17 mar 2018

FIFA anuncia primeira Copa do Mundo com árbitro de vídeo



Árbitros de vídeo do Gre-Nal. Foto de Rodrigo Rodrigues – CBF

Após reunião realizada nesta sexta-feira, dia 16, em Bogotá, na Colômbia, o Conselho da Fifa deu seu aval para a utilização do árbitro de vídeo Copa do Mundo 2018, na Rússia.

“Vamos ter em 2018 o primeiro Mundial com VAR. Isso foi aprovado, decidido, estamos muito contentes com essa decisão”, disse Gianni Infantino, presidente da Fifa, em coletiva.

Infantino garantiu que o sistema estará pronto para o Mundial e destacou que a Fifa confia no presidente da comissão de árbitros, Pierluigi Collina, para implementar o sistema na Rússia. “Sem o VAR, um árbitro comete um erro importante a cada três partidas. Com o VAR, o árbitro comete um erro importante a cada 19 partidas São fatos. A porcentagem de acerto dos árbitros hoje é de 93% sem o VAR, o que já é excelente, e com o VAR é de 99%”, detalhou.

Após ser utilizado na Copa das Confederações, o recurso também vem aparecendo nos campeonatos europeus. Itália, Alemanha e Portugal. Servindo como ‘ambiente de testes’. França e Premier League ainda não usam, mas a Ligue One deve adotar a tecnologia na próxima temporada.

Dessa forma, o Conselho ratificou a decisão da da International Board (IFAB), que no último dia 3 aprovou de forma unânime a utilização do VAR com a filosofia de “mínima interferência e máximo benefício” e com o objetivo de reduzir as injustiças causadas por erros ou não percepção de incidentes sérios.

Ainda de acordo com o presidente da Fifa, perde-se em média um minuto para que o árbitro de vídeo corrija uma decisão, tempo que é compensado por outros aspectos positivos da tecnologia. “O que queremos é ajudar, é dar uma possibilidade a um árbitro de ter uma ajuda a mais quando tem que tomar decisões importantes. Não é possível que em 2018 todo mundo no estádio ou em casa saiba em poucos segundos se o árbitro cometeu um erro grave. Todos sabem, menos o árbitro”, argumentou.

Fifa elegerá sede da Copa de 2026 em 13 de junho

A Fifa elegerá no dia 13 de junho, em Moscou, a sede da Copa do Mundo de 2026, para a qual concorrem Marrocos e uma candidatura conjunta de Canadá, Estados Unidos e México, confirmou nesta sexta-feira o presidente da entidade, Gianni Infantino.

Segundo o dirigente, que participou da sexta sessão do Conselho da Fifa, realizada em Bogotá, nesta sexta foi aprovado o regulamento de votação da sede do primeiro Mundial com 48 seleções, e uma mesa técnica específica avaliará as duas candidaturas para verificar se cumprem os requisitos para sediar o torneio.

Infantino também disse que, logo após o Congresso, os votos da eleição estarão disponíveis para conferência no site da Fifa. Esta decisão foi anunciada quase oito anos depois da controversa escolha das últimas duas sedes, quando o então chamado Comitê Executivo da Fifa determinou que o Mundial deste ano fosse organizado pela Rússia, e o de 2022, pelo Catar.

Com o novo formato, o número de partidas da Copa passará de 64 para 80, mas o de datas de jogos será mantido em 32. Haverá 16 grupos com três seleções, das quais duas passarão para a fase seguinte.

 

Texto e informações: site ESPN Brasil


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



15 jul 2018

Copa 2018: França campeã! Veja fichas técnicas de todos os jogos


26 jun 2018

Maurício Menezes: “A Copa começa, de verdade, nas oitavas”


15 jun 2018

Em dia com as Curtinhas da Copa? Brasil avança e pega a Bélgica nas quartas

Notícias


16 ago 2018

Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: veja resultados e tabelas


15 ago 2018

Calvário carijó! Entenda qual Série D o Tupi vai encontrar em 2019


14 ago 2018

Vídeo! Tupi: presidente chora e dirigente vê “elenco muito pouco comprometido”


13 ago 2018

O primeiro de 2018! Cruzeirinho é campeão da Supercopa Bahamas


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse