01 abr 2012

Misto do Vasco goleia e ainda ajuda Flamengo e Botafogo



por ESPN.com.br
O Vasco viajou e entrou em campo com um time misto neste sábado, mas não teve nenhuma dificuldade para golear o Macaé por 4 a 1. Juninho, duas vezes, Diego Souza e Eder Luís marcaram os gols da vitória cruzmaltina, e Pipico descontou para os donos da casa.

Com a vitória, o Vasco dorme na liderança do grupo B da Taça Rio. O time cruzmaltino foi a 11 pontos, dois a mais que o Bangu, que joga ainda neste domingo, contra o Flamengo. O placar, porém, acabou ajudando os principais rivais. Tudo porque o Macaé tem 12 pontos, só um a menos que o Botafogo e empatado com o Fla na segunda posição.

O Vasco entrou em campo com um time misto justamente porque tem um compromisso importantíssimo no meio de semana pela Libertadores. Pressionada, a equipe vai até o Peru para enfrentar o Alianza Lima na terça-feira. No Carioca, o próximo duelo é justamente o clássico contra o Flamengo, no domingo de Páscoa.

O curioso é que um dos destaques deste sábado será desfalque no jogo da Libertadores. Juninho Pernambucano vai passar por uma cirurgia dentária e será desfalque para o técnico Cristóvão Borges contra os peruanos.
O jogo – Os dois times começaram a partida buscando o ataque. No Vasco, o meia Juninho Pernambucano se movimentava bastante pelos lados do campo, procurando acionar Eder Luis que se deslocava para abrir espaço para os lançamentos. Já o Macaé tentava tocar a bola com velocidade para surpreender a marcação cruzmaltina e se revelava mais objetivo em suas jogadas ofensivas. Aos quatro minutos, depois de uma saída errada da defesa do Vasco, a bola acabou ficando com Wallacer que mandou uma boma em cima de Fernando Prass que conseguiu fazer a defesa. Logo depois foi a vez de Josiel arriscar de fora da área e mandar longe do gol.

Aos sete minutos, Pipico foi lançado nas costas da zaga, penetrou na área, passou pelo goleiro Fernando Prass mas perdeu o ângulo e concluiu muito mal, desperdiçando uma ótima oportunidade. A resposta do Vasco veio em cobrança de falta de Juninho que Fabricio, de costas, escorou de cabeça, mas a bola bateu na trave esquerda para felicidade do goleiro Luís Henrique que estava inteiramente batido.

Aos 10 minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. Alecsandro se aproveitou do vacilo de marcação, arrancou pela esquerda e fez um passe preciso para Diego Souza que penetrou pelo meio e bateu sem chances para o goleiro do Macaé.

O Vasco ampliou aos 13 minutos quando Diego Souza recuperou a bola na intermediária e lançou Juninho Pernambucano que entrava pela direita. O veterano apoiador teve calma para esperar a saída do goleiro e colocar nas redes.

O Macaé reduziu a vantagem vascaína aos 17 minutos. Após cobrança de falta executada por André Gomes, Pipico subiu mais do que os zagueiros vascaínos e mandou de cabeça no canto esquerdo de Fernando Prass que não esboçou a menor reação.

Apesar da forte chuva, os dois times jogavam de forma aberta, proporcionando bons momentos para os torcedores presentes. Aos 22 minutos, André Gomes tentou surpreender o goleiro com um chute rasteiro que foi bem defendido por Fernando Prass. Aos 25 foi a vez de Eder Luis tabelar com Felipe Bastos e bater por cima do travessão.

Aos 33 minutos, Diego Souza fez lançamento perfeito para Alecsandro que entrou em velocidade e meteu a cabeça para grande defesa de Luis Henrique. O Macaé não se assustou e quase chegou ao empate em lançamento para Pipico mas o goleiro Fernando Prass chegou primeiro e afastou o perigo.

