IBDN divulga relatório Neutro de Carbono do IOR/2017


03 maio 2018

           O Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza (IBDN) divulgou o resultado do Relatório Neutro de Carbono RELATÓRIO IBDN – NEUTRO DE CARBONO, realizado na edição do ano passado do Ibitipoca Off Road. De acordo com os dados, durante os três dias da prova foram liberadas mais de 183.063 mil toneladas de gás carbônico equivalente (tCO2eq – unidade usada para medir a liberação de gases que interferem no aquecimento global).

            A compensação das emissões de GEE (Gases de Efeito estufa) teve o apoio da Sompo Seguros que concedeu o selo “Evento Neutro de Carbono” ao rali. Ao todo, a empresa teve a responsabilidade de plantar 893 mudas de plantas nativas da Mata Atlântica para “compensar” a emissão de gases poluidores durante a competição. As mudas foram retiradas dos viveiros do instituto e plantadas na floresta Sompo, no Parque Ecológico do Tieté, em São Paulo. O trabalho de plantio e monitoramento das espécies são de responsabilidade de técnicos do IBDN.

            Para realizar o trabalho de Compensação de Carbono, passo importante no fortalecimento dos princípios de atuação do IOR – esporte e sustentabilidade, o IBDN mobilizou quatro profissionais que fizeram o levantamento da queima de combustível (fóssil e gás) liberada durante os três dias de prova (organização, equipes de segurança e apoio, etc), consumo de energia elétrica, produção de resíduos e descarte de material gráfico. Além do mapeamento da distância percorrida por todos os inscritos, do seu destino de origem até Juiz de Fora, e na trilha, e dos dias de montagem, realização e desmontagem do evento.

            A 28ª edição do IOR/2017 reuniu mais de 550 pilotos e navegadores de todo o Brasil, em 14 categorias nas motos e cinco nos carros.

IBDN em ação no 28º IOR/2017

       


Voltar