Acho que ganhar um IOR é diferente de qq coisa

por Marcelo Carestiato

Participei 2 vezes do IOR. Em 2016 como era navegador fui com meu amigo Gustavo. Estávamos bem porém uma quebra no primeiro dia, ele resolveu abandonar a prova e voltamos para casa cedo no domingo. Em 2017 já andando com Guga Valente de piloto montamos uma estratégia para não errar e perder o mínimo de pontos possíveis. No primeiro dia ainda batemos na primeira etapa, mas a nossa concentração e determinação era maior do que qualquer coisa. Continuamos firmes e chegamos em 4 lugar no dia 1. Preparamos uma recuperação para o domingo e depois de finalizar o dia ganhamos no domingo e tivemos a grata surpresa de ganhar 5 das 6 etapas e sair campeão na edição de 2017. Acho que ganhar um IOR é diferente de qq coisa. Só quem ganha que sabe realmente o que sente… Muito bacana e parabéns a todos envolvidos pelo maior evento da região Sudeste…. 2018 estaremos aí pela briga…abraços

error: Conteúdo protegido.