10 mar 2013

Fogão fura retranca vascaína e conquista Taça Guanabara



Com gol do lateral Lucas, o Botafogo garantiu na tarde deste domingo, 10, o sétimo título da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. No Engenhão, o Alvinegro venceu o Vasco por 1 a 0. O time de General Severiano foi, durante grande parte da partida, mais ofensivo do que o Cruzmaltino, que tinha a vantagem do empate e jogou com o regulamento nos braços.

Apesar de estar recuado, a primeira boa chance de gol na partida desta tarde no Engenhão foi a favor do Vasco. Aos nove minutos da etapa inicial, Nei tocou para Eder Luis, que cruzou para Carlos Alberto sozinho na pequena área. Porém, sem ângulo para uma boa finalização, ele acabou mandando a bola na rede pelo lado de fora.

O Botafogo estava mais presente no campo de ataque durante grande parte do tempo – tanto que teve 62% de posse de bola no primeiro tempo, contra 38% de posse do Vasco – mas esbarrava em erros no último passe e em até defesas de Alessandro, goleiro cruzmaltino, que foi um dos nomes da decisão por parte do clube de São Januário.

A primeira prova disto foi aos 35 minutos. Bolívar achou Fellype Gabriel na entrada da área, que chutou forte, mas a bola acabou subindo demais. Quatro minutos após, foi a vez do goleiro Alessandro fazer milagre em finalização de Lodeiro. O primeiro tempo da final do primeiro turno do Campeonato Carioca terminou sem gols e com título indo para o Vasco.

Segundo tempo

O panorama do segundo tempo permaneceu praticamente o mesmo do apresentado antes do intervalo. O Botafogo continuava mais ofensivo, enquanto o Vasco seguia recuado por ter a vantagem do empate para conquistar o título. E a primeira chance do Alvinegro apareceu aos cinco minutos, quando Seedorf cobrou falta na cabeça de Bolívar, que cabeceou para baixo, obrigando Alessandro a fazer mais uma grande defesa, apesar do auxiliar assinalar impedimento de forma correta.

Mais dois lances importantes para o Botafogo aconteceram aos dez e 12 minutos da etapa final. No primeiro, Lodeiro foi lançado na área e Alessandro chegou forte e derrubou o jogador do Alvinegro dentro da grande área. Os torcedores pediram a marcação da penalidade, mas o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães acabou mandando o lance seguir. De forma errada, já que o goleiro do Vasco acertou a bola e também o Lodeiro. Na segunda, Lucas cruzou para Vitinho, que desviou para fora e desperdiçou uma ótima chance. Era para ter trabalhado mais a finalização nesta jogada.

Aos 26 minutos, Carlos Alberto e Bernardo, os dois jogadores do Vasco, acabaram se desentendendo após o lance em que o Bernardo mandou a bola para Carlos Alberto que, ao invés de bater, tentou passar por três e acabou tocando de volta para Bernardo. Porém, estava em posição de impedimento. Uma jogada equivocada que acabou mexendo com o ânimo do Vasco nos minutos seguintes.

E o retrato disso ficou claro aos 35 minutos, quando o Botafogo, que foi mais ofensivo do que o Vasco desde o início da partida, marcou o gol do título com Lucas. Seedorf começou a jogada dando um bonito passe de calcanhar para Julio Cesar, que mandou a bola na área. Ela passou por todos e Bolívar a pegou. O zagueiro rolou para Lucas que não desperdiçou desta vez e colocou o 1 a 0 no marcador a favor do Botafogo.

O Vasco chegou a empatar novamente a partida aos 38 minutos, mas o gol foi anulado de forma correta pela arbitragem, que assinalou impedimento de Renato Silva, após rebote de Jefferson em cobrança de falta de Fellipe Bastos. Não deu tempo de mais nada. Botafogo campeão da Taça Guanabara 2013 e de forma merecida, já que buscou o gol a todo minuto. Que o Vasco use o jogo deste domingo de lição para quando novamente tiver com vantagem do empate no futuro, não ficar tão recuado e buscar fazer o simples para sair campeão.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 1 BOTAFOGO
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 10/3/2012 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Michael Correia (RJ)
Renda/público: R$ 1.617.180,00 / 32.770 pagantes
Cartões amarelos: Wendel, Eder Luis, Thiago Feltri, Abuda, Carlos Alberto (VAS) e Marcelo Mattos, Seedorf, Jefferson (BOT)
GOL: Lucas 35’/2ºT (0-1)
VASCO: Alessandro, Nei, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri (Fellipe Bastos 28’/2ºT); Abuda, Wendel (Dakson 38’/2ºT), Pedro Ken e Carlos Alberto; Bernardo (Romário 38’/2ºT) e Eder Luis. Técnico: Gaúcho.
BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Vitinho intervalo), Gabriel, Fellype Gabriel, Seedorf e Lodeiro (André Bahia 45’/2ºT); Rafael Marques (Bruno Mendes 21’/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Texto: www.lancenet.com.br


Voltar

3 Respostas to “Fogão fura retranca vascaína e conquista Taça Guanabara”

Deixe uma resposta


Mais notícias



20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira


20 out 2017

Mano Menezes renova contrato por dois anos com Cruzeiro


19 out 2017

CBF anuncia “dindim” do Brasileirão: campeão leva R$ 18 milhões e 16º lugar terá R$ 744 mil

Notícias


24 nov 2017

“Legião juiz-forana” do Pérolas Negras vibra com títulos e Novaes projeta “time mundial de refugiados”


24 nov 2017

Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final


22 nov 2017

Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores


22 nov 2017

JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.