12 jan 2013

Vagner Love deixa o Flamengo. Resultado? Coletiva sábado à noite!



No dia em que abriu os braços para receber e apresentar o volante Elias, o Flamengo estendeu as mãos para cumprimentar e dar adeus ao principal expoente do time na última temporada: Vagner Love. Neste sábado, o atacante avisou aos companheiros que acertou o retorno ao CSKA, da Rússia. Mais tarde, o clube fez o anúncio em seu site oficial.

– Depois do pagamento de salários e contratação de novos reforços, uma notícia não muito boa para o torcedor rubro-negro: Vagner Love está deixando o Flamengo. Em decisão conjunta com a diretoria, o atacante resolveu voltar a jogar na Rússia, sendo liberado pelo Flamengo – diz a íntegra do texto no site do Fla.

Na despedida, no saguão do hotel Windsor, na Barra da Tijuca, Love aparentou desconforto com a situação. Ele comentou que não desejava sair do Flamengo daquela forma, mas que depois do que ouviu em uma reunião com a diretoria não teve outra escolha. Ele seguiu com a delegação para o Ninho do Urubu e nem participou do treinamento da tarde, apenas se despediu dos companheiros.

Em sua segunda passagem pelo Fla, o Artilheiro do Amor disputou 52 jogos e marcou 24 gols. Somando os seis meses em que esteve no clube em 2010, Love disputou 81 partidas e marcou 47 vezes (média de 0,58 gol/jogo). Ele não conquistou título algum no clube de coração.

Coletiva no sábado à noite

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e Vagner Love fizeram na noite deste sábado, na Gávea, um pronunciamento sobre a saída do atacante, que está voltando ao CSKA Moscou. Ambos não quiseram responder perguntas e mostraram tristeza por conta do anúncio. Apesar disso, ressaltaram que a decisão foi boa para o clube e para o jogador. O primeiro a falar foi Bandeira, que vestia bermuda e camisa da torcida Flaloha, organizada do Fla no Havaí.

– Infelizmente é para dar uma notícia que não é muito boa, a saída do Vagner Love do Flamengo nesse momento. Recebemos proposta do CSKA, entendemos que era boa para as duas partes. Resolvemos aceitar. Deixar claro que tenho respeito e admiração pelo Vagner Love. Sempre se comportou de maneira correta, honrou o manto sagrado, a camisa do Flamengo. Ìdolo da torcida, meu ídolo, ídolo dos meus filhos. Gostaria de desejar sorte na nova etapa da carreira e que no futuro possa vir encerrar a carreira dele no Flamengo. Não há muito o que falar.

Love que ainda trajava uniforme do Flamengo utilizado durante as concentrações, disse estar de “coração na mão” por conta da decisão de aceitar a oferta para voltar ao CSKA.

– Só concluindo o que o presidente disse. Saíram muitas coisas antes do acordo. Diziam que eu estava chateado, que estava isso ou aquilo. É a segunda vez que estou encontrando o presidente, não houve desentendimento. Recebemos a proposta, conversamos, vimos o que era melhor para as duas partes. Por isso estou de saída do Flamengo, coração na mão, todo mundo sabe meu desejo. Mas podem ter certeza de que minha história não vai acabar. Acredito que estou deixando a porta aberta para voltar e realizar meus sonhos aqui. Um beijo, agradeço a todos os rubro-negros pelo carinho. Vou ter sempre muito carinho sempre. Com certeza não vai parar por aqui – disse o atacante, que deu um rápido abraço em Bandeira antes de se retirar.

Love avisou neste sábado aos companheiros que havia acertado o retorno ao CSKA. Na despedida, no saguão do hotel Windsor, na Barra da Tijuca, o atacante aparentou desconforto com a situação. Ele comentou que não desejava sair do Flamengo daquela forma, mas que depois do que ouviu em uma reunião com a diretoria não teve outra escolha. Ele seguiu com a delegação para o Ninho do Urubu e nem participou do treinamento da tarde, apenas se despediu dos companheiros.

A questão financeira pesou na saída do atacante. Até agora, o Flamengo pagou € 4 milhões aos russos (R$ 10,8 milhões na cotação atual). O clube ainda deve € 6 milhões (R$ 16,2 milhões) pela contratação do atacante. No acordo inicial entre os clubes, o saldo deveria ser quitado até 2014. O CSKA propôs esquecer a dívida e fez uma proposta salarial vantajosa a Vagner Love para tê-lo de volta. Aos companheiros, o Artilheiro do Amor disse que viajará a Moscou na próxima terça-feira.

Em sua segunda passagem pelo Fla, o Artilheiro do Amor disputou 52 jogos e marcou 24 gols. Somando os seis meses em que esteve no clube em 2010, Love disputou 81 partidas e marcou 47 vezes (média de 0,58 gol/jogo). Ele não conquistou título algum no clube de coração.

Texto, foto e informações: www.globoesporte.com


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



05 dez 2017

Tupi aparece em 46º lugar em ranking atualizado da CBF. Palmeiras e Cruzeiro empatados na liderança


01 dez 2017

Brasil pega Suíça, Costa Rica e Sérvia em primeira fase “cansativa” na Copa do Mundo. Veja tabela completa


20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira

Notícias


14 dez 2017

JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga


13 dez 2017

Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador


12 dez 2017

Sistema FIEMG inaugura Parque Aquático do SESI em Juiz de Fora


11 dez 2017

Henrique Furtado reforça Cruzeiro na Polônia e não dirige JF Vôlei contra Corinthians


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse