02 fev 2011

Com que roupa – parte 3



Juiz de Fora (MG), 2 de fevereiro de 2011

As novas camisas do Tupi já estão sendo vendidas no comércio de Juiz de Fora. Mas só o uniforme número 1 – listrado em branco e preto – está disponível. Apenas a Gravina Sports, loja situada na Rua Batista de Oliveira, 179, no Centro, já possui a camisa, que está custando R$ 65,90.

Os shorts oficiais devem chegar nesta quinta-feira, 3. Já o uniforme branco, com o qual o Carijó deve enfrentar o Atlético no final de semana, será vendido a partir da próxima semana.

Segundo o vendedor Wenerson Silva, a procura pelas camisas do Alvinegro é grande neste início de Campeonato Mineiro. Em janeiro, a média foi de uma venda por dia. “Na média, de dez a 15 clientes procuram pela camisa do Tupi diariamente. Na véspera dos jogos, as vendas aumentam. No último sábado, vendi todas as camisas que tinha na loja, mesmo sendo do modelo do ano passado”, comentou.

Não é só o apaixonado torcedor carijó quem compra a camisa do Alvinegro. O gerente da Gravina Sports, Jaci Aparecido, comenta que muitas pessoas compram o uniforme para presentear pessoas de outras cidades. “Já tive clientes que compraram para presentear amigos do Paraná, de São Paulo, de Goiás e até do Rio Grande do Sul”, disse.

Ainda segundo Jaci, os torcedores do Tupi estão mais animados em 2011, já que, em sua avaliação, “todo ano a esperança se renova e motiva o torcedor.”

Texto: Thiago Stephan


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.