15 out 2017

JF Vôlei perde para Minas (1 x 3) e Furtado vê melhora após ansiedade inicial. Veja como foi a rodada



JF Vôlei melhorou após primeiro set, mas não conseguiu evitar triunfo do Minas

  A torcida lotou o ginásio da UFJF, mas mesmo assim não conseguiu ajudar a equipe do JF Vôlei, que foi derrotada por 3 sets a 1 para o Minas na estreia da Superliga, no início da noite deste sábado, dia 14.

  Com parciais de 11/25, 22/25, 24/26 e 21/25 o time da casa cometeu alguns erros que foram determinantes para o resultado. O sexteto local volta à quadra pela segunda rodada no sábado, dia 21, às 11h, fora de casa, diante de outro rival estadual: o Montes Claros.

  O próximo compromisso diante da torcida no “Caldeirão da Federal” está programado para a terceira rodada. No dia 28, o visitante será o Vôlei Renata (SP), novamente às 18h, no ginásio da Faefid-UFJF.

  

JF Vôlei x Minas: estreia na Superliga 2017/18

 

Ansiedade

O treinador Henrique Furtado acredita que um fator atrapalhou muito os jogadores: a ansiedade.

“É uma vontade muito grande de fazer tudo bem feito. Foi um excesso de boa vontade de fazer as coisas muito bem feitas. Não fizemos um primeiro set bom, com certa ansiedade. Depois fomos colocando as coisas no lugar, buscando um rendimento mais correto nos fundamentos. Nos organizamos para o saque agressivo deles e conseguimos equilibrar isso. E tivemos oportunidade de atacar, porque no primeiro set tivemos poucas, e quando tivemos, atacamos mal. Essa evolução da recepção e do sistema ofensivo foi importante pra igualar o jogo”, explica.

No começo do jogo, o Minas foi agressivo no saque e isso desestabilizou a linha de passe do time da casa. Com o passe quebrado ficou difícil atacar. E foi possível ver isso na larga vantagem que o time da capital construiu no primeiro set. 

No segundo set, o JF Vôlei melhorou o passe e conseguiu anular um pouco o saque adversário, mas acabou ficando atrás novamente. 

No terceiro parcial, os mandantes tiraram a confiança do Minas no saque e se impuseram no jogo, vencendo e levando para o quarto set. 

   No que acabaria sendo o último set da partida os juiz-foranos voltaram a cometer erros  e o Minas se aproveitou, sempre ficando à frente do placar e levando a vitória para Belo Horizonte.

 Números

Felipe, juiz-forano do Minas, recebe Troféu VivaVôlei

O maior pontuador da partida foi o ponteiro Leozinho, com 30 pontos. Felipe Roque, que ganhou o troféu VivaVôlei Cimed, do Minas, anotou 21 pontos. O público presente no ginásio da Faefid-UFJF foi de 472 pessoas.

JF Vôlei: Drago, Bruno, Emerson, Leozinho, Felipe Hernandez, Rammé, e o líbero Juan Mendez. Técnico Henrique Furtado. Entraram: Adami, Raphael, Rômulo e Matheus.

Minas Tênis Clube: Marlon, Bob, Flávio, Bisset, Pétrus, Roque, e o líbero Rogerinho. Técnico Nery Tambeiro. Entraram: Davy, Carísio e Maique.

Precisa de tempo

Mesmo com o resultado adverso, o comandante viu também aspectos positivos durante a partida e afirmou que a equipe está no caminho certo. “A equipe tem muito a evoluir. Só que ela precisa de tempo. É um grupo bastante jovem, vai precisar passar por essas experiências e provações. Nos momentos difíceis eles mesmos terão que assumir o protagonismo e mudar o panorama do jogo. Acho que por um momento eles conseguiram. O time ainda está longe de jogar o seu melhor, mas fez uma partida muito digna hoje e demonstra que está no caminho certo”, disse.

Nova função

Raphael é ponteiro de origem mas vem atuando como oposto

O ponteiro Raphael, um dos destaques do JF Vôlei na partida, atuou como oposto. O técnico Henrique explicou o motivo dessa mudança na função do jogador. “O Raphael entrou muito bem, um jogador de muito potencial, tem um ataque forte e um bloqueio muito bom. Entrou em uma função de oposto, que originalmente não é a dele. Nós temos um oposto só de origem no elenco. E ele entrou muito bem. O Emerson que é o nosso titular é um jogador de muito potencial também, que está se adaptando ao ritmo e a intensidade brasileira. Eu acredito que ele pode nos dar muitas alegrias também. O Raphael fez essa partida boa, somou muito e está preparado pra fazer essas duas funções com muita qualidade”, garante.

