31 mar 2011

Cruzeiro “sobra” na Libertadores. Inter também vence



Oscar abriu o caminho. Depois, D'Alessandro e Zé Roberto aumentaram

31 de março de 2011

Já classificado, o Cruzeiro foi ao Paraguai e conseguiu mais uma vitória, desta vez por 2 a 0, sobre o Guarani, com gol de Thiago Ribeiro. O resultado positivo desta quarta-feira, 30, em Assunção, deixa o time mineiro forte na briga para conseguir a melhor campanha da primeira fase da Libertadores. Beneficiado pelo empate entre Deportes Tolima e Estudiantes, o Cruzeiro entrou em campo com vaga já garantida nas oitavas de final.

A equipe do técnico Cuca chegou aos 13 pontos ganhos no Grupo 7, e só perde a liderança da chave se o Estudiantes conseguir uma proeza improvável. O time argentino precisaria tirar uma enorme diferença de 15 gols de saldo no confronto entre ambos, no dia 13 de abril, na Argentina.

Atualmente, o Cruzeiro também é o time que tem mais pontos entre todos da primeira fase (com quatro vitórias e um empate), mas o Júnior Barranquilla-COL, que venceu os quatro jogos que disputou, pode ultrapassá-lo se ganhar do Grêmio, em Porto Alegre, na próxima terça-feira. Vale lembrar que a equipe que o primeiro colocado entre os 16 classificados tem a vantagem de decidir em casa todos os confrontos na fase de mata-mata, até a final.

Mesmo atuando no Defensores del Chaco, os cruzeirenses não se intimidaram e tiveram mais volume ofensivo do que o adversário. A atuação acabou premiada aos 18 minutos do primeiro tempo, quando Montillo deu bom passe na área para o atacante Thiago Ribeiro, que chutou para fazer o gol brasileiro. Aos 47 minutos, o paraguai Ortigoza fez o segundo gol cruzeirense.

GUARANI-PAR 0 X 2 CRUZEIRO

Data: 30/03/2011 (quarta-feira)

Motivo: 5ª rodada do Grupo 7 da Copa Santander Libertadores

Local: estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)

Árbitro: Enrique Osses (CHI)

Gols: Thiago Ribeiro, aos 17 do primeiro tempo; Ortigoza, aos 46min do segundo tempo

Guarani

Joel Silva; Filippini, Ithurralde, Joel Benítez e Marecos; Sosa, De la Cruz, Mendoza (Hobecker), e Paniagua; Julián Benítez e Ovelar (Escobar).

Técnico: Félix Darío León

Cruzeiro

Fábio; Pablo, Victorino, Gil e Gilberto; Marquinhos Paraná, Henrique, Montillo e Roger (Everton); Wallyson (Wellington Paulista) e Thiago Ribeiro.(Ortigoza)

Técnico: Cuca

Cartões amarelos: Julián Benitez e Escobar (Guarani); Roger (Cruzeiro)

Internacional perto da vaga

O Internacional não teve dificuldades em sua quarta partida na Libertadores. Jogando em casa e diante de um rival fraco, o clube gaúcho venceu o Jorge Wilstermann, da Bolívia, por 3 a 0, nesta quarta, 30, resultado que deixou a classificação às oitavas de final ainda mais próxima.

Com os três pontos conquistados no Beira-Rio, o Internacional chegou a dez, assumindo a liderança isolada do Grupo 6 da competição. O Emelec é o segundo colocado com sete pontos, seguido pelo Jaguares, do México, que tem seis. O Jorge Wilstermann, com uma das piores campanhas da Libertadores, ainda não pontuou.

Na próxima quarta-feira, o Internacional enfrentará o Jaguares, no México, precisando apenas um empate para garantir a vaga nas oitavas de final. Caso perca para os mexicanos, o clube gaúcho ainda terá nova chance de jogar por um empate, contra o Emelec, no Beira-Rio, em 19 de abril.

Texto Cruzeiro:  sites da ESPN Brasil – www.espn.com.br e do Cruzeiro

Texto Internacional: site ESPN Brasil

Foto Cruzeiro: Vipcomm/Divulgação

Foto Internacional: Lucas Uebel/Vipcomm


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

11 fev 2018
Tupi termina a rodada em nono. Leão e jogadores destacam entrega

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse