17 fev 2011

“Não esperava 5×0, mas tinha convicção em vencer”



Wallyson marcou dois na goleada do Cruzeiro sobre o Estudiantes


Belo Horizonte (MG),17 de fevereiro de 2011

A goleada por 5 x 0 sobre o Estudiantes-ARG, na noite da quarta, 16, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela 1ª rodada da fase de grupos da Copa Santander Libertadores, com certeza surpreendeu grande parte da torcida cruzeirense. De fato, o placar elástico pegou de surpresa até mesmo o técnico Cuca, que estava confiante em uma coisa: na vitória.

“Não esperava os 5 x 0, mas tinha convicção em vencer. Era um jogo que foi colocado como revanche (pela final da Libertadores de 2009), e eu nem estava aqui. Mas entrei no espírito. Tirou um peso, principalmente do torcedor. Estou muito contente com aquilo que a equipe produziu hoje”, afirmou.

O treinador explicou que as quatro mudanças promovidas na equipe titular (a estreia do zagueiro Uruguai o Mauricio Victorino, e a entrada do volante Marquinhos Paraná, do meia Roger e do atacante Wallyson) foram em função das observações feitas em gravações de jogos recentes do adversário.

“Depois que olhamos o vídeo do Estudiantes contra o Quilmes e o Newell’s Old Bys, entendemos o jeito como eles jogavam, estudamos bem, e colocamos em campo uma equipe estudada para esta partida. Foram quatro mexidas. É sempre um risco, pois você tem uma equipe acostumada a jogar junto. Mas senti que era o momento de dar uma mexida, uma chacoalhada, e deu certo”, disse Cuca, que falou sobre a escolha de Wallyson e a boa atuação do atacante, que fez dois gols.

“Explorei a característica do jogador, dando uma liberdade maior para o Montillo, o Roger e o Gilberto. E ficou uma equipe bem encaixada. Foi um jogo em que o adversário teve algumas chances, não muitas e, de uma maneira geral, serviu para levantar o astral de todo mundo. Essa competição é assim, jogo a jogo. Talvez se for para jogar lá, contra o Estudiantes, essa formação não seja a ideal para enfrentá-los”.

O treinador destacou a entrega e a boa atuação de seus comandados. “Todos corresponderam bem, quem começou e quem entrou no jogo. Começamos muito bem, fizemos o primeiro gol com um minuto. Depois esperamos um pouco para entender o adversário e comandamos o jogo. Em termos ofensivos temos jogado muito bem. Hoje tivemos um equilíbrio um pouco maior”, finalizou Cuca, lembrando dos 15 gols marcados pelo Cruzeiro em cinco jogos na temporada.

Fonte: site oficial do Cruzeiro (www.cruzeiro.com.br) / Diogo Finelli
Foto: Juliana Flister/Vipcomm


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias
@toquedebolajf

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.