24 fev 2011

Dorival chama erro do árbitro de grotesco



 

Juiz de Fora (MG), 24 de fevereiro de 2011

Lamentando o erro de arbitragem que classificou como grotesco, o técnico Dorival Júnior (foto) destacou a evolução do Atlético no segundo tempo da vitória por 3 a 2 sobre o IAPE, na noite de quarta-feira, 23, no Maranhão, pela Copa do Brasil.

“A classificação antecipada passava na cabeça de muita gente, mas sabíamos que seria um jogo complicado, um jogo difícil, muito disputado. As equipes se preparam muito para esse tipo de competição e foi assim. O adversário foi valente, brioso e, acima de tudo, muito leal, isso é importante ressaltar”, analisou Dorival.

“Reclamamos apenas a atitude da arbitragem porque, além do bandeirinha ter levantado a bandeira, o árbitro também apitou, paralisou a jogada e a nossa equipe parou. A jogada do segundo gol do IAPE foi grotesca porque, se o bandeira levanta a bandeira e o árbitro apita, o que mais que tem que acontecer para paralisar o jogo? Foi apenas isso que nós questionamos”, acrescentou o treinador.

Para Dorival Júnior, o Galo não foi bem no primeiro tempo e melhorou na etapa final. Segundo ele, o time maranhense jogou um bom futebol.

“Foi uma equipe compacta, que trabalhou a bola, girou a bola. Fomos muito mal no primeiro tempo e, no segundo tempo, corrigimos nosso posicionamento, melhoramos, antecipamos nossa marcação e exploramos um pouco mais as jogadas de velocidade. Foi um teste muito importante e temos que ter consciência que esse tipo de campeonato é mais que complicado, mais que difícil e toda atenção é pouca, toda concentração é necessária para que tenhamos uma boa participação”, concluiu o técnico atleticano.

Árbitro: Andrey Silva (PA)

Auxiliares: José Costa (PI) e Francisco Gaspar (PI)

 Galo mantém 100% de aproveitamento em 2011

Com o resultado, o Galo chegou a 5ª vitória consecutiva na temporada e manteve a equipe com 100% de aproveitamento em 2011. Até agora, o Alvinegro venceu o Funorte (2 x 1), o Tupi (4 x 1), o Cruzeiro (4 x 3), o Guarani (4 x 2) e o IAPE (3 x 2). Nas cinco vitórias, o ataque atleticano marcou 17 gols, média de 3,4 por partida. O artilheiro da equipe é Diego Tardelli, com cinco gols, seguido por Magno Alves e Neto Berola, que marcaram quatro vezes cada.

Fonte: www.atletico.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

18 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 set 2017
Diretoria do Tupi estuda manter preços promocionais para o jogo de volta

16 set 2017
Aílton cita título brasileiro de 96 pelo Grêmio, contra a Lusa, para animar jogadores

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.