30 set 2011

Botafogo empata em casa na Sul-Americana e valoriza o Brasileiro. Ricardo Teixeira é internado



Rio de Janeiro (RJ), 30 de setembro de 2011

Apesar de jogar com apenas dois titulares contra o Independiente Santa Fé pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-americanam, o torcedor alvinegro não perdoou o empate em 1 a 1 (Caio empatou no segundo tempo) obtido pelo Botafogo nesta quinta-feira. A pouca torcida que compareceu ao Engenhão vaiou a equipe e irritou o técnico Caio Júnior, que deixou claro após a partida que a competição continental não é a prioridade do time de General Severiano, que vai se dedicar mais ao Campeonato Brasileiro, no qual a equipe carioca ainda sonha com o título.

“É difícil falar agora [se titulares farão a partida de volta]. Na semana que vai anteceder o jogo na Colômbia, vamos jogar com o Santos e depois contra o Avaí. Óbvio que o desgaste vai ser muito grande. Quem muito quer não consegue nada. Temos que ter os pés no chão e o torcedor tem que dar graças a Deus que estamos disputando a Libertadores e o título [brasileiro], que é algo que faz tempo que não disputamos. Duro é ter que disputar contra rebaixamento”, disse o treinador, visivelmente incomodado com as vaias dos botafoguenses.

“A gente está fazendo um planejamento sério, ninguém está brincado aqui não”, disse Caio, que depois contemporizou: “Eu acho que é assim mesmo torcedor é paixão e temos que entender.” Com 45 pontos, o Botafogo – que tem um jogo a menos que os demais postulantes ao títulos – está na quarta posição do Campeonato Brasileiro, quatro pontos a menos que o Vasco da Gama, líder da competição com 49 pontos. Os jogos mencionados por Caio Júnior, contra Santos e Avaí, acontecem nos dias 19 e 22 de outubro, respectivamente.

O jogo de volta acontece no dia 25, na Colômbia. Com o 0 a 0 obtido nesta quinta-feira, o Botafogo precisa vencer ou empatar por um placar de 2 a 2 ou mais. Se o time de Bogotá vencer ou empatar em 0 a 0, avança para as quartas de final. Caso haja novo empate em 1 a 1, as equipes vão decidir a vaga nos pênaltis. Quem se classificar deste confronto terá Universidad Católica ou Vélez Sarsfield pela frente.

Ricardo Teixeira é internado

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rircardo Teixeira, deu entrada na tarde desta quinta-feira no Hospital Pró-Cardíaco, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. Teixeira chegou à ala de emergência do hospital por volta de 17h20, em um carro particular.

O ESPN.com.br apurou que o dirigente queixava-se de uma dor adominal forte. Uma pessoa que estava no hospital no momento da chegada de Teixeira disse à reportagem que as dores do dirigente foram identificadas pela equipe médica como “anginosas” – um tipo de dor sintomática de desconforto retro-esternal, caracterizada por uma espécie de aperto que pode irradiar para os membros e o pescoço.

Uma das hipóteses é de que o mandatário da CBF tenha uma diverticulite, inflamação nas cavidades do intestino grosso. A princípio, o tratamento do problema é clínico e não cirúrgico. Em contato com o ESPN.com.br, a assessoria do hospital disse que, segundo o cardiologista Jorge Castro Y Perez, médico particular de Ricardo Teixeira, o quadro é de dor abdominal e o paciente está estável.

Depois de dar entrada na emergência do hospital, Teixeira foi logo levado para uma ala particular, à qual os médicos da rotina do hospital não têm acesso. O presidente da CBF foi submetido a uma bateria de exames e deve passar a noite em um apartamento – também em ala particular – sob observação. O período de estada pode se alongar até 72, dependendo da evolução do quadro.

Em outubro de 2004, Teixeira foi ao mesmo hospital para fazer uma angioplastia, técnica utilizada para desobstruir artérias e placas de gordura dos vasos sanguíneos. Três anos antes, Teixeira já havia feito uma operação do mesmo tipo na coronária esquerda.

Ricardo Teixeira é o mandatário da CBF desde 1989 e o presidente do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014. Recentemente, ele tem sido alvo de reportagens da BBC sobre suborno e desvio de dinheiro de empresas ligadas à Fifa.

 Textos: www.espn.com.br


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



18 maio 2018

Platini revela “pequeno esquema” na final da Copa do Mundo de 1998


17 abr 2018

CBF divulga entrada de 68 milhões de euros em transferências internacionais este ano


09 abr 2018

‘Pra mim, ele toca na bola, mas a decisão é sua’”. Veja explicação de lance polêmico na final paulista

Notícias


22 maio 2018

Tupi tem barca, saída de preparador físico e contusão em dois dias


22 maio 2018

Perrout exalta “time” CRIA-UFJF em Recife: “Todos melhoraram marcas”


21 maio 2018

Após assinar com ArcelorMittal, JF Vôlei estuda parceria diferente com Sada


21 maio 2018

Acabou o amor? Torcedor cobra reforços e qualidade em derrota do Tupi


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.