20 set 2011

Fim às polêmicas: Gilberto deixa o Cruzeiro. No Corinthians, torcida pressiona Tite. No Fla, batida de ônibus



Belo Horizonte (MG), 20 de setembro de 2o11

Em reunião na manhã desta terça-feira, o meia Gilberto acertou com o Cruzeiro a rescisão de seu contrato, que se encerraria somente em dezembro de 2012. Envolvido em polêmicas recentes, o jogador, de 35 anos, concederá entrevista coletiva na próxima sexta-feira, na Toca da Raposa II, ao lado do diretor de futebol, Dimas Fonseca, quando dará detalhes sobre a quebra do vínculo com o clube mineiro.

Gilberto e seu empresário, Reinaldo Pitta, reuniram-se com Dimas Fonseca na manhã desta terça-feira e selaram a rescisão contratual. De acordo com nota no site oficial do Cruzeiro, o acordo ocorreu de forma amigável. Foi a segunda passagem do jogador pela Toca da Raposa. A primeira ocorreu em 1998. Ao todo, foram 156 jogos e 21 gols marcados com a camisa celeste.

Contratado em julho de 2009, Gilberto envolveu-se em polêmicas recentes. Depois do empate com o Palmeiras, por 1 a 1, no Pacaembu, no dia 4 passado, o meia deixou o campo revoltado com o árbitro Pedro Leandro Vuaden e anunciou a aposentadoria, alegando ser perseguido pela arbitragem. Porém, de cabeça fria, anunciou que seguiria no futebol e cumpriria o contrato com o clube mineiro.

Na semana passada, Gilberto provocou nova polêmica. No desembarque da delegação celeste no Aeroporto de Confins, um dia após a derrota para o Santos por 1 a 0 na Vila Belmiro, o jogador virou alvo de protesto de torcedores, que o questionaram pela má fase da equipe no Campeonato Brasileiro. Irritado, o meia disse que a torcida tinha que cobrar também do goleiro Fábio e do meia Roger, que não estavam com o grupo naquele momento.

A declaração não agradou ao capitão Fábio, que rebateu o companheiro. O goleiro disse que Gilberto foi “um pouco infeliz” ao pedir que a torcida cobrasse outros atletas. Segundo o camisa 1 celeste, ele nunca fugiu da responsabilidade desde que voltou ao clube mineiro, há sete anos.

Gilberto foi vetado por causa de problemas lombares e não participou do empate sem gols no clássico com o América-MG, no domingo passado. Nessa segunda-feira, o Cruzeiro anunciou que o jogador havia pedido dois dias de folga para resolver assuntos particulares e foi atendido. Nesta terça-feira, o clube anunciou a quebra do contrato do atleta.

Corinthians em estado de tensão

O dia do Corinthians foi marcado por cobranças. Primeiro, um grupo de torcedores conversou com os atletas no hotel em que a equipe estava concentrada; depois, outro grupo pequeno foi ao CT Joaquim Grava com faixas de protesto contra jogadores e comissão técnica.

O treinador Tite preferiu não entrar em polêmica. No domingo, após a derrota por 3 a 1 para o Santos, ele disse que não conversaria com torcedores e exigiu respeito ao seu trabalho. Nesta terça, adotou discurso semelhante.

“Não fui convidado para essa conversa no hotel. Mas é um lugar público e, se for dentro dos limites do diálogo, tudo bem”, afirmou, ao comentar a visita de torcedores aos atletas. Quando foi questionado sobre os protestos na entrada do CT, Tite foi mais evasivo.

Uma das faixas, em tom de classificados de jornal, dizia: “Precisa-se de treinador. Pre-requisitos: visão de jogo, esquema tático, liderança e sede de vitórias”. Questionado se achava que tinha aquelas características, Tite preferiu não responder. “Deixo essa com vocês. Eu quero continuar o meu trabalho”, afirmou.

Apesar de não ter entrado em polêmica com os torcedores diante dos protestos, Tite ficou desconfortável quando foi questionado sobre a segurança de sua casa e de sua família. “Isso aí é uma coisa sagrada. Esse tipo de cobrança tem de ficar no futebol, não pode ultrapassar os limites do esporte”, concluiu.

O presidente do clube, Andrés Sanchez, disse que “torcedor quer tirar jogador, quer tirar treinador, e futebol não é assim. Tite fica até o final do ano”.

