22 fev 2012

Deivid perde gol sem goleiro, Vasco vence mais uma de virada e decide Taça Guanabara



Rio de Janeiro (RJ), 23 de fevereiro de 2012

Depois de 90 minutos muito movimentados, emocionantes e repleto de boas chances para os dois lados no estádio do Engenhão, o primeiro finalista da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, foi definido nesta quarta-feira.

Mesmo levando um gol relâmpago de Vágner Love logo aos 2 minutos, o Vasco reagiu e virou para 2 a 1 com Alecsandro, aos 14 da etapa inicial, e Diego Souza, aos 32 do segundo tempo, para garantir a vaga na decisão do primeiro turno do Carioca.

Após superar o Flamengo, o Vasco, que mantém os 100% de aproveitamento no Estadual agora aguarda o vencedor do clássico desta quinta-feira, 21h, entre Botafogo e Fluminense para conhecer seu adversário na final da Taça Guanabara. A equipe cruz maltina não conquista o título Carioca desde 2003.

O Vasco quebrou um incômodo jejum nesta quarta-feira. Depois de oito partidas, a equipe cruz maltina voltou a vencero seu maior rival, o Flamengo.

Certamente, um dos “vilões” da derrota flamenguista será o atacante Deivid. O camisa 9 do Flamengo conseguiu, sozinho dentro da pequena área e com o gol vazio, mandar a bola na trave no final da primeira etapa, perdendo um gol que ajudaria muito sua equipe.

O jogo – O Flamengo começou a partida com tudo, pressionado o Vasco. Os cruzmaltinos erravam muitos passes e sofreram o revés logo com dois minutos. Após um erro desses Vágner Love foi lançado, passou por Fagner e chutou da entrada da área e acertou o ângulo direito de Fernando Prass, que nada pode fazer para impedir a abertura de placar no Engenhão.

Somente depois do gol sofrido, o Vasco acordou na partida e passou a buscar mais o ataque. Aos poucos, os cruzmaltinos equilibraram e chegaram aos empate aos 14 minutos. Juninho Pernambucano arriscou de longe, a bola quicou antes de Felipe, que rebateu para frente e sobrou para Alecsandro só tocar para a rede rubro-negra para deixar tudo igual no clássico.

Após o empate, o clássico voltou a ficar equilibrado, mas com o Vasco tendo mais objetividade no ataque. O Flamengo buscava os contra-ataques, mas não conseguia chegar perto do gol de Fernando Prass.

Somente aos 33 minutos a partida voltou a ficar emocionante. Primeiro, Juninho Pernambucano foi lançado na área e finalizou para grande defesa de Felipe. No lance seguinte, foi a vez de Deivid ser lançado e obrigar Fernando Prass a salvar os cruzamltinos.

Dois minutos depois, o Flamengo desperdiçou uma chance incrível. Léo Moura aproveitou falha de Thiago Feltri, chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro. Deivid apareceu livre quase na linha do gol, mas acertou a trave do Vasco.

A resposta vascaína veio aos 38, quando Diego Souza pegou chute errado de Fellipe Bastos dentro da área e chutou em cima de Felipe. Logo depois, Juninho Pernmabucano arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e obrigou o goleiro rubro-negro a espalmar para escanteio. Na cobrança, Diego Souza cabeceou livre, mas para fora.

Nos minutos finais, o confronto seguiu equilibrado, com as duas equipes buscando o ataque. No entanto, as defesas prevaleceram e o clássico foi para o intervalo com a igualdade no placar.

O segundo tempo começou muito intenso, com Vasco e Flamengo correndo muito, mas criando pouco no ataque. Somente aos 19 minutos os rubro-negros tiveram boa chance. Vagner Love foi lançado na área e chutou na rede pelo lado de fora. O lance animou a equipe, que chegou com perigo logo após a parada técnica. Bottinelli recebeu de Vagner Love e chutou a esquerda do gol de Fernando Prass.

Quando o Flamengo estava com mais objetividade na partida, os rubro-negros sofreram a virada, aos 32 minutos. Em contra-ataque, Kim cruzou para Fagner cabecear. O goleiro Felipe defendeu no susto e a bola sobrou para Diego Souza, também de cabeça, colocar para a rede.

Atrás no placar, o Flamengo foi com tudo para cima do Vasco para buscar o empate. No entanto, os rubro-negros não conseguiram passar pela retranca cruz-maltina. Com isso, o Vasco acabou com o jejum de vitórias sobre rival que vinha desde 2009.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 x 1 FLAMENGO

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 22 de fevereiro de 2012, quarta-feira

Horário: 22 horas (de Brasília)

Árbitro: Luís Antônio Silva dos Santos (RJ)

Assistentes: Luiz Muniz de Oliveira e Eduardo Couto (ambos do RJ)

Cartões amarelos: Thiago Feltri e Fellipe Bastos (Vasco); Ronaldinho Gaúcho e Negueba (Flamengo)

GOLS: VASCO: Alecsandro, aos 14min do primeiro tempo; Diego Souza, aos 32min do segundo tempo;

FLAMENGO: Vágner Love, aos 2min do primeiro tempo

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Rodolfo (Renato Silva), Dedé e Thiago Feltri; Nilton, Fellipe Bastos, Juninho Pernambucano (Felipe) e Willian Barbio (Kim); Diego Souza e Alecsandro

Técnico: Cristóvão Borges

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura (Galhardo), Gustavo, Welinton e Junior Cesar; Aírton (Negueba), Willians, Renato Abreu e Ronaldinho Gaúcho; Vagner Love e Deivid (Bottinelli)

Técnico: Joel Santana

Texto: www.espn.com.br

Foto: site oficial do Vasco


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira


20 out 2017

Mano Menezes renova contrato por dois anos com Cruzeiro


19 out 2017

CBF anuncia “dindim” do Brasileirão: campeão leva R$ 18 milhões e 16º lugar terá R$ 744 mil

Notícias


24 nov 2017

“Legião juiz-forana” do Pérolas Negras vibra com títulos e Novaes projeta “time mundial de refugiados”


24 nov 2017

Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final


22 nov 2017

Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores


22 nov 2017

JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.