19 fev 2011

Tupi perde caminhão de gols e cede empate



Michel Cury abriu o placar para o Tupi em cobrança de falta, mas desperdiçou a chance de liquidar a partida

Juiz de Fora (MG), 19 de fevereiro de 2011

O Tupi perdeu a chance de conseguir a segunda vitória no Campeonato Mineiro ao empatar com o América, de Teófilo Otoni, por 1 a 1, na tarde deste sábado, 19. O time de Juiz de Fora ficou a maior parte do jogo em vantagem no placar, mas, após desperdiçar pelo menos três claras oportunidades de ampliar a vantagem na segunda etapa, o América conseguiu o empate que premiou a melhora do Dragão nos 45 minutos finais. Com mais dois pontos desperdiçados dentro de casa, a classificação para a semifinal do Mineiro vai depender de vitórias longe do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Michel Cury abre o placar para o Galo

Quando Michel Cury cobrou a falta da meia-lua e abriu o placar para o Tupi aos 11 minutos, a maioria dos presentes no Municipal ficou esperançosa de ver mais uma vitória do Alvinegro. As jogadas do time aconteciam com naturalidade e por muito pouco Yan não ampliou em contra-ataque no minuto seguinte. Mas, aos poucos o time visitante foi se acertando em campo, passando a levar perigo ao goleiro Rodrigo, o que não impediu que a torcida ensaiasse um tímido aplauso ao Tupi quando o árbitro Emérson de Almeida Ferreira apitou o fim da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o técnico Gilmar Estevam arriscou ao tirar um zagueiro (o América jogava no 3-5-3) para colocar em campo o atacante Rogélio Ávila. Deu certo. Com um apetite de Dragão, o time do Vale do Mucuri encurralou o Tupi, passando a dominar a partida. Mesmo assim, o Carijó levava perigo nos contra-ataques. Em um deles, aos 11 minutos, Fabiano cruzou na cabeça de Evandro, mas o atacante, perto da pequena área, concluiu nas mãos de Eládio. Aos 16 minutos, Michel Cury recebeu de Felipe Cordeiro dentro da área, saiu da marcação, mas tocou para fora quando estava cara a cara com o goleiro. Aos 30, Rafael Paty, que tinha acabado de entrar, recebeu sozinho dentro da área e tentou encobrir Eládio, que salvou o América mais uma vez.

Então, entrou em campo um dos ditados mais infalíveis do futebol: quem não faz, leva. Faltando dez minutos para o fim da partida, Rogélio Ávila recebeu bola na esquerda, virou para a direita e pediu na área. O forte atacante subiu mais alto que a zaga carijó e o goleiro Rodrigo e deixou tudo igual: 1 a 1. 

Ao final da partida, parte da torcida vaiou o Tupi. O mais criticado foi o treinador Leonardo Condé, que admite que as chances de classificação do Alvinegro ficaram mais difíceis após novo tropeço em casa. Mesmo assim, ele ainda acredita que o Galo possa terminar a primeira fase entre os quatro primeiros. “Ainda tem muito campeonato. Sabemos que esses dois pontos que deixamos de ganhar em casa poderão fazer muita falta lá na frente. O Tupi fica com a obrigação de conseguir, pelo menos, duas vitórias fora de casa para ainda continuar na briga. É um campeonato que eu acredito que vai ser mais equilibrado que no ano passado, quando terminamos em quarto com 21 pontos. Acho que esse ano a pontuação deve diminuir um pouquinho, até pelo equilíbrio que está havendo entre as equipes do interior e pela superioridade das equipes da capital. Não podemos jogar a toalha. Temos que trabalhar e tentar buscar uma vitória fora de casa o quanto antes, de preferência contra o Uberaba para voltar novamente para a briga”, analisou o treinador. 

Ficha técnica:

Tupi: Rodrigo; Felipe Cordeiro, Léo Devanir, Fabrício Soares e Fabiano (Paulo Roberto); Assis, Marcel (Felipe Santos), Michel e Michel Cury; Evandro e Yan (Rafael Paty). Técnico: Leonardo Condé.

América: Eládio; Jadson, Luís Henrique e Júnior Pereira (Rogelio Ávila); Osvaldir, Araújo (Leandrinho), Felipe Dias, Wellington Bruno e Bruno Barros; Chrys (Luizinho) e Jonatas Obina. Técnico: Gilmar Estevam.

Gols: Michel Cury (11’ do 1º T) e Rogelio Ávila (35’ do 2º T).

Cartões Amarelos:

Tupi: Michel Cury, Marcel e Felipe Cordeiro.

América: Chrys, Araújo e Jonatas Obina.

Arbitragem: Emérson de Almeida Ferreira (CBF/FMF)

Assistente 1: Pedro Araújo Dias Cotta (CBF/FMF)

Assistente 2: Marcelo Francisco dos Reis (FMF)

Renda: R$ 7.886

Público pagante: 1.452

Público presente: 1.802

Cruzeiro cola no líder e deixa Ipatinga na lanterna

Na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Cruzeiro derrotou o Ipatinga por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Thiago Ribeiro, aos seis minutos, e Wallyson, aos nove minutos, ambos no segundo tempo. Com o resultado, a Raposa chegou aos mesmos nove pontos do Atlético, que enfrenta o Guarani, em Divinópolis, nesse domingo, 20. Já o Ipatinga segue na lanterna do Mineiro com um ponto em quatro rodadas.

Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Pablo, 3-Naldo, 4-Edcarlos, 5-Marquinhos Paraná, 6-Diego Renan, 7-Everton (15-Wallyson, no intervalo), 8-Leandro Guerreiro, 9-Wellington Paulista (17-Farías, no intervalo), 10-Dudu (16-Pedro Ken, aos 36’2T) e 11-Thiago Ribeiro. Técnico: Cuca

Ipatinga: 1-Raniere, 2-Luizinho (15-Leo Medeiros, aos 21’2T), 3-Marcelinho, 4-Max, 5-Eron, 6-Marinho Donizete (16-Chiquinho, aos 31’1T), 7-Leanderson, 8-Leandro Brasília, 9-Rodrigo Antonio, 10-Wanderson (17-Wanderson Duarte, no intervalo) e 11-Alessandro. Técnico: Wasterdeyle Lima

Texto: Thiago Stephan

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 Cruzeiro Esporte Clube  Cruzeiro Esporte Clube 28 11 9 1 1 29 8 21
2 Clube Atlético Mineiro  Clube Atlético Mineiro 26 11 8 2 1 32 15 17
3 América Futebol Clube  América Futebol Clube 23 11 7 2 2 25 17 8
4 América Futebol Clube de Teófilo Otoni  América Futebol Clube de Teófilo Otoni 21 11 6 3 2 23 18 5
5 Villa Nova Atlético Clube  Villa Nova Atlético Clube 16 11 4 4 3 17 14 3
6 Tupi Foot Ball Club   Tupi Foot Ball Club 15 11 4 3 4 15 15 0
7 Associação Atlética Caldense  Associação Atlética Caldense 13 11 3 4 4 9 13 -4
8  Guarani Esporte Clube   Guarani Esporte Clube 10 11 3 1 7 18 22 -4
9 Uberaba Sport Club  Uberaba Sport Club 10 11 2 4 5 14 22 -8
10 Esporte Clube Democrata  Esporte Clube Democrata 7 11 1 4 6 17 28 -11
11  Ipatinga Futebol Clube   Ipatinga Futebol Clube 7 11 1 4 6 10 21 -11
12  Funorte Esporte Clube   Funorte Esporte Clube 5 11 1 2 8 10 26 -16


Voltar

Uma Resposta to “Tupi perde caminhão de gols e cede empate”

  1. 19/02/2011 às 21:02

    Deixar de ser Tupi, não vou com certeza, agora que está mais do que na hora do clube pensar médio, nem é grande quero, está. Ano que vem, serão 100 anos. Convenhamos, pelo tempo, pela luta, está muito aquém de seu nome. Mas, a verdade é que um é o reflexo do outro. Um título do módulo II e uma taça Minas, convenhamos!
    Não dá mesmo para levar mais do que os tradicionais mil e poucos torcedores ao estádio. A gente senti na transmissão, até abaixo o som, porque sabe que a coisa não vai terminar bem. Foi o que aconteceu hoje, mais uma vez. O que não consigo engolir, são clubes de cidades muito menores, fortes. Se bem que, menores, mas com pessoas mais orgulhosas de suas cidades.

Deixe uma resposta

Notícias


21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.