Fla: batida entre 2 ônibus em BH

O Flamengo já está em solo mineiro. A delegação desembarcou em Belo Horizonte na noite desta terça-feira e dirigiu-se para o hotel em que ficará concentrada na cidade. Perto da chegada ao local, os dois ônibus que levavam a comitiva se envolveram em um leve acidente. O veículo que vinha atrás, levando integrantes da comissão técnica, bateu no da frente, que tinha como passageiros os jogadores.

– Ninguém se machucou, graças a Deus. Só o susto e danos materiais. A batida ocorreu a cerca de cinco quilômetros do hotel. O ônibus da frente parou, e o que vinha atrás, com a comissão técnica, não segurou – disse o chefe da segurança do Flamengo, José Pinheiro, por telefone ao globoesporte.com.

Brasileirão

Os clássicos São Paulo x Corinthians, no Morumbi, e Atlético Mineiro x Flamengo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, ambos com início às 21h50, são atrações nesta quarta-feira, na abertura da 25ª rodada, a sexta do returno do Campeonato Brasileiro. Também mais tarde, será disputado Figueirense x Internacional (Estádio Orlando Scarpelli)

Mais cedo, começando às 20h30, a tabela marca: Fluminense x Avaí (Engenhão), Coritiba x Cruzeiro (Couto Pereira), América Mineiro x Santos (Uberlândia) e Bahia x Atlético Paranaense (Pituaçu).

Na quinta-feira, 22, os jogos programados começam às 20h30: Palmeiras x Ceará (Canindé), Vasco x Atlético-GO (São Januário) e Grêmio x Botafogo (Estádio Olímpico).

O Vasco assumiu a liderança na 24ª rodada, após golear o Grêmio (4 a 0) e ser beneficiado pela derrota do Corinthians para o Santos (3 a 1).

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 CORINTHIANS  CORINTHIANS 71 38 21 8 9 53 36 17
2 VASCO/RJ  VASCO/RJ 69 38 19 12 7 57 40 17
3 FLUMINENSE/RJ  FLUMINENSE/RJ 63 38 20 3 15 60 51 9
4 FLAMENGO/RJ  FLAMENGO/RJ 61 38 15 16 7 59 47 12
5 INTERNACIONAL  INTERNACIONAL 60 38 16 12 10 57 43 14
6 SÃO PAULO/SP  SÃO PAULO/SP 59 38 16 11 11 57 46 11
7 FIGUEIRENSE/SC  FIGUEIRENSE/SC 58 38 15 13 10 46 45 1
8 CORITIBA/PR  CORITIBA/PR 57 38 16 9 13 57 41 16
9 BOTAFOGO/RJ  BOTAFOGO/RJ 56 38 16 8 14 52 49 3
10 SANTOS/SP  SANTOS/SP 53 38 15 8 15 55 55 0
11 PALMEIRAS/SP  PALMEIRAS/SP 50 38 11 17 10 43 39 4
12 GRÊMIO/RS  GRÊMIO/RS 48 38 13 9 16 49 57 -8
13 ATLÉTICO/GO  ATLÉTICO/GO 48 38 12 12 14 50 45 5
14 BAHIA/BA  BAHIA/BA 46 38 11 13 14 43 49 -6
15 ATLÉTICO/MG  ATLÉTICO/MG 45 38 13 6 19 50 60 -10
16 CRUZEIRO/MG  CRUZEIRO/MG 43 38 11 10 17 48 51 -3
17 ATLÉTICO/PR  ATLÉTICO/PR 41 38 10 11 17 38 55 -17
18 CEARÁ/CE  CEARÁ/CE 39 38 10 9 19 47 64 -17
19 AMÉRICA/MG  AMÉRICA/MG 37 38 8 13 17 51 69 -18
20 AVAÍ/SC  AVAÍ/SC 31 38 7 10 21 45 75 -30

 

 Textos e informações: www.uol.com.br/esporte, www.espn.com.br, ESPN Brasil e globoesporte.com

 


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



18 maio 2018

Platini revela “pequeno esquema” na final da Copa do Mundo de 1998


17 abr 2018

CBF divulga entrada de 68 milhões de euros em transferências internacionais este ano


09 abr 2018

‘Pra mim, ele toca na bola, mas a decisão é sua’”. Veja explicação de lance polêmico na final paulista

Notícias


22 maio 2018

Tupi tem barca, saída de preparador físico e contusão em dois dias


22 maio 2018

Perrout exalta “time” CRIA-UFJF em Recife: “Todos melhoraram marcas”


21 maio 2018

Após assinar com ArcelorMittal, JF Vôlei estuda parceria diferente com Sada


21 maio 2018

Acabou o amor? Torcedor cobra reforços e qualidade em derrota do Tupi


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.