11 jul 2014

Com Neymar na lista, Fifa apresenta indicados a melhor jogador da Copa



A sorte está lançada para se definir quem, entre tantos craques, foi aquele que mais se destacou ao longo da memorável Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Nesta sexta-feira, 11, a FIFA anunciou oficialmente os dez candidatos ao prêmio Bola de Ouro adidas para o melhor jogador da competição.

A lista de dez indicados foi definida pelos membros do Grupo de Estudos Técnicos da FIFA, um conjunto de especialistas que acompanharam de perto cada uma das partidas da competição até aqui. A Alemanha é a seleção com o maior número de atletas na lista – quatro -, seguida da Argentina, com três, e Brasil, Colômbia e Holanda, com um atleta cada.

O Grupo de Estudos Técnicos da FIFA vai decidir os vencedores logo após a final, no dia 13 de julho.

melhores jogafores arte fifa

Os candidatos, em ordem alfabética, são:

– Ángel Di María (Argentina)
Desde o início, Lionel Messi teve um escudeiro de primeira a seu lado, comandado o ataque argentino: fosse chutando de longe, arrancando com a bola ou decidindo com categoria – como nas oitavas, contra a Suíça – Di María foi garantia de preocupação para as defesas que enfrentaram a Albiceleste.

– Mats Hummels (Alemanha)
Por sua atuação sólida no centro da defesa alemã ao longo da Copa do Mundo, o zagueiro do Borussia Dortmund já mereceria elogios. Mas ele não se contentou com isso e ainda tratou de, de cabeça, marcar dois gols: um contra Portugal e outro decisivo nas quartas contra a França.

– Toni Kroos (Alemanha)
A atuação exuberante nos históricos 7 a 1 só coroou aquilo que Kroos tem feito regularmente pela Mannschaft: um controle absoluto de tudo o que se passa no meio-campo e um perigo constante nos lançamentos e cruzamentos precisos.

– Philipp Lahm (Alemanha)
O capitão alemão iniciou sua trajetória na Copa do Mundo da FIFA como meio-campista, antes de assumir a condição de lateral-direito. Em uma posição como na outra, é um dos motores de precisão e regularidade do time de Joachim Low.

– Javier Mascherano (Argentina)
Com todo o talento em sua dianteira, a Argentina também tem brilhado por sua solidez defensiva, e boa parte dela se deve ao trabalho incansável do volante na proteção da área.

– Lionel Messi (Argentina)
Para quem tinha a pressão de nunca ter anotado em Mundiais, Messi foi simplesmente letal, deixando sua marca decisiva em cada uma das três primeiras vitórias argentinas e se destacando na fase eliminatória.

– Thomas Mueller (Alemanha)
Ao abrir sua campanha com um hat-trick diante de Portugal, o Chuteira de Ouro adidas da África do Sul 2010 começou a mostrar aquilo que foi ao longo do Mundial: a maior arma do poderoso arsenal alemão.

– Neymar (Brasil)
O atacante suportou toda a gigantesca pressão de liderar a Seleção Brasileira em casa com apenas 22 anos e, até se lesionar nas quartas de final, foi a grande figura da equipe, com quatro gols.

– Arjen Robben (Holanda)
Desde a estreia avassaladora diante da campeã Espanha, o holandês mostrou uma forma invejável, coroada por um punhado de arrancadas vertiginosas rumo ao gol. 

– James Rodríguez (Colômbia)
Que o meia-atacante era um bom jogador, cheio de técnica, já se sabia. O que ainda não se havia visto era ele brilhar tanto num torneio internacional. Não à toa, graças a seus seis gols em cinco jogos, a Colômbia foi pela primeira vez às quartas de final.

O Grupo de Estudos Técnicos da FIFA
Comandado por Jean-Paul Brigger, o Grupo de Estudos Técnicos da FIFA, que avalia o futebol praticado em cada um dos 64 jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, é composto por Gérard Houllier (França), Raúl Arias (México), Gabriel Calderón (Argentina), Ricki Herbert (Nova Zelândia), Abdel M. Hussein (Sudão), Ka Ming Kwok (Hong Kong), Ioan Lupescu (Romênia), Ginés Meléndez Sotos (Espanha), Tsuneyasu Miyamoto (Japão), Sunday Oliseh (Nigéria), Mixu Paatelainen (Finlândia), Jaime Rodríguez (El Salvador) e Theodore Whitmore (Jamaica).

Vencedores da Bola de Ouro adidas em edições anteriores:
Copa do Mundo da FIFA Espanha 1982: Paolo Rossi (Itália)
Copa do Mundo da FIFA México 1986: Diego Maradona (Argentina)
Copa do Mundo da FIFA Itália 1990: Salvatore Schilacci (Itália)
Copa do Mundo da FIFA EUA 1994: Romário (Brasil)
Copa do Mundo da FIFA França 1998: Ronaldo (Brasil)
Copa do Mundo da FIFA Coreia do Sul/Japão 2002 1982: Oliver Kahn (Alemanha)
Copa do Mundo da FIFA Alemanha 2006: Zinédine Zidane (França)
Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010: Diego Forlán (Uruguai)

Texto e arte retirados do site da FIFA


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



05 dez 2017

Tupi aparece em 46º lugar em ranking atualizado da CBF. Palmeiras e Cruzeiro empatados na liderança


01 dez 2017

Brasil pega Suíça, Costa Rica e Sérvia em primeira fase “cansativa” na Copa do Mundo. Veja tabela completa


20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira

Notícias


14 dez 2017

JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga


13 dez 2017

Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador


12 dez 2017

Sistema FIEMG inaugura Parque Aquático do SESI em Juiz de Fora


11 dez 2017

Henrique Furtado reforça Cruzeiro na Polônia e não dirige JF Vôlei contra Corinthians


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.