14 jul 2014

CBF quer técnico moderno que represente reformulação. Mourinho se diz curioso sobre reação brasileira



O futuro técnico da seleção brasileira tem que representar reformulação e modernidade. Esse é o desejo da cúpula da CBF, que decidiu não manter Luiz Felipe Scolari. Segundo interlocutores de José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira, e Marco Polo Del Nero, eleito para sucedê-lo a partir de abril do ano que vem, a dupla ainda não tem um nome preferido para assumir o time nacional.

Tite, ventilado nos últimos dias, é visto com reserva pelos cartolas da CBF. A avaliação inicial é de que ele não representa modernidade e que o ex-corintiano faz parte da escola gaúcha, em baixa após a atuação de Felipão nesta Copa do Mundo. Por enquanto, não existe a intenção de trazer um técnico estrangeiro. A análise é de que a medida sofreria rejeição por parte da imprensa e da torcida.

Felipão não continua na seleção brasileira

Felipão não continua na seleção brasileira

A ideia, de acordo com interlocutor dos dois dirigentes, é ouvir a análise de formadores de opinião antes de definir o novo nome. A CBF quer um técnico que tenha aprovação popular. Por isso, não há expectativa de que a definição aconteça rapidamente. Segundo os cartolas, ainda não há um nome de consenso para assumir a equipe nacional.

Mais do que simplesmente trocar a comissão técnica, os dirigentes querem promover uma reestruturação profunda na seleção brasileira. A palavra de ordem é definir uma nova filosofia de trabalho no time nacional. Nesse cenário, a volta de um diretor de seleções está em pauta. O cargo foi criado por Ricardo Teixeira para Andrés Sanchez e desativado após a saída dele, já durante a administração Del Nero.

Desde a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, a direção da entidade também fala em reformular as categorias de base da seleção. Antes do vexame contra a Alemanha, Alexandre Gallo era tido como o nome certo para comandar as equipes inferiores. As duas últimas derrotas colocaram em dúvida também o trabalho do atual coordenador da base, que atuou como observador dos adversários da seleção na Copa do Mundo.

Mourinho quer conhecer filosofia do Brasil para 2018

Técnico do Chelsea e contratado para ser comentarista da Copa do Mundo, José Mourinho afirmou que está ansioso para ver como o Brasil vai reagir após o vexame em 2014. O português, um dos cotados para substituir Luiz Felipe Scolari, disse ter a mesma expectativa com Itália, Espanha e Inglaterra.

“Tenho curiosidade em ver como as grandes seleções do futebol que deixaram o Brasil com más impressões vão reagir. Brasil, Itália, Espanha e Inglaterra têm que reagir e quero ver com que filosofia e em que direção querem ir”, afirmou o treinador, que comentou o Mundial pelo ‘Yahoo Sports’.

O português José Mourinho, atual treinador do Chelsea, é um dos nomes cotados a assumir a seleção brasileira

O português José Mourinho, atual treinador do Chelsea, é um dos nomes cotados a assumir a seleção brasileira

Curioso com o futuro das grandes seleções do futebol mundial, Mourinho evitou fazer qualquer prognóstico para o que pode acontecer na Rússia, mas disse que Bélgica e França, que “chegaram ao Brasil com times muito jovens”, vão chegar em 2018 em alto nível, assim como a campeã Alemanha.

Texto: UOL Esportes

Foto: Reuters


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



05 dez 2017

Tupi aparece em 46º lugar em ranking atualizado da CBF. Palmeiras e Cruzeiro empatados na liderança


01 dez 2017

Brasil pega Suíça, Costa Rica e Sérvia em primeira fase “cansativa” na Copa do Mundo. Veja tabela completa


20 out 2017

Partiu Rússia? Danilo Luiz, de Bicas, é novamente convocado para defender a seleção brasileira

Notícias


15 dez 2017

JF Vôlei volta a fazer sets equilibrados, mas não pontua diante do Corinthians-Guarulhos: 3 sets a 0


14 dez 2017

JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga


13 dez 2017

Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador


12 dez 2017

Sistema FIEMG inaugura Parque Aquático do SESI em Juiz de Fora


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse