26 nov 2011

Brasil vence, mas Serginho e Bernardinho discutem. Sport Recife volta à Série A. Campeão e vice do Brasileirão têm grupos complicados na Libertadores. Sanchez vira diretor da CBF. Botafogo reelege Assumpção



 Rio de Janeiro (RJ), 27 de novembro de 2011

As arquibancadas estavam cheias no ginásio de Hamamatsu, um dos redutos de brasileiros no Japão. Na quadra, a comissão técnica não queria repetir o erro cometido contra a China e escalou os titulares. Cenário perfeito para o Brasil voltar aos eixos na Copa do Mundo. Mas uma discussão no segundo set entre o líbero Serginho e o técnico Bernardinho marcou a vitória por 3 a 0 sobre a Argentina (25/22, 25/20 e 25/21).

O entrevero ocorreu durante uma parada técnica, quando a seleção tinha 16/13 no placar. Normalmente acostumado a distribuir broncas, Bernardinho dessa vez engoliu a seco o desabafo do defensor brasileiro, incomodado com os excessivos erros da equipe.

– Esse tipo de coisa faz parte. Não conseguimos jogar calado. A nossa equipe tem um espírito guerreiro dentro da quadra e isso foi uma discussão normal. Já havia acontecido em outras vezes. O importante é que o campeonato segue e vamos seguir unidos como sempre. Se for pra discutir e vencer por 3 a 0 sempre, não tem problema – minimizou Serginho, logo após a partida.

Bernardinho também contemporizou, em entrevista ao SporTV: “Normal. O jogo estava frio, às vezes uma discussão até serve para dar uma acordada no time”.

Nesta segunda-feira, às 4h da manhã (horário de Brasília), o Brasil encara a seleção cubana. A partida terá transmissão ao vivo da TV Globo e do SporTV.

O Leão voltou

Depois de dois anos, o Sport está de volta à elite do futebol brasileiro. Neste sábado, debaixo de muita chuva no estádio Serra Dourada, em Goiânia, a equipe pernambucana conseguiu uma dramática vitória contra o já rebaixado Vila Nova por 1 a 0, na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol salvador foi marcado por Bruno Mineiro, aos 28 da etapa final.

O resultado garante a quarta colocação da Série B ao Sport, que soma 61 pontos e se junta à Ponte Preta, Náutico e Portuguesa (campeã) na primeira divisão do próximo ano no futebol nacional.

Apesar do resultado final, a partida não foi nada fácil para o time de Recife. Até o gol histórico de Bruno Mineiro, o Sport estava ficando de fora da primeira divisão do ano que vem pois, mesmo com as derrotas parciais de Bragantino e Vitória, o Boa Esporte estava vencendo e ficando com a vaga.

Porém, o gol de Bruno Mineiro mudou tudo, e o Sport confirmou o favoritismo contra o Vila Nova. O Boa Esporte vencia o já rebaixado Duque de Caxias por 2 a 0, chegou a ficar por uns instantes na Série A, mas vacilou e ficou no empate por 2 a 2, na sétima posição. Já o Vitória, que começou a penúltima rodada da Série B no G-4, venceu o ASA por 2 a 1 e termina sua campanha em quinto lugar com 60 pontos. O Bragantino, que caiu diante do Paraná, ficou em sexto com 58 pontos.

Os rebaixados para a Série C foram: Icasa (CE), Vila Nova (GO), Salgueiro (PE) e Duque de Caxias (RJ).

Libertadores

O sorteio da Libertadores da América acabou sendo ingrato com os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. O vice-campeão deve ter de enfrentar um verdadeiro grupo da morte na primeira fase, enquanto o dono da taça enfrenta uma chave bem complicada, com direito a uma viagem para o México.

O vice do Brasileiro – ou o terceiro colocado caso o Vasco seja 2º – pode ter que dividir grupo com dois argentinos. Um deles já está garantido e tem tudo para ser o Boca Juniors, que está bem perto de ser campeão do Apertura local. Já o outro hermano, será o Arsenal de Sarandí (melhor campanha do país na Copa Sul-Americana) terá que passar ainda por um representante peruano pela fase preliminar. O Zamora, da Venezuela, completa a chave.

Já o campeão brasileiro terá um caminho longo a ser percorrido na primeira fase da competição, com uma viagem ao México para enfrentar o Cruz Azul. Os outros representantes da chave são Deportivo Táchira, da Venezuela, e o campeão paraguaio de 2011 com pior campanha (levando em consideração o Apertura e o Clausura locais).

Apenas Corinthians, Vasco e Fluminense seguem com chances de serem campeões brasileiros. O time vascaíno já tem vaga assegurada pela Copa do Brasil, mas pode mudar de grupo na Libertadores caso levante a taça. Já o Flu precisa de apenas mais um ponto para se garantir já na fase de grupos.

As partidas da pré-Libertadores acontecem entre os dias 25 de janeiro e 1º de fevereiro. Já as finais da competição continental estão marcadas para 27 de junho e 4 de julho.

Veja abaixo o que definiu o sorteio da Libertadores e também o que significa cada sigla:

Jogos da 1ª fase (os times à esquerda definem a classificação em casa):

 

J1 – Argentina 5 x Peru 3

J2 – Brasil 5 x Bolívia 3

J3 – Peñarol (URU) x Caracas (VEN)

J4 – Paraguai 3 x Equador 3

J5 – Brasil 6 x Colômbia 3

J6 – Tigres (MEX) x Chile 3

 

Veja os grupos da Libertadores:

 GRUPO 1

Santos (BRA)

Peru 1

Bolívia 2

Brasil 6 ou Colômbia 3

 

GRUPO 2:

Paraguai 1

Equador 2

Argentina 3

Brasil 5 ou Bolívia 3

 

GRUPO 3:

Bolivar (BOL)

Colômbia 2

Chile 2

Tigres (MEX) ou Chile 3

 

GRUPO 4:

Argentina 2

Zamora (VEN)

Brasil 4

Argentina 5 ou Peru 3

 

GRUPO 5:

Nacional (URU)

Peru 2

Vasco (BRA)

Paraguai 1 ou Equador 3

 

GRUPO 6:

Brasil 2

Deportivo Táchira (VEN)

Paraguai 2

Cruz Azul (MEX)

 

GRUPO 7:

Vélez Sarzfield (ARG)

Equador 1

Defensor Sporting (URU)

Chivas (MEX)

 

GRUPO 8:

Universidad de Chile (CHI)

Atlético Nacional (COL)

Argentina 4

Penãrol (URU) ou Caracas (VEN)

 

Veja o que significa cada sigla:

 

Brasil 1: campeão da Libertadores 2011 (Santos)

Brasil 2: campeão do Brasileiro 2011

Brasil 3: campeão da Copa do Brasil 2011 (Vasco)

Brasil 4: vice-campeão do Brasileiro 2011

Brasil 5: 3º colocado no Brasileiro 2011

Brasil 6: 4º colocado no Brasileiro 2011

 

Argentina 1: campeão do Clausura 2011 (Vélez Sársfield)

Argentina 2: campeão do Apertura 2011

Argentina 3: melhor índice técnico em 2011

Argentina 4: 2º melhor índice técnico em 2011

Argentina 5: melhor campanha na Sul-Americana 2011 (Arsenal)

 

Bolívia 1: campeão do Adecuación 2011 (Bolívar)

Bolívia 2: campeão do Apertura 2011

Bolívia 3: vice-campeão do Adecuación 2011

 

Chile 1: campeão do Apertura 2011 (Universidad de Chile)

Chile 2: campeão do Clausura 2011

Chile 3: melhor índice técnico em 2011

 

Colômbia 1: campeão do Apertura (Atlético Nacional)

Colômbia 2: campeão do Finalización

Colômbia 3: melhor índice técnico em 2011

 

Equador 1: campeão do Equatoriano 2011

Equador 2: vice-campeão do Equatoriano 2011

Equador 3: 3º colocado no Equatoriano 2011

 

México 1: melhor time na fase de classificação do Apertura 2011 (Chivas de Guadalajara)

México 2: 2º melhor time na fase de classificação do Apertura 2011 (Cruz Azul)

México 3: 3º melhor time na fase de classificação do Apertura 2011 (Tigres de la UANL)

 

Paraguai 1: campeão de torneio com melhor campanha em 2011

Paraguai 2: campeão de torneio com pior campanha em 2011

Paraguai 3: melhor índice técnico em 2011

 

Peru 1: campeão do Peruano 2011

Peru 2: vice-campeão do Peruano 2011

Peru 3: 3º colocado no Peruano 2011

 

Uruguai 1: campeão do Uruguaio 2010/11 (Nacional)

Uruguai 2: vice-campeão do Uruguaio 2010/11 (Defensor Sporting)

Uruguai 3: melhor índice técnico em 2010/11 (Peñarol)

 

Venezuela 1: campeão venezuelano 2010/11 (Deportivo Táchira)

Venezuela 2: vice-campeão do Venezuelano 2010/11 (Zamora)

Venezuela 3: melhor índice técnico em 2010/11 (Caracas)

 Andrés: ‘Não posso virar as costas para a nação brasileira’

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, assumirá a partir do ano que vem o cargo de diretor de seleções, conforme foi anuncido nesta sexta-feira pela CBF. O mandatário corintiano deu entrevista coletiva no CT, e afirmou que não poderia recusar um convite desse porte.

“O presidente (da CBF) me ligou ontem à tarde e me pediu para estar lá. Achuei até que era alguma visita do pessoal da Fifa. Fui surpreendido, mas não posso negar o convite de um amigo. Não posso virar as costas para um convite da nação brasileira”, disse Andrés Sanchez, confirmando com bom humor que, hierarquicamente, ele estará apenas abaixo de Ricardo Teixeira. “Isso, apenas abaixo do Ricardo Teixeira. Diretor de seleções é o Zé Mané aqui”, brincou.

Reeleição no Fogão 

O grupo da situação do Botafogo conseguiu reeleger o atual presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, dentista e mandatário do clube desde 2009, para um mandato de mais três anos. As eleições aconteceram durante esta sexta-feira até as 21h e o resultado foi divulgado pouco tempo depois.

Foram 1007 os votantes que exerceram o direito de escolher o presidente alvinegro. Assumpção recebeu 719 votos contra 263 da oposição, que tinha como candidato o empresário do ramo imobiliário Carlos Pereira, 53 anos. A situação chegou ao pleito já favorita à vitória. Houve ainda 21 votos nulos e quatro brancos.

Votaram todos os sócios do clube com pelo menos um ano de título, mínimo 16 anos de idade e pagamento da mensalidade em dia. As eleições no Botafogo chegaram a ser ameaçadas de parar na Justiça devido a acusações por parte da situação de falsificação de documentos na constituição da chapa de oposição.

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 CORINTHIANS  CORINTHIANS 71 38 21 8 9 53 36 17
2 VASCO/RJ  VASCO/RJ 69 38 19 12 7 57 40 17
3 FLUMINENSE/RJ  FLUMINENSE/RJ 63 38 20 3 15 60 51 9
4 FLAMENGO/RJ  FLAMENGO/RJ 61 38 15 16 7 59 47 12
5 INTERNACIONAL  INTERNACIONAL 60 38 16 12 10 57 43 14
6 SÃO PAULO/SP  SÃO PAULO/SP 59 38 16 11 11 57 46 11
7 FIGUEIRENSE/SC  FIGUEIRENSE/SC 58 38 15 13 10 46 45 1
8 CORITIBA/PR  CORITIBA/PR 57 38 16 9 13 57 41 16
9 BOTAFOGO/RJ  BOTAFOGO/RJ 56 38 16 8 14 52 49 3
10 SANTOS/SP  SANTOS/SP 53 38 15 8 15 55 55 0
11 PALMEIRAS/SP  PALMEIRAS/SP 50 38 11 17 10 43 39 4
12 GRÊMIO/RS  GRÊMIO/RS 48 38 13 9 16 49 57 -8
13 ATLÉTICO/GO  ATLÉTICO/GO 48 38 12 12 14 50 45 5
14 BAHIA/BA  BAHIA/BA 46 38 11 13 14 43 49 -6
15 ATLÉTICO/MG  ATLÉTICO/MG 45 38 13 6 19 50 60 -10
16 CRUZEIRO/MG  CRUZEIRO/MG 43 38 11 10 17 48 51 -3
17 ATLÉTICO/PR  ATLÉTICO/PR 41 38 10 11 17 38 55 -17
18 CEARÁ/CE  CEARÁ/CE 39 38 10 9 19 47 64 -17
19 AMÉRICA/MG  AMÉRICA/MG 37 38 8 13 17 51 69 -18
20 AVAÍ/SC  AVAÍ/SC 31 38 7 10 21 45 75 -30

 Textos e informações: www.espn.com.br e www.globoesporte.com


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira


20 out 2017

Mano Menezes renova contrato por dois anos com Cruzeiro


19 out 2017

CBF anuncia “dindim” do Brasileirão: campeão leva R$ 18 milhões e 16º lugar terá R$ 744 mil

Notícias


22 nov 2017

Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores


22 nov 2017

JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação


20 nov 2017

Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude


17 nov 2017

Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.