12 jul 2011

Kleber bate boca com Palmeiras. América contrata Antônio Lopes. Copa América: Messi desencanta



São Paulo (SP), 12 de julho de 2011

A possível transferência do atacante Kleber, do Palmeiras, para o Flamengo mobilizou o noticiário das agências nesta segunda-feira. Pela imprensa, o atacante chamou um dirigente do clube paulista, o vice-presidente Roberto Frizzo, de mau-caráter e elogiou o ex-presidente: “Uma pena que ele não tenha conquistado títulos”. Frizzo informou que Kleber pediu para deixar o Palmeiras.

Kleber não atuou contra o Santos, domingo, o que seria seu sétimo jogo pelo clube paulista, impedindo uma eventual transferência. Mesmo assim, ele, que deixou a concentração na véspera do jogo, garante que sentiu uma contusão e que ainda não conversou com o Flamengo.

Veja, abaixo, a versão oficial do Palmeiras, publicada no site do clube (o site rubro-negro não se pronunciou nesta segunda sobre o assunto) sobre o “caso Kleber”:

O técnico Luiz Felipe Scolari e o vice-presidente de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo, foram os mais solicitados pela imprensa após a vitória de 3 a 0 diante do Santos, no estádio do Pacaembu. Sem polemizarem, os dois explicaram a situação envolvendo o atacante Kleber -que mesmo relacionado não se concentrou com o grupo, e deixaram claro que não contam com a saída do atleta.

“O Kleber é jogador do Palmeiras e ponto final. Existe algo chamado contrato, e nesse contrato tem uma cláusula de rescisão. Se alguém quiser comprar ou se alguém quiser sair, vai ter que pagar R$ 140 milhões. Esse é o valor estipulado no contrato do Kleber. Isso vale para ele e para qualquer outro jogador. Eu já estou dizendo isso há 15 dias, mas parece que não entendem”, explicou Roberto Frizzo.

Luiz Felipe Scolari também adotou um discurso ameno e disse que pretende ter o Gladiador na próxima rodada, justamente contra o Flamengo.

“Ele é e continua sendo o melhor centroavante do Brasil. O fato de ele não ter ido para a concentração é assunto interno e que a direção vai resolver. Eu tomo conta das coisas que acontecem dentro de campo. Com o Tinga foi assim. No caso do Kleber, o departamento médico fez exames, não detectou nada e daí passou para a parte física. Ele foi liberado e passou para a área técnica, comigo e o Murtosa. Treinou normalmente, deu 350 mil chutes e reagiu bem. Minha função era convocar o atleta. Se ele não foi, é assunto para a direção resolver. Mas espero que tudo fique bem, pois contamos com ele para as rodadas futuras.”

Felipão entende que o clima não vai ficar ruim pelo fato do Gladiador não ter concentrado com o grupo. “Não vai ficar ruim, é coisa para ser conversada. Somos todos profissionais. Se a situação caminha por um lado negativo, vamos administrar para o lado que queremos e que fique bom. Se acham que vamos brigar, que vamos ficar nervosos, estão enganados. Queremos o jogador aqui”, comentou o treinador, que não deixou de criticar a postura que o Flamengo vem adotando ao aliciar o jogador palmeirense.

“Vocês precisam perguntar para o Flamengo, para o Vanderlei (Luxemburgo), para a presidente (Patrícia Amorim) quem está armando tudo isso. Foram eles que começaram a oferecer o dobro do salário para o Kleber, mesmo sabendo que o atleta tem um longo contrato com o Palmeiras. A presidente do Flamengo diz que jogador que quer sair arruma confusão, mas será que somos nós ou eles que estão arrumando essa confusão? Ela gostaria que procurassem o Ronaldinho para oferecer o dobro do que ele ganha? E precisa ver também se vão conseguir pagar o que estão prometendo, afinal, o Vagner Love saiu de lá e não recebeu nenhum centavo até agora.”

O treinador citou o meia-atacante Patrik e até de sua empresa para explicar que, nesse tipo de caso envolvendo um aumento salarial para Kleber, o diálogo é melhor receita para se chegar a um entendimento. E admitiu que tentou interceder para conseguir um aumento para o atacante palmeirense.

“Cheguei para o Patrik e disse: você ganha pouco. Mas se você quer aumento, faça por merecer. Nos últimos 30, 40 dias, você jogou alguma coisa para ter aumento? Ele me respondeu que não. Eu serei um dos primeiros a brigar pelos atletas no sentido de conseguir alguma coisa, mas primeiro faça por merecer. O aumento para o Kleber poderia até ser feito, mas às vezes não dá para ser imediato. Pode ter diálogo, conseguir daqui três, seis meses. Na minha empresa, em Canoas-RS, é assim. Se estou satisfeito, posso dar algo a mais para meus funcionários caso seja solicitado. Se for pressionado, vou pensar e analisar. Aqui, pode ser igual”, encerrou.

América Mineiro anuncia Antônio Lopes

O técnico Antônio Lopes será apresentado à imprensa nesta terça, 12, no CT Lanna Drumond, como novo técnico do América, em substituição a Mauro Fernandes, que se desligou do clube na segunda-feira. O técnico chegou a Belo Horizonte e acertou detalhes de seu contrato em reunião com Marcus Salum, integrante do Conselho de Administração do América.

Depois da entrevista coletiva, Antônio Lopes será apresentado aos jogadores, mas não comandará treino. Ele volta para o Rio de Janeiro no fim da tarde e retorna em definitivo nesta quarta-feira para comandar os treinos visando sua estreia no próximo domingo, contra o Ceará, em Fortaleza.

Antônio Lopes traz seu auxiliar técnico, Miguel, ex-zagueiro do Vasco. O preparador físico continuará sendo Júlio Alencar, Troféu Guará do ano passado, única da comissão técnica anterior que permanecerá no clube.

Com mais de 30 anos de carreira, Antônio Lopes é um treinador vencedor, que já comandou algumas das maiores equipes do país como Flamengo, Fluminense, Internacional, Corinthians, Vasco da Gama, Cruzeiro, Santos e Grêmio, entre outras. Experiente e arrojado, o treinador já conquistou por duas vezes o Campeonato Brasileiro e venceu a Taça Libertadores da América, em 1998, com o Vasco. Pentacampeão pela Seleção Brasileira em 2002, como diretor técnico, ele já treinou seleções nacionais como Kuwait e Costa do Marfim. Comandou também clubes do exterior, como Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, Al-Hilal, da Arábia Saudita, Cerro Porteño, do Paraguai e Belenenses de Portugal.

  Copa América

Com grande atuação, enfim, de Messi, a Argentina “estreou” de verdade na Copa América, derrotando a Costa Rica, nesta segunda-feira, 11, por 3 a 0 e classificando-se para a próxima fase. Messi deixou seus companheiros na cara do gol o tempo inteiro, foi ovacionado pelos torcedores no Estádio Mário Alberto Kempes, em Córdoba, e o placar poderia ter sido ainda maior. Os gols foram de Agüero (2) e Di Maria. K

  Como ficou

A Argentina chegou aos cinco pontos, ficando em segundo lugar no Grupo A. A Colômbia, que derrotou os bolivianos na véspera, terminou em primeiro. Na próxima fase, os hermanos esperam o segundo colocado da chave C, que pode ser o Uruguai. Nesta terça, 12, a Celeste pega o lanterna México e, vencendo, deve ficar com a vice-liderança. Dividindo a primeira colocação provisória, chilenos e peruanos se enfrentam no mesmo dia.

Já os costarriquenhos permaneceram em terceiro, com três pontos, mas com um saldo negativo de dois gols que tende a prejudicá-los nos critérios de desempate. O 3 a 0 para a Argentina ajudou, quem dira, o Brasil, que pode se classificar com um simples empate diante do Equador.

 Texto Palmeiras: site oficial do clube

Texto América Mineiro: site oficial do clube

  Informações Copa América: SporTV e www.globoesporte.com;  


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira


20 out 2017

Mano Menezes renova contrato por dois anos com Cruzeiro


19 out 2017

CBF anuncia “dindim” do Brasileirão: campeão leva R$ 18 milhões e 16º lugar terá R$ 744 mil

Notícias


22 nov 2017

Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores


22 nov 2017

JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação


20 nov 2017

Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude


17 nov 2017

Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.