13 jun 2014

Com o pé direito! Brasil vence Croácia de virada por 3 a 1 na estreia



O Brasil estreou com o pé direito na Copa do Mundo, vencendo a Croácia por 3 a 1, de virada, gols de Neymar (2) e Oscar, nesta quinta-feira, 12, na Arena Corinthians. O gol croata foi marcado por Marcelo, contra. O resultado veio após uma partida repleta de dificuldades, um pênalti mal marcado e o talento dos meias brasileiros.

“Foi melhor do que eu esperava. Queria a vitória, mas que bom que os gols vieram também.Todos meus gols saíram mascados, mas é difícil de buscar. Não saiu como queria, mas o importante é que foi gol”, conta Neymar, após a partida.

Autor do gol contra, o lateral-esquerdo, Marcelo, revelou que o apoio das arquibancadas foi essencial na continuidade da partida.

“O início foi com muita tensão. Começar com um gol contra, sabendo que foi sem querer, é difícil, mas a torcida do meu lado começou a gritar meu nome e fiquei tranquilo. Vi que era um problema que poderia ser resolvido e deu tudo certo no fim”, conta.

O zagueiro da Seleção Brasileira, Thiago Silva, mostrou otimismo após a atuação da equipe na estreia.

“Estreia difícil. Nossa equipe tirou um grande peso e responsabilidade das costas. Costumo falar da pouca idade que nosso time tem, mas a personalidade que possuímos é impressionante. Pelas circunstâncias da partida, tudo mostra que nosso time está pronto”, afirma o capitão da equipe.

Neymar marcou os dois gols da virada brasileira

Neymar marcou os dois gols da virada brasileira

O jogo

A primeira finalização da partida foi croata. O meia Kovacic recebeu bola pela esquerda e, da entrada da área, arrematou para fora. Mesmo assim, o Brasil possuía maior posse de bola e o adversário marcava após o meio campo, tentando jogar no erro da Seleção Canarinho. Aos 5 minutos, em jogada de bola parada, David Luiz cabeceou com direção ao gol, mas fraco, facilitando a defesa de Pletikosa.

No lance seguinte, o primeiro susto brasileiro. Perisic cruzou bola da direita e Olic cabeceou com muito perigo para o gol de Julio Cesar, quase abrindo o placar. A Croácia se aproveitava dos erros dos mandantes em ataque pelos lados do campo. Aos 10, a estratégia gerou resultado. Olic recebeu bola pela esquerda, cruzou rasteira com força na direção de Jelacic. O atacante croata furou a bola, que sobrou para Marcelo. O lateral pegou mal na bola, que foi parar no fundo das redes. 1 a 0 Croácia.

Parte da iluminação da Arena Corinthians falhava, assim como as investidas ofensivas do Brasil, quase sempre comandadas por Neymar, mais centralizado em campo. Os pentacampeões do mundo chegaram com perigo pela primeira vez aos 20 minutos, em penetração de Paulinho e finalização forte do volante no meio do gol, obrigando boa defesa de Pletikosa. Era o início de uma pressão brasileira.

No minuto seguinte, Neymar fez bela jogada individual pela direita, cruzou rasteira e Fred quase chegou para marcar. Na sobra da bola tirada pelos croatas, Oscar finalizou e Pletikosa salvou o que seria o empate dos brasileiros.

Aos 28, o principal jogador da Seleção Brasileira justificou as esperanças depositadas pelo torcedor. Neymar recebeu bola de Oscar e, da entrada da área, finalizou cruzado, rasteira. A bola pegou no pé da trave esquerda de Pletikosa e entrou, igualando o placar e levando o público presente na Arena à loucura.

A primeira etapa seguiu com maior posse de bola do Brasil, mas sem novas oportunidades de gol. A partida voltou do intervalo com as equipes apresentando as mesmas propostas dos 45 minutos iniciais. O Brasil tinha a bola e a Croácia abusava dos contra-ataques, principalmente pelo lado defendido por Daniel Alves.

Aos 10 minutos, Perisic finalizou de fora da área para fora, na primeira finalização da etapa complementar. Aos 21, em cobrança de falta, Daniel Alves levou perigo ao gol de Pletikosa. Felipão promoveu a entrada de Hernanes no lugar de Paulinho e, pouco depois, de Bernard no lugar de Hulk. Logo em seguida, aos 23, Fred se jogou na área e o árbitro japonês, Yuichi Nishimura, caiu na do centroavante brasileiro, apontando para a marca do penal. Neymar cobrou, Pletikosa tocou na bola, mas não foi o suficiente para evitar a virada verde e amarela.

Mesmo em desvantagem, os croatas seguiam apostando em contra-ataques pelas laterais. A partida era veloz, mas com poucas finalizações perigosas. Nos minutos finais de jogo, os visitantes tentaram pressionar. Aos 37 minutos, em cruzamento pela esquerda, Júlio Cesar espalmou e a bola sobrou para os croatas finalizarem para dentro do gol. No entanto, a arbitragem apareceu novamente, desta vez acertando, marcando falta de Olic no goleiro do Brasil.

Aos 40, Modric finalizou rasteira e Julio Cesar novamente espalmou. Felipão colocou Ramires no lugar de Neymar e o Brasil recuou quase totalmente. Após nova defesa de Julio Cesar, Oscar puxou contra-ataque e, de bico, sacramentou a vitória dos donos da casa. 3 a 1 Brasil e um início com o pé direito no Mundial.

 

Ficha Técnica Brasil 3 x 1 Croácia

Local: Arena Corinthians, em São Paulo
Data: 12 de junho de 2014 (quinta-feira)
Horário: 17h (de Brasília)
Público: 62.103
Árbitro: Yuichi Nishimura (Japão)
Assistentes: Toru Sagara (Japão) e Toshiyuki (Japão)
Cartões amarelos: Neymar e Luiz Gustavo (BRA); Corluka, Lovren (CRO)
Gols: Marcelo (contra), aos 11min, e Neymar, aos 29min do primeiro tempo; Neymar, aos 26min, e Oscar aos 46min do segundo tempo

Brasil: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes), Hulk (Bernard), Oscar e Neymar; Fred. Téc.: Luiz Felipe Scolari

Croácia: Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Vrsaljko; Modric, Rakitic, Kovacic (Brozovic), Perisic e Olic; Jelavic (Rebic). Tec.: Niko Kovac

 

Texto: Bruno Kaehler

Foto: Fifa/Getty

 

 


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira


20 out 2017

Mano Menezes renova contrato por dois anos com Cruzeiro


19 out 2017

CBF anuncia “dindim” do Brasileirão: campeão leva R$ 18 milhões e 16º lugar terá R$ 744 mil

Notícias


20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira


20 out 2017

Com Leozinho na seleção da rodada, JF Vôlei busca vitória contra Montes Claros, que já afastou treinador


19 out 2017

Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube


19 out 2017

Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.