-GO

Campeonato Alagoano: (16ª rodada)

Murici 0 x 0 CSA
ASA 3 x 0 Santa Rita
CRB 1 x 0 Sport Atalaia
Coruripe 4 x 1 Corinthians-AL
CSE 3 x 1 Ipanema

Campeonato Potiguar: (Copa Rio Grande do Norte – 1ª rodada)

Palmeira 2 x 0 Centenário
Alecrim 1 x 2 Assu
Potiguar de Mossoró 0 x 1 ABC
América-RN 2 x 2 Baraúnas
Santa Cruz-RN 2 x 2 Corintians-RN

Campeonato Paraibano: (10ª rodada)

Nacional-PB 2 x 1 Botafogo-PB
Auto Esporte 0 x 4 Treze
CSP 2 x 1 Desportiva
Campinense 4 x 1 Esporte

Campeonato Sergipano: (Taça Cidade de Aracaju – semifinais – jogos de ida)

Guarany-SE 1 x 1 River Plate
Socorrense 1 x 0 São Domingos

Campeonato Capixaba: (7ª rodada)

Rio Branco-ES 3 x 0 Espírito Santo

Campeonato Amazonense: (Taça Estado do Amazonas – semifinal)

Fast 0 x 1 Nacional-AM – Nacional-AM finalista

Campeonato Mato-Grossense:

Mixto 0 x 0 Luverdense
União 2 x 1 Barra do Garças

Texto e foto Fluminense: site da ESPN Brasil – www.espn.com.br

Texto resultados: www.globoesporte.com


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 fev 2018
JF Vôlei tem semana de desafios seguidos em busca da reação na Superliga

17 fev 2018
Baeta perde na estreia do Módulo 2

17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse