28 set 2011

Bomba: STJD anula Anapolina x Tocantinópolis! Seleção brasileira tem Cortês, Rômulo, Lucas e Borges contra Argentina



 Rio de Janeiro (RJ), 28 de setembro de 2011

O Campeonato Brasileiro da Série D está em aberto. Na madrugada desta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acabou julgamento a partida entre Anapolina e Tocantinópolis e decidiu pela anulação do confronto. Assim, o futuro da competição deve ser definido nos próximos dias, já que essa decisão pode causar alterações na classificação.

O julgamento durou aproximadamente três horas e o Anapolina acabou sendo defendido pelo advogado Osvaldo Sestário, que primeiramente queria a eliminação do Itumbiara, mas conseguiu pelo menos a realização de uma nova partida entre o time goiano e o Tocantinópolis, que deve ser remarcado nesta quarta-feira pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Assim, o Itumbiara acabou sendo absolvido, enquanto o Anapolina foi condenado a pagar uma multa de R$ 7 mil e o Tocantinópolis terá que desembolsar R$ 10 mil. Por parte do time tocantinense, Fuzoê foi suspenso por 180 dias, China terá que cumprir cinco jogos de suspensão e Renatinho foi punido com 12 jogos, além de uma multa de R$ 5 mil. Já os jogadores Santos e Gustavo, além do auxiliar-técnico Valdemar Pereira, todos do Tocantinópolis, foram absolvidos.

Com essa decisão do STJD, o jogo envolvendo Itumbiara e Villa Nova-MG não deve acontecer neste final de semana, já que o Anapolina pode garantir a classificação se vencer o Tocantinópolis na partida que será remarcada. No primeiro confronto das oitavas-de-final da Série D, o Itumbiara venceu o Villa Nova, por 3 a 1.

O Anapolina foi eliminado, depois do “cai cai” promovido pelo Tocantinópolis-TO, que já perdia por 4 a 1, quando faltavam ainda vinte minutos para o término do jogo em Anápolis. Naquela altura, mais um gol daria a vaga ao Anapolina no lugar do Itumbiara que já tinha perdido para o Tupi-MG, por 1 a 0, em Juiz de Fora-MG. O time mineiro terminou na liderança do Grupo 5, com 14 pontos, seguido por Itumbiara e Anapolina, com 13 pontos, com o Itumbiara tendo melhor saldo de gols: 3 a 2.

O Anapolina acusa o Itumbiara de ter enviado um incentivo financeiro para que o Tocantinópolis vencesse o time de Anápolis. Antes da partida, o técnico do Itumbiara, Victor Hugo, chegou a dar uma entrevista dizendo que sabia sobre uma possível mala branca. “Eu sei que nosso presidente está mandando dinheiro para o Tocantinópolis. Então, você gratificar uma equipe para ganhar o jogo, acho que isso aí não tem nada que impeça”, comentou o treinador em entrevista à Rádio Globo de Juiz de Fora-MG.

Entenda o caso

Na rodada decisiva da primeira fase da Série D, Itumbiara e Anapolina disputavam vaga à próxima etapa enfrentando, respectivamente, o Tupi-MG e o Tocantinópolis-TO. Com a derrota do Itumbiara por 1 a 0 para os mineiros, o Anapolina precisava de quatro gols de diferença para se classificar. Com o placar favorável em 4 a 1, o quadro goiano necessitava de mais um tento, mas viu o adversário ficar sem o número mínimo de jogadores permitido (atletas da equipe visitante caíram no gramado e foram retirados posteriormente) a partida ser encerrada antes do término do tempo normal.

Já no julgamento de outra partida muito polêmica, Fortaleza x CRB, esta pela Série C, o resultado foi mantido.

  Veja como foi o Tapetão da Série C:

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou na noite desta terça-feira a partida entre Fortaleza e CRB, pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Após quase cinco horas, foi decidido que não houve manipulação de resultado, mantendo assim o time cearense na terceira divisão, enquanto os alagoanos seguem classificados para a segunda fase. Já o Campinense está rebaixado à Série D de 2012. No entanto, essa decisão não é a final, pois ainda cabe recurso.

Na última rodada da primeira fase, pelo Grupo B, o Fortaleza goleou o CRB por 4 a 0 e conseguiu escapar do rebaixamento, enquanto o Campinense venceu o Guarany, por 1 a 0, mas mesmo assim caiu para a Série D. No entanto, o quarto gol do Leão do Pici aconteceu justamente quando a partida entre Campinense e Guarany havia se encerrado. Assim, o time cearense sabia do resultado que precisava para escapar do rebaixamento.

Durante as quase cinco horas de julgamento, o advogado do Campinense procurou mostrar vídeos em que daria para ser interpretado uma possível combinação de resultados, com alguns jogadores do Fortaleza, principalmente o atacante Carlinhos Bala, informando ao time do CRB que faltava apenas mais um gol para o Leão do Pici escapar do rebaixamento.

No entanto, os auditores acreditam que os vídeos não são provas concretas que houve uma manipulação de resultado entre Fortaleza e CRB. Foram julgados também: Maizena, Carlinhos Bala, o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca, além dos dois times pelo atraso para retornarem do intervado.

Devido a todos esses acontecimentos, o experiente Carlinhos Bala foi o que recebeu a pena mais longa: multa de R$ 10 mil e seis partidas de suspensão. Em relação aos clubes, suas situações permanecem inalteradas. O Fortaleza foi absolvido da possibilidade de exclusão do campeonato, mas foi punido em R$ 20 mil pelo atraso no retorno do segundo tempo, assim como o CRB. Já o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca também acabou sendo absolvido

   Brasil x Argentina

O treinador Mano Menezes confirmou a escalação da seleção brasileira para enfrentar a Argentina, no chamado superclássico das Américas, nesta quarta-feira, 28, às 21h50, no Estádio Mangueirão, em Belém do Pará. Borges vai comandar o ataque. “Ele não vai atuar nos próximos jogos, então entendemos que esse é o jogo para ele começar jogando”, explicou Mano.

Brasil: Jefferson; Danilo, Dedé, Réver e Cortês; Ralf, Rômulo e Lucas; Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Borges.  Técnico: Mano Menezes.

Argentina: Orion; Cellay, Sebá Dominguez e Desabato; Pillud, Fernandez, Canteros, Guiñazu e Papa; Montillo e Gigliotti. Técnico: Alejandro Sabella.

Local: Estádio do Mangueirão, Belém (Pará).

Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai). Auxiliares: Maurício Espinosa e Pablo Fandino (ambos do Uruguai).

Textos e informações: www.futebolinterior.com.br e www.globoesporte.com;

 

 

 

 


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



07 fev 2018

Comissão Técnica da seleção divulga escala de jogos e treinos no Brasil e na Europa


05 fev 2018

Com grama artificial e mando “vendido”, mas sem árbitro de vídeo, Série A tem tabela divulgada


02 fev 2018

Árbitro francês que chutou zagueiro brasileiro pega “geladeira”

Notícias


17 fev 2018

Baeta perde na estreia do Módulo 2


17 fev 2018

Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa


16 fev 2018

Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT


16 fev 2018

JF Vôlei encara “parceiro-pedreira” Sada Cruzeiro na abertura da rodada


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse