28 set 2011

Bomba: STJD anula Anapolina x Tocantinópolis! Seleção brasileira tem Cortês, Rômulo, Lucas e Borges contra Argentina



 Rio de Janeiro (RJ), 28 de setembro de 2011

O Campeonato Brasileiro da Série D está em aberto. Na madrugada desta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acabou julgamento a partida entre Anapolina e Tocantinópolis e decidiu pela anulação do confronto. Assim, o futuro da competição deve ser definido nos próximos dias, já que essa decisão pode causar alterações na classificação.

O julgamento durou aproximadamente três horas e o Anapolina acabou sendo defendido pelo advogado Osvaldo Sestário, que primeiramente queria a eliminação do Itumbiara, mas conseguiu pelo menos a realização de uma nova partida entre o time goiano e o Tocantinópolis, que deve ser remarcado nesta quarta-feira pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Assim, o Itumbiara acabou sendo absolvido, enquanto o Anapolina foi condenado a pagar uma multa de R$ 7 mil e o Tocantinópolis terá que desembolsar R$ 10 mil. Por parte do time tocantinense, Fuzoê foi suspenso por 180 dias, China terá que cumprir cinco jogos de suspensão e Renatinho foi punido com 12 jogos, além de uma multa de R$ 5 mil. Já os jogadores Santos e Gustavo, além do auxiliar-técnico Valdemar Pereira, todos do Tocantinópolis, foram absolvidos.

Com essa decisão do STJD, o jogo envolvendo Itumbiara e Villa Nova-MG não deve acontecer neste final de semana, já que o Anapolina pode garantir a classificação se vencer o Tocantinópolis na partida que será remarcada. No primeiro confronto das oitavas-de-final da Série D, o Itumbiara venceu o Villa Nova, por 3 a 1.

O Anapolina foi eliminado, depois do “cai cai” promovido pelo Tocantinópolis-TO, que já perdia por 4 a 1, quando faltavam ainda vinte minutos para o término do jogo em Anápolis. Naquela altura, mais um gol daria a vaga ao Anapolina no lugar do Itumbiara que já tinha perdido para o Tupi-MG, por 1 a 0, em Juiz de Fora-MG. O time mineiro terminou na liderança do Grupo 5, com 14 pontos, seguido por Itumbiara e Anapolina, com 13 pontos, com o Itumbiara tendo melhor saldo de gols: 3 a 2.

O Anapolina acusa o Itumbiara de ter enviado um incentivo financeiro para que o Tocantinópolis vencesse o time de Anápolis. Antes da partida, o técnico do Itumbiara, Victor Hugo, chegou a dar uma entrevista dizendo que sabia sobre uma possível mala branca. “Eu sei que nosso presidente está mandando dinheiro para o Tocantinópolis. Então, você gratificar uma equipe para ganhar o jogo, acho que isso aí não tem nada que impeça”, comentou o treinador em entrevista à Rádio Globo de Juiz de Fora-MG.

Entenda o caso

Na rodada decisiva da primeira fase da Série D, Itumbiara e Anapolina disputavam vaga à próxima etapa enfrentando, respectivamente, o Tupi-MG e o Tocantinópolis-TO. Com a derrota do Itumbiara por 1 a 0 para os mineiros, o Anapolina precisava de quatro gols de diferença para se classificar. Com o placar favorável em 4 a 1, o quadro goiano necessitava de mais um tento, mas viu o adversário ficar sem o número mínimo de jogadores permitido (atletas da equipe visitante caíram no gramado e foram retirados posteriormente) a partida ser encerrada antes do término do tempo normal.

Já no julgamento de outra partida muito polêmica, Fortaleza x CRB, esta pela Série C, o resultado foi mantido.

  Veja como foi o Tapetão da Série C:

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou na noite desta terça-feira a partida entre Fortaleza e CRB, pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Após quase cinco horas, foi decidido que não houve manipulação de resultado, mantendo assim o time cearense na terceira divisão, enquanto os alagoanos seguem classificados para a segunda fase. Já o Campinense está rebaixado à Série D de 2012. No entanto, essa decisão não é a final, pois ainda cabe recurso.

Na última rodada da primeira fase, pelo Grupo B, o Fortaleza goleou o CRB por 4 a 0 e conseguiu escapar do rebaixamento, enquanto o Campinense venceu o Guarany, por 1 a 0, mas mesmo assim caiu para a Série D. No entanto, o quarto gol do Leão do Pici aconteceu justamente quando a partida entre Campinense e Guarany havia se encerrado. Assim, o time cearense sabia do resultado que precisava para escapar do rebaixamento.

Durante as quase cinco horas de julgamento, o advogado do Campinense procurou mostrar vídeos em que daria para ser interpretado uma possível combinação de resultados, com alguns jogadores do Fortaleza, principalmente o atacante Carlinhos Bala, informando ao time do CRB que faltava apenas mais um gol para o Leão do Pici escapar do rebaixamento.

No entanto, os auditores acreditam que os vídeos não são provas concretas que houve uma manipulação de resultado entre Fortaleza e CRB. Foram julgados também: Maizena, Carlinhos Bala, o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca, além dos dois times pelo atraso para retornarem do intervado.

Devido a todos esses acontecimentos, o experiente Carlinhos Bala foi o que recebeu a pena mais longa: multa de R$ 10 mil e seis partidas de suspensão. Em relação aos clubes, suas situações permanecem inalteradas. O Fortaleza foi absolvido da possibilidade de exclusão do campeonato, mas foi punido em R$ 20 mil pelo atraso no retorno do segundo tempo, assim como o CRB. Já o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca também acabou sendo absolvido

   Brasil x Argentina

O treinador Mano Menezes confirmou a escalação da seleção brasileira para enfrentar a Argentina, no chamado superclássico das Américas, nesta quarta-feira, 28, às 21h50, no Estádio Mangueirão, em Belém do Pará. Borges vai comandar o ataque. “Ele não vai atuar nos próximos jogos, então entendemos que esse é o jogo para ele começar jogando”, explicou Mano.

Brasil: Jefferson; Danilo, Dedé, Réver e Cortês; Ralf, Rômulo e Lucas; Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Borges.  Técnico: Mano Menezes.

Argentina: Orion; Cellay, Sebá Dominguez e Desabato; Pillud, Fernandez, Canteros, Guiñazu e Papa; Montillo e Gigliotti. Técnico: Alejandro Sabella.

Local: Estádio do Mangueirão, Belém (Pará).

Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai). Auxiliares: Maurício Espinosa e Pablo Fandino (ambos do Uruguai).

Textos e informações: www.futebolinterior.com.br e www.globoesporte.com;

 

 

 

 


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



17 abr 2018

CBF divulga entrada de 68 milhões de euros em transferências internacionais este ano


09 abr 2018

‘Pra mim, ele toca na bola, mas a decisão é sua’”. Veja explicação de lance polêmico na final paulista


17 mar 2018

Divulgados datas e horários das 12 primeiras rodadas da Série A

Notícias


25 abr 2018

Tupi anuncia “Passaporte” para jogos em Juiz de Fora pela Série C


24 abr 2018

Série C: Tupi perde seis posições e recebe Operário-PR sábado


24 abr 2018

Mais uma do Toque de Bola: baixe o seu wallpaper do acesso do Baeta!


23 abr 2018

Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.