08 jan 2014

Em crise, RJ Vôlei busca vitória em Juiz de Fora



Próximo adversário da UFJF na Superliga 2013/2014, o RJ Vôlei vive seu pior momento na temporada. Após a saída da empresa OGX, de Eike Batista, principal patrocínio do time carioca, os salários de parte dos jogadores não vêm sendo pagos desde outubro do ano passado.

A rádio web do Toque de Bola transmite ao vivo UFJF x RJ Vôlei neste sábado, a partir de 17h. Segue link da rádio web: 

http://www.toquedebola.esp.br/wp-content/themes/portal-toque/nas-ondas-do-toque.html

As pendências já causaram a saída de três atletas. Em novembro de 2013, o central Maurício Souza foi o primeiro a deixar o clube, indo para o voleibol turco. A baixa de maior repercussão, entretanto, ocorreu nesta sexta-feira, 3. O levantador da Seleção Brasileira, Bruninho, ícone do clube carioca, divulgou sua ida para o Modena, da Itália, após a frustrada tentativa de buscar novos patrocinadores para uma possível permanência na Superliga.

Bruninho foi o segundo jogador da equipe carioca a aceitar uma proposta do exterior. (Foto: CBV)

Bruninho foi o segundo jogador da equipe carioca a aceitar uma proposta do exterior. (Foto: CBV)

Pouco depois da decisão do filho do treinador da Seleção Brasileira, Bernardinho, outro atleta também anunciou seu desligamento do RJ Vôlei. O ponteiro Thiago Lens optou pela transferência para o voleibol árabe, onde irá defender a equipe do Al Jazeera.

No entanto, não são todos os jogadores que possuíam o recebimento dos salários advindos da empresa de Eike Batista. A maior parte do elenco ainda vem sendo mantida pelos atuais colaboradores, Furnas e Ironage.

RJ Vôlei vem de derrota para ex lanternas

Em meio às incertezas vivenciadas por grande parte do elenco carioca, o RJ Vôlei realizou a primeira partida na Superliga após as saídas de Bruninho e Thiago Lens, confronto válido pela terceira rodada do segundo turno da competição, nesta terça, 7, contra o Funvic Taubaté, lanterna da competição antes do jogo, e perdeu, em casa, no ginásio do Tijuca, por 3 sets a 0, parciais de 21/9, 21/13 e 22/20.

Com a derrota da UFJF para o Sada Cruzeiro nesta terça, 7, e a vitória do Funvic Taubaté, a equipe juiz-forana caiu para a última posição na tabela de classificação da Superliga. Já o RJ Vôlei perdeu o terceiro lugar para a equipe do Vôlei Brasil Kirin, que superou Kappesberg/Canoas por 3 sets a 1, também nesta terça.

RJ Vôlei é atual campeão da Superliga

A crise econômica no clube carioca não tem relação alguma com os resultados obtidos pela equipe durante o período da parceria entre OGX e RJ Vôlei. Isto porque o projeto, em execução desde abril de 2011, rendeu aos cariocas o título da Superliga da temporada passada,  além da hegemonia estadual, com três títulos conquistados.

Equipe ainda possui atletas de Seleção Brasileira

O elenco do RJ Vôlei vem mostrando sua força há algumas temporadas. Mesmo com as baixas pelo atraso de salários, a equipe ainda conta com jogadores de renome no voleibol nacional e internacional. É o caso do experiente oposto Leandro Vissoto, do central Rodrigão, do líbero Mário Jr. e do ponteiro Thiago Alves, que permanecem, por enquanto, no grupo de atletas do time carioca.

Os quatro jogadores possuem passagens pela Seleção Brasileira, além de um extenso número de títulos conquistados durante suas carreiras. Além deles, o grupo ainda conta com outros grandes nomes como o central Riad, o ponteiro Vinícius e o técnico Marcelo Fronckowiak.

Texto de Bruno Kaehler com informações de agências


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 maio 2018
Após assinar com ArcelorMittal, JF Vôlei estuda parceria diferente com Sada

21 maio 2018
Acabou o amor? Torcedor cobra reforços e qualidade em derrota do Tupi

20 maio 2018
Que fase! Tupi perde a quarta na Série C

19 maio 2018
Missão cumprida! Tupi Futsal traz a vaga e pega o Corinthians

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.