08 mar 2012

Ricardo Teixeira pede licença da CBF por tempo indeterminado. Marin assume



Rio de Janeiro (RJ), 8 de março de 2012

Foram 23 anos e 2 meses. O mandato mais longo de um presidente na história da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF. Uma era que pode ter chegado ao fim nesta quinta-feira, 8 de março de 2012. Ricardo Terra Teixeira pediu afastamento do cargo por licença médica.

A informação foi confirmada ao ESPN.com.br pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero. “A notícia da licença é natural. Já se tinha falado sobre isso muitas vezes. Não é nada de anormal. Não estipularam para mim o tempo de ausência”, disse Del Nero.

Segundo o estatuto da CBF, o prazo máximo para o afastamento do presidente é de 60 dias. Del Nero confirmou, também, que José Maria Marín – o vice-presidente mais velho da entidade – assumirá o cargo. E, nas palavras do mandatário da FPF, pouca coisa deve mudar no comando da entidade máxima do futebol brasileiro.

“Se ele é presidente, ele tem autonomia, de acordo com programação do presidente anterior. Ele vai seguir a mesma linha do presidente anterior, até por lealdade”, disse Del Nero ao ESPN.com.br.

 Texto: www.espn.com.br


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



08 jan 2018

Philippe Coutinho é apresentado no Barcelona e agradece “esforço e paciência”


08 jan 2018

São Paulo tem saídas confirmadas de Lucas Pratto e Hernanes


08 jan 2018

Oficial: Rueda deixa o Flamengo e vai treinar seleção do Chile. Carpegiani assume

Notícias


18 jan 2018

Barroso vê derrota natural, diz que planejamento é vaga na semifinal e espera Uberlândia fechado em JF


18 jan 2018

Próximo adversário do Tupi, Uberlândia perde em casa. Veja como começou o Estadual


17 jan 2018

“Barraco” no Poço Rico! Eleições do Tupynambás viram caso de polícia


17 jan 2018

Cruzeiro x Tupi: choque de realidades marca estreia do Carijó no Campeonato Mineiro


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse