02 mar 2011

Caldense tem novo técnico e dez dias de treinos para encarar o Tupi



Roberto Fonseca: “Seriedade e muito trabalho: disso não abrimos mão, tanto eu como a comissão técnica”

Poços de Caldas, 2 de março de 2011 

A Associação Atlética Caldense apresentou nesta terça, 1º, seu novo treinador para o Campeonato Mineiro de 2011. O experiente Roberto Fonseca, que já comandou clubes como Londrina, Sampaio Correia/MA, São Caetano e Botafogo-SP, assinou contrato com a Veterana, na tarde desta terça-feira, para dar sequência aos trabalhos do clube no estadual. A apresentação aconteceu no Centro de Treinamento Ninho dos Periquitos, às 15h. Estiveram presentes no evento dirigentes do clube e profissionais da imprensa de Poços de Caldas e região. 

O novo treinador da Caldense ressaltou sua satisfação pelo convite feito pelo clube e disse que acredita no bom trabalho a ser desenvolvido nas duas semanas que se seguem até o jogo contra o Tupi, em Juiz de Fora, no próximo dia 13. “Teremos quase duas semanas para trabalhar e espero que possamos aproveitá-las ao máximo. O treinador quando chega, tem que prometer duas coisas: seriedade e muito trabalho, e disso não abrimos mão, tanto eu como a comissão técnica”, destacou Fonseca. 

Planejamento

Segundo o treinador, a comissão técnica da Caldense deverá traçar um plano individual para cada jogo, convidando os atletas a participarem ativamente de cada uma das próximas cinco ‘decisões’ no Campeonato. “A competição é difícil do início ao fim. Não acredito muito no fator ‘tabela’. Precisamos muito de uma vitória, esse é o nosso primeiro objetivo, para levantar o moral dos jogadores, dar alegria ao torcedor e distanciar a Caldense da zona perigosa do rebaixamento. Tudo é gradativo. Temos que dar um passo de cada vez. Primeiramente, vamos fazer uma avaliação dos jogadores neste período de treinos”, declara Fonseca. 

O novo técnico da Caldense trouxe consigo dois membros de sua comissão técnica: o auxiliar técnico, Márcio Rocha, e o preparador físico, Eduardo Souza, que trabalhou na Caldense em 2006. A comissão técnica planeja agendar um jogo-treino neste período de preparação até a próxima partida do Campeonato Mineiro, pela sexta rodada. 

Experiência

O presidente da Associação Atlética Caldense, Antônio Bento Gonçalves, acredita que a experiência vitoriosa de Roberto Fonseca poderá mudar a situação do clube no estadual. “O Roberto é uma pessoa experiente. Já trabalhou em diversos clubes de futebol, principalmente do estado de São Paulo. Além de toda a sua experiência, ele é uma pessoa de quem recebemos muitas boas referências, e é uma pessoa de respeito no cenário futebolístico brasileiro. Confiamos no bom trabalho dele e de sua comissão técnica para podermos dar sequência aos planos da Caldense para o futebol”, declara Gonçalves. 

 

  

O lateral esquerdo Luiz Fernando Barbosa, 22 anos, se apresentou nesta terça no CT Ninho dos Periquitos

 

Quem se apresentou também no CT Ninho dos Periquitos na tarde desta terça-feira foi o lateral esquerdo Luiz Fernando Barbosa, paulista de Angatuba. O jogador, de 22 anos, se formou nas categorias de base do Palmeiras. Pelo Pelotas/RS, Luiz Fernando foi campeão gaúcho pela 2ª divisão do estadual. No ano passado, fez parte do elenco do Villa Nova, de Nova Lima/MG, e recentemente estava no Formiga, equipe que disputa o Módulo II do Campeonato Mineiro. 

O atleta, que tem as características de um ala ágil e habilidoso, chega agora à Veterana com vontade de vencer. “Na primeira divisão o jogo é mais cadenciado, podemos trabalhar melhor a bola e os campos são bem melhores. Quero ajudar o grupo a conseguir a classificação e chegar à fase seguinte do Campeonato Mineiro. Vejo que ainda temos muitos jogos pela frente, temos chances, e vamos trabalhar forte nesses dias para disparar rumo à classificação”, ressalta Luiz Fernando. 

Histórico do treinador

Como jogador, Roberto Fonseca começou sua carreira na equipe do Londrina, depois, foi vendido ao São Paulo. Jogou também na Ferroviária e no Bahia. Como técnico, foi campeão da Série A2 do Campeonato Paulista com o Oeste, de Itápolis; vice-campeão do interior de São Paulo em 2010, com o São Caetano; e comandou, por quatro temporadas, o Botafogo-SP. 

O treinador foi também campeão da Série A2 no estadual paranaense, com o Paranavaí; comandou o Londrina durante o Campeonato Paranaense e o Brasileiro Série D. No Nordeste, Roberto Fonseca foi técnico do Sampaio Correia, onde foi campeão maranhense.E no Campeonato Mineiro, foi técnico do Ituiutaba, em 2007, quando o time do Triângulo Mineiro se encontrava em situação delicada, como lanterna do Campeonato. Com uma campanha exemplar (cinco vitórias em seis jogos), conseguiu reverter a situação do time dentro da competição. 

Texto e fotos: site da Caldense (www.caldense.com.br)  


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

23 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 6

21 abr 2018
Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe

19 abr 2018
Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.