 

Outras referências

Atuando como oposto, Raphael revelou que esse pedido do treinador foi feito durante a pré-temporada e disse estar preparado para atuar nas duas funções. “Em um dos amistosos que fizemos antes da estreia no Campeonato Mineiro o Henrique me propôs fazer também a função do passe. É uma função improvisada, estou tentando dar o meu máximo. Parece ser semelhante ao ataque de ponta – que é minha função de origem – mas é totalmente diferente, as referências são outras. Porém a gente vem treinando bastante, muitas variações. Treino nas duas funções e acho que estou preparado para entrar tanto como ponteiro e como oposto”, afirmou.

 

Rômulo Henrique – Central do JF Vôlei

Rômulo Henrique, central do JF Vôlei

“Para mim foi uma evolução. Nós estamos treinando, tem alguns desajustes que nós ainda temos que melhorar e a equipe vem evoluindo cada vez mais. Estou chegando para acrescentar e evoluir junto. Com relação aos próximos jogos estamos preparados e trabalhando muito, semana que vem já vamos focar no Montes Claros nosso adversário do próximo final de semana. Vamos para cima com tudo, encontrando cada vez mais a essência da equipe”.

 

Nery Tambeiro – Técnico do Minas

Nery Tambeiro, técnico do Minas Tênis Clube

“É a nossa estreia, assim como Juiz de Fora, e toda estreia é complicada. Mas conseguimos no primeiro set impor um ritmo muito forte e vamos trabalhar para que possamos ganhar uma regularidade durante a temporada. Pela a estreia foi muito bom, saímos com três pontos, Juiz de Fora jogou em casa e tem um saque muito potente. Conseguimos reverter um quadro que estava desfavorável no terceiro set, botamos a cabeça no lugar. No quarto set impusemos nosso melhor jogo novamente. Estou muito feliz pela vitória da equipe”.

Marlon Muraguti Yared – Levantador do Minas

Marlon Muraguti Yared é levantador do Minas

“Tivemos uma certa supremacia principalmente quando nosso saque esteve forte. Nós abrimos mão do saque, e em um vacilo proporcionamos a volta do time de Juiz de Fora na partida. Eles começaram a gostar do jogo e a construir uma equipe forte no ataque. E o saque deles é um muito potente, arriscado, um saque que incomoda qualquer passador. Isso nos deu muito trabalho  e sofremos no terceiro set justamente por esses fatores”.

Rogerio Batista – Líbero do Minas

Rogerio Batista, líbero do Minas

“Achei a partida muito boa. Nós iniciamos bem, só que eles voltaram pro jogo, começaram a jogar e deu tudo certo para eles. Agora é trabalhar para ter a cabeça boa para o resto da Superliga, jogar bem todos os jogos, se preparar para ter um bom resultado. A próxima partida é com o Corinthians em São Paulo, no domingo às 13h. Vai ser um ótimo desafio com um time muito equilibrado e bem montado. Estão começando agora a Superliga e vamos para cima”.

 

Eduardo Carísio – Levantador do Minas

“No jogo de hoje começamos muito bem, tudo funcionando, saque, bloqueio, sistema defensivo… Mas eles começaram a crescer na partida, o saque deles é muito forte e o jogo deles começou a fluir. Estamos nos preparando para os próximos jogos da liga, com as expectativas no alto, esse ano estamos com um grupo muito forte e muito preparado para o campeonato”.

Outros resultados da rodada
 
Corinthians-Guarulhos (SP) 1 x 3 Sada Cruzeiro (MG)
  

Atual campeão Sada Cruzeiro bate Corinthians-Guarulhos

 Atual campeão da Superliga masculina de vôlei, o Sada Cruzeiro (MG) estreou na edição 2017/2018 com vitória. Na noite deste sábado (14.10), o time mineiro jogou fora de casa e bateu o Corinthians-Guarulhos (SP), no Parque São Jorge, em São Paulo (SP), por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 29/31, 25/18, 25/15 e 25/22) nesta primeira rodada da competição.

O oposto do time cruzeirense, Evandro, foi o maior pontuador do duelo, com 16 acertos. E o ponteiro Leal foi o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, com isso, foi eleito o melhor jogador da partida, sendo premiado com o Troféu VivaVôlei CIMED. O cubano naturalizado brasileiro comemorou o resultado positivo.

“Estou muito feliz pela primeira vitória. Foi um jogo muito difícil, eles jogaram muito bem, mas nós forçamos o saque e essa foi a arma para ganhar essa partida fora de casa. Nosso time mudou o levantador e os dois são muito bons. O Wiliam é sensacional, mas Uriarte está entrando bem e ao longo da temporada vai estar em ótima forma”, afirmou Leal.

Do lado do Corinthians-Guarulhos, o líbero Serginho, um dos principais responsáveis pela formação do time, lamentou o resultado negativo.

“Quero dar parabéns a equipe do Sada Cruzeiro, que fez uma excelente partida, mas não saio satisfeito. Podíamos buscar um tie-break e temos que demonstrar mais. Não podemos errar tantos saques como hoje. Poderíamos buscar até uma vitória se tivéssemos sido mais efetivos na rodada de bola. Não fizemos isso e pagamos um preço muito caro. Agora temos que pensar de outra forma para buscar os jogos”, disse Serginho.

Na segunda rodada da Superliga, o time paulista receberá o Minas Tênis Clube (MG) no ginásio Ponte Grande, em Guarulhos (SP), no domingo (22.10), às 13h, com transmissão ao vivo da RedeTV. Já o Sada Cruzeiro jogará em casa, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), contra o Sesc RJ no sábado (21.10), às 19h.

Outros resultados da rodada

Sesc RJ 3 x 1 EMS Taubaté Funvic (SP)

Sesc RJ, de Giovane, estreia com vitória

No primeiro jogo da temporada, o estreante Sesc RJ jogou em casa, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), e, com apoio da torcida, venceu o EMS Taubaté Funvic (SP) por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/19, 23/25 e 25/19. O oposto PV foi eleito o melhor da partida através de votação popular e recebeu o Troféu VivaVôlei CIMED. O jogador ainda foi o maior pontuador do jogo, sendo responsável por um set sozinho: 25 acertos.

Lebes Canoas (RS) 3 x 0 Montes Claros Vôlei (MG)

Na sequência da primeira rodada, o Lebes Canoas (RS) levou a melhor sobre o Montes Claros Vôlei (MG). Em casa, no ginásio La Salle, em Canoas (RS), a equipe gaúcha venceu por 3 sets a 0, com parciais de 26/24, 25/22 e 25/23. O destaque ficou por conta do oposto Leandrão, eleito o melhor do jogo, e dono do Troféu VivaVôlei CIMED, e, ainda, maior pontuador da partida, com 24 pontos.

Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 0 x 3 Sesi-SP

O Sesi-SP foi ao Paraná e conseguiu boa vitória sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) nesta primeira rodada da Superliga masculina. O time paulista contou com boa atuação do oposto Alan, dono do Troféu VivaVôlei CIMED, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/22 e 25/13. O atacante também foi o maior pontuador do jogo, com o total de 20 acertos.

Ponta Grossa Caramuru (PR) 0 x 3 Vôlei Renata (SP)

Em mais uma partida realizada no Paraná, este em Ponta Grossa (PR), o Vôlei Renata (SP) bateu o Ponta Grossa Caramuru (PR) por 3 sets a 0 (25/21, 25/21 e 25/11), na Arena Multisuo. O oposto campeão mundial, Leandro Vissotto, foi eleito, pela comissão técnico do seu time, o melhor do jogo e recebeu o Troféu VivaVôlei CIMED, além de ter sido o maior pontuador do duelo, com 23 pontos.

SUPERLIGA MASCULINA 17/18

Primeira rodada do turno

14.10 (SÁBADO) – Sesc RJ 3 x 1 EMS Taubaté Funvic (SP), às 14h05, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ) (25/22, 25/19, 23/25, 25/19)

14.10 (SÁBADO) – Lebes Canoas (RS) 3 x 0 Montes Claros Vôlei (MG), às 18h, no ginásio La Salle, em Canoas (RS) (26/24, 25/22 e 25/23)

14.10 (SÁBADO) – JF Vôlei (MG) 1 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 18h, na UFJF, em Juiz de Fora (MG) (11/25, 22/25, 26/24 e 21/25)

14.10 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 0 x 3 Sesi-SP, às 18h30, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR) (22/25, 22/25 e 13/25)

14.10 (SÁBADO) – Ponta Grossa Caramuru (PR) 0 x 3 Vôlei Renata (SP), às 20h, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR) (21/25, 21/25 e 20/25)

14.10 (SÁBADO) – Corinthians-Guarulhos (SP) 1 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 20h, no Parque São Jorge, em São Paulo (SP) (31/29, 18/25, 15/25 e 22/25)

 

Texto: Toque de Bola (jogo JF x Minas) e CBV (informações da rodada)

Fotos: Toque de Bola, Mônica Cury (assessoria JF Vôlei), Rafinha Oliveira (EMS Taubaté Funvic) e Divulgação/Corinthians-Guarulhos

Edição: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


16 jun 2018
Valeu, Galo! Tupi é eliminado mas faz jogo equilibrado com Corinthians

15 jun 2018
Copa JF aponta dois campeões no domingo

15 jun 2018
Copa 2018: veja quem está fazendo história. Fichas técnicas dos jogos

15 jun 2018
Em dia com as Curtinhas da Copa? Difícil ser brasileiro e alemão na Rússia

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.