O Vasco marcou o terceiro gol aos 36 minutos. Dieyson descobriu Eder Luis na grande área e o atacante deu um drible desmoralizante em Douglas Assis e chutou. A bola desviou em Gedeil e deixou o goleiro Luis Henrique sem ação. Aos 41 minutos, o time dirigido por Cristovão Borges quase marcou o quarto gol em jogada individual de Eder Luis que penetrou pela direita e mandou a bolmba, mas a bola subiu muito. Aos 44 minutos, novamente Eder Luis concluiu depois de boa tabela entre Juninho e Alecsandro.

Aos 45 minutos, em grande jogada individual, Juninho Pernambucano recebeu na entrada da área, driblou dois zagueiros do Macaé e colocou de perna esquerda no ângulo direito para marcar o quarto gol, definindo o placar da primeira etapa. Esse goi foi considerado por Juninho como um dos mais bonitos da sua longa carreira.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o jovem atacante Romário,revelado no Americano de Campos, no lugar de Alecsandro. E aos três minutos, o time comandado por Cristovão Borges teve a chance de marcar o quinto gol quando Juninho cruzou fechado e quase surpreendeu o goleiro Luis Henrique que precisou se esticar para espalmar para escanteio.

O Macaé partiu para o ataque e deixava espaços para os atacantes cruzmaltinos. Aos 12 minutos, Eder Luis foi lançado na corrida, se livrou do zagueiro Ramon e chutou de esquerda mas a bola saiu fraca e acabou nas mãos de Luis Henrique.

Aos 15 minutos, depois de boa troca de passes, a bola acabou nos pés de Felipe Bastos que bateu cruzado e levou perigo ao gol da equipe da Região dos Lagos.Aos 19 minutos, Juninho tentou surpreender Luis Henrique em cobrança de falta do lado direito, mas o goleiro do Macaé conseguiu fazer a defesa, rebatendo para frente e permitindo que a zaga aliviasse o perigo.

Com a partida decidida, Cristovão decidiu poupar alguns jogadores uma vez que o Vasco tem partida pela Libertadores na terça-feira, diante do Alianza de Lima. E aos 29 minutos, Wiliam Barbio que tinha entrado no lugar de Eder Luis foi lançado por Eduardo Costa e livre diante de Luis Henrique, acabou chutando para fora, desperdiçando a chance de anotar o quinto gol.

O Macaé ainda tentou incomodar a defesa vascaína e Pipico, aos 36 minutos, obrigou Fernando Prass a praticar grande defesa. O Vasco gastou os últimos minutos apenas tocando a bola e administrando o resultado, já que a sua missão estava cumprida.

FICHA TÉCNICA VASCO 4 X 1 MACAÉLocal: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 31 de março de 2012 (Sábado)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Wagner Santos (RJ) e Jackson dos Santos (RJ)
Cartões amarelos: Ramon(Mac); Felipe Bastos, Allan, Diego Souza(Vas)
Gols: MACAÉ – Pipico aos 17 minutos do primeiro tempo; VASCO – Diego Souza aos dez, Juninho Pernambucano aos 12 e 45 e Eder Luis aos 36 minutos do primeiro tempo

VASCO: Fernando Prass, Allan, Douglas, Fabrício e Dieyson; Rômulo, Fellipe Bastos, Juninho Pernambucano e Diego Souza (Eduardo Costa); Eder Luis (Wiliam Barbio) e Alecsandro (Romário). Técnico: Cristóvão Borges

MACAÉ: Luís Henrique, Waldir, Ramon, Douglas Assis e Edson; Gedeil, Wágner, André Gomes (Norton) e Wallace (Tiago Lima); Pipico e Josiel (Charles Chad). Técnico: Toninho Andrade
Compartilhe
t


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



17 abr 2018

CBF divulga entrada de 68 milhões de euros em transferências internacionais este ano


09 abr 2018

‘Pra mim, ele toca na bola, mas a decisão é sua’”. Veja explicação de lance polêmico na final paulista


17 mar 2018

Divulgados datas e horários das 12 primeiras rodadas da Série A

Notícias


21 abr 2018

Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe


19 abr 2018

Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final


19 abr 2018

Futsal: Léo Aleixo vibra com títulos e adaptação da família na Bélgica


18 abr 2018

Pelo sonho do futebol, Luiz Gustavo finca pé (e mãos) em Portugal